BlogHoteis.com

Conheça a misteriosa Ilha de Páscoa, um dos destinos mais remotos do mundo

Localizada na Polinésia oriental, ao sul do Oceano Pacífico e a 3 700 km de distância da costa oeste do Chile, a Ilha de Páscoa é um dos destinos mais mágicos e misteriosos do mundo.

A Ilha de Páscoa é um dos destinos mais mágicos e misteriosos do mundo.

Certamente, você vai se encantar com as belezas dessa ilha paradisíaca situada em pleno Oceano Pacífico. Visitar a Ilha de Páscoa é uma experiência única não somente por conhecer um novo lugar como também proporcionar um incrível encontro espiritual.

A Ilha de Páscoa oferece diversas opções de atividades para todos os gostos e idades. Para as pessoas que buscam o descanso, além de conhecer a fascinante história local, há passeios fantásticos que podem ser feitos de carro. Esses passeios contemplam a visita a diversos lugares arqueológicos.

Não é à toa que pessoas das mais diversas nacionalidades adoram conhecer os encantos da ilha. Embora uma boa parte desses passeios seja feito em veículos, é possível desfrutar de relaxantes caminhadas rumo ao mar.

História da Ilha de Páscoa: A origem e suas teorias
A história da Ilha de Páscoa, localizada no Oceano Pacífico, é rodeada de mistério, principalmente pelo fato de ser um dos lugares mais longínquos e remotos do mundo.

Existem duas teorias sobre os primeiros navegadores que encontraram a Ilha de Páscoa e decidiram povoá-la.

Muitas especulações cercam as origens da civilização que um dia foi capaz de esculpir e colocar de pé esses espetaculares monumentos de pedra conhecidos como moais. Infelizmente, existem pouquíssimas informações a respeito da origem do povo Rapa Nui. Também não há informações suficientes sobre a data do início da colonização da ilha e as origens dos primeiros habitantes. Sem dúvidas, esse fato só aumenta o misticismo da cultura local.

Existem duas teorias sobre os primeiros navegadores que encontraram a Ilha de Páscoa e decidiram povoá-la. Uma das teorias sustenta que os primeiros a descobrir a ilha foram navegadores da América do Sul. Esses teriam realizado viagens através do Oceano Pacífico e teriam alcançado o local para colonizá-lo. Embora a teoria tenha sido aceita, há pouco tempo ela foi desconsiderada. Provas de DNA mostraram que o povo Rapa Nui possui genes polinésios e não sul-americanos.

A outra teoria, certamente, é a mais aceita. Ela é passada através da tradição oral e conta que o Rei Hotu Matu’a, da Ilha Hiva, chegou na Ilha de Páscoa em algum momento entre os séculos 6 e 7 d.C. Quando Hotu e os seus homens desembarcaram na praia de Anakena, levaram o que precisavam para começar uma nova civilização. Ao chegar, encontraram um ambiente propício ao desenvolvimento, uma vez que o local era rico em plantas comestíveis, palmeiras, aves marinhas e muitos peixes.

Ilha de Páscoa, como chegar?
Devido a sua localização tão remota, a forma mais fácil de chegar até a Ilha de Páscoa é de avião. Embora o destino seja maravilhoso, ainda não conta com muitas empresas áreas para fazer a rota. Assim, o ideal é sair de casa rumo ao Aeroporto Arturo Merino Benítez, em Santiago do Chile, e depois pegar outro voo até a Ilha de Páscoa.

A duração do voo de Santiago até a Ilha de Páscoa é de aproximadamente 5h40 de ida. Já o retorno ao continente é mais rápido, em torno de 4h45, por conta da força dos ventos.

Para quem já está viajando e aproveitando novas descobertas no Taiti, é possível chegar até a Ilha de Páscoa rapidamente. Há ofertas de voos no Aeroporto de Papeete. Inclusive, esse é o principal acesso às outras ilhas da
Polinésia. O trajeto rumo à Ilha de Páscoa é relativamente mais curto, sendo de 5h20. Já a volta ao Taiti é um pouco mais demorada, 6h.

O Aeroporto Internacional Mataveri da Ilha de Páscoa foi inaugurado em 1967, sendo considerado o aeroporto mais remoto do mundo. Isso porque o terminal aéreo mais próximo é Mangareva, localizado a 2603 km de distância e sem conexões diretas.

O que fazer na Ilha de Páscoa?
A ilha oferece entretenimento para todos os gostos e idades. Se você é fã de aventura, vai adorar conhecer as profundezas do oceano de Páscoa. Essa descoberta é possível graças às expedições de mergulho.

Outra atividade super bacana por lá é um passeio de bicicleta. Com uma bicicleta bem equipada, estilo mountains bike, é possível chegar em lugares paradisíacos. Sem dúvidas, essa é a alternativa perfeita para quem gosta de paz e de sossego.

Trekking, passeios em barcos ou a cavalo também são opções fantásticas para desfrutar o máximo possível desse lugar paradisíaco.

Ilha de Páscoa: O que comer?
Os pratos típicos da Ilha de Páscoa estão baseados principalmente em produtos marinhos, como peixes. Há uma abundância de opções, como atum, mahi mahi, kana kana, camarão e lagosta. O rape rape é um tipo de lagosta menor, nativa da ilha.

Embora os peixes sejam extremamente importantes para os pratos, vários produtos agrícolas também estão na base fundamental da alimentação dos seus habitantes. O inhame, a banana e a cana de açúcar são os principais componentes.

O prato mais tradicional é o Umu Rapa Nui, preparado em um buraco na terra com lenha e pedras. A preparação do Umu Rapa Nui é a mesma realizada há centenas de anos. As pedras quentes são cobertas por folhas de bananeira e repletas de carnes, frango e/ou peixe.

Visite a Ilha de Páscoa com as crianças
Muita gente não acredita que esse berçário histórico e natural pode ser uma boa pedida para quem tem filhos e deseja viajar com eles. Embora a opção seja maravilhosa, é preciso escolher alojamentos que ofereçam mais conforto. Dessa forma, as cabanas são perfeitas para quem pretende viajar com a família.

Normalmente, as cabanas são mais econômicas que os hotéis e a maior parte delas dispõe de dormitórios grandes ou de outros cômodos dentro do bangalô. Além disso, as cabanas possuem cozinha, sala de estar e jardim, onde as crianças poderão brincar.

Uma das principais dúvidas de quem está pensando em viajar para a Ilