BlogHoteis.com

Confira os incríveis cenários de Game of Thrones

The winter is coming! Pense em lugares que de tão perfeitos nem parecem reais. Assim são os cenários da série Game of Thrones, inspirada nos livros de George R. R. Martin. A Irlanda do Norte, por exemplo, é o lugar onde foram gravados vários conflitos do programa de televisão. Outros países de belezas ímpares e que emprestaram suas paisagens para compor as cenas de GOT foram a Escócia, Malta, Islândia, Marrocos, Egito, Espanha e Tunísia. Em outras palavras, não faltam lugares belíssimos para servir de pano de fundo para uma das séries de maior sucesso dos últimos tempos e que conta com um público de mais de 13 milhões de espectadores em todo o planeta.

No post de hoje, vamos desbravar alguns desses destinos e revelar algumas curiosidades das locações de Game of Thrones. Por contar com um vasto número de países que serviram de locações para as gravações, vamos focar na Irlanda do Norte, Malta, Marrocos e Islândia, que oferecem cenários bem distintos. Vem com a gente?

No site da Hoteis.com, você reserva o seu hotel pagando em até 12 vezes sem juros e sem IOF.

Irlanda do Norte
O país está muito bem representado na série, sendo a área que representa Westeros que, como já mencionamos anteriormente, é palco de várias intrigas e guerras entre as dinastias que fazem parte do enredo. O país conta com cerca de 300 dias de chuva ou tempo nublado por ano e possui paisagem belíssimas com castelos, ruínas, praias e colinas que representam bem uma terra encantada.

A parte mais ao norte dessa região da série está localizada, mais especificamente, no Tollymore Forest Park, em Bryansforte, sendo utilizada como a terra dos lobos gigantes e da família Stark. São quase 630 hectares ao pé da montanha Moume. Quem visita o lugar fica deslumbrando com a vista para o mar. Também como parte de Winterfall, vale a pena explorar Downpatrick.

Localizado ao sul de Belfast, mais precisamente a cerca de uma hora de distância da capital do país, está o Castelo Ward. O lugar é utilizado como locação para a Fortaleza dos Stark. A belezas ao redor também apareceram na série, como Winterfell. Atualmente, os fãs mais ardorosos frequentam o lugar trajando capas com golas de pele e praticando o arco e flecha, além de se deliciarem com um banquete em que se come a mão.

A capital da Irlanda do Norte também aparece como locação. Outro ponto interessante é que, embora Belfast não esteja propriamente no cenário da série, boa parte das cenas de estúdio é gravada por lá, nos Titanic Studios. Aliás, um bom indício de que as gravações estão sendo retomadas é quando os atores são vistos perambulando pela cidade, como na vez que Kit Harington (ou Jon Snow) foi visto em um pub. Um detalhe interesse é que neste mesmo estúdio foi onde o filme Titanic nasceu. Por isso, lá também está localizado um museu bem interessante que conta a história da embarcação e de sua fatídica e única viagem.

Voltando à GOT… Quem estiver turistando pela cidade vai poder conhecer alguns desses lugares, como Bellycastle, cidade natal do eunuco Lord Varys. Em um passeio bate-volta, é possível visitar também a Dark Hedges, que abriga árvores centenárias, a praia Downhill Strand e o porto de Lordsbourt. O lugar, que foi criado a pedido da família Stuart com o intuito de impressionar àqueles que chegam à mansão Gracehill House. Moradores das redondezas dizem que o local é habitado por um fantasma solitário. Logo na saída de Belfast, não deixe de visitar a pedreira Wolf Hill, que, graças ao uso de computação gráfica, aparece toda coberta de neve na série do canal HBO.

Dark Hedges, que fica na altura de Ballintoy Harbour, que serve de cenário para a KingsRoad.

Já a terra natal dos Greyjoy, a Ilha de Ferro, é ambientada na vila de Ballintoy, que fica em um dos lugares mais emblemáticos do país – entre a ponte de corda Carrick-a-Rede e a Giant´s Causeway (ou Calçada dos Gigantes). Esse último é um dos lugares mais visitados do país e Patrimônio Mundial da Unesco, reunindo cerca de 40 mil colunas de basalto formadas há 60 milhões de anos por atividade vulcânica. Ali perto, visitantes encontram mais uma locação da série. O Dunluce Castle, ou as ruínas que sobraram dele, foi escolhido para ser a casa Greyjoy. A Costa Causeway também é utilizada nas gravações, especialmente a praia Downhill, que abriga as ruínas de Downhill Demesne e o Mussenden Temple, esse último localizado no topo de uma falésia.

A Ilha de Ferro é ambientada na vila de Ballintoy, que fica entre a ponte de corda Carrick-a-Rede e a Calçada dos Gigantes.

Na costa, vale dar uma paradinha em Dark Hedges, que fica na altura de Ballintoy Harbour, que serve de cenário para a KingsRoad. Vale ainda mencionar ainda que Ballintoy Harbour dá vida a Lordsport, ilha contada pelos Greyjoy. Aproveite para curtir esses dois lugares mais belos e alguns dos cenários mais importantes de GOT.

Dark Hedges é toda “forrada” por árvores curvas que juntas formam um túnel, criando um ambiente mágico e digno de ser fotografado. O lugar abriga ainda uma das dez portas de Game of Thrones, que foram feitas justamente com madeira de árvores da região que caíram após uma tempestade de inverno em 2016. Bem simbólico, não?

Na Winterfell da vida real, explore ainda as Cushendun Caves. Foi em uma dessas cavernas que nasceu o bebê de Melisandre. Continuando nossos tours pelo entorno do litoral, em Ballygally Bay os turistas podem avistar o Ballygally Castle, que tem vista para a Escócia e que serviu de locação para um dos dez episódios do projeto “Doors of Thrones”.

Malta
A bela ilha, situada no Mar Mediterrâneo e ao sul da Sicília, também empresta alguns de seus pontos turísticos paradisíacos para a série GOT. Malta foi o local de boa parte das gravações da primeira temporada da série.
A antiga capital de Malta, Mdina, com mais de 4 mil anos de história é uma cidade medieval envolta por muralhas, que aparece em Game of Thrones como cenário para a cidade central de Westeros. Foi no Fort Manoel, construído em 1723, que Eddard Stark foi executado em público.

Mdina é uma cidade medieval envolta por muralhas, que aparece como cenário para a cidade central de Westeros.

Mais um lugar de Malta utilizado nas filmagens é a ilha de Gozo, que abriga um dos pontos turísticos mais belos do país: a Azure Window (Janela Azul), um arco de 50 metros de altura formado em uma rocha. O lugar foi onde os Dothraki acamparam durante os preparativos para o casamento de Khal Drogo com Daenerys Targaryen.

A Ilha de Gozo com a sua Janela Azul foi onde os Dothraki acamparam durante os preparativos para o casamento de Khal Drogo com Daenerys Targaryen.

Marrocos
País de paisagens belíssimas e localizado na África, Marrocos também foi escolhido para a ambientação das cenas da série, emprestando algumas de suas regiões áridas. O país recebeu as filmagens para as várias viagens de Daenerys Targaryen na terceira temporada de GOT.

Também Patrimônio Mundial da Unesco, a cidade histórica de Aït-Ben-Haddou fica entre o Saara e Marrakech. Em Game of Thrones, ela é a cidade de Yunkai, a menor das três cidades na Baía dos Escravos, e a cidade de Pentos, a maior das Cidades Livres. Uma curiosidade da região é que, além de GOT, a região já foi cenário para filmes como Lawrence da Arábia, Jesus de Nazaré, A Múmia, Gladiador, entre outros.

A cerca de 100 km de distância de Marrakech – ou, literalmente, “pra lá de Marrakech”, na costa do Atlântico – Essaouira, com sua bela muralha dá vida à Astapor. A região, nos anos 60, recebeu estrelas como Cat Stevens e Jimi Hendrix, sendo um reduto do movimento hippie.

A cerca de 100 km de Marrakech, Essaouira, com sua bela muralha dá vida à Astapor

Islândia
Com cenários únicos e surreais, a Islândia é outro país que conta com pontos de locações na série. A terra de vulcões e do gelo “emprestou” para a série pontos turísticos como Höfoabrekkuheioi, as geleiras Myrdalsjokull e Vatnajökull e o Lago Myvatn.

Perto do Lago Mývatn, na região nordeste do país, Grjótagja é conhecida como a nascente térmica ou “ninho de amor de Jon e Ygritte”. Nessa pequena caverna, a água pode chegar a 50 graus Celsius. Ali perto, é possível conhecer ainda Dimmuborgir, um campo de lava com rochas de vários formatos diferentes. Os islandeses acreditam que o local tem ligação com o inferno e também com a casa dos Trolls assassinos. Já em Westeros, a área corresponde ao lugar em que Mance Rayder montou acampamento.

A maior geleira da Europa, Vatnajökull, também não fica de fora dos pontos de locação. Em GOT, Vatnajökull é a misteriosa terra de Além do Muro, lar de criaturas míticas. Mas, na vida real, é o maior parque nacional do continente europeu. O lugar foi pano de fundo para algumas partes das cenas ao norte da muralha. Bem próximo a cidade de Vik, a mais austral do país, Höfoabrekka fica aos pés da geleira Mýrfalsjökull e que na série foi escolhida para as filmagens das cenas de FrostFangs.

A geleira Myrdalsjokull, na Islândia, também foi utilizada como pano de fundo para cenas da série GOT.

Parte das filmagens da quarta temporada foram realizadas no Parque Nacional Thingvellir, que também recebe o título de Patrimônio Mundial da Unesco, por ser o lugar onde o Parlamento Nacional do país foi instituído. Trata-se de um lugar mágico, com geleiras ao fundo, campos verdes e pinheiros.

Preparado para se aventurar nas terras de Game of Thrones? Chame os seus amigos fanáticos pela série e venha se sentir o próprio Jon Snow!

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com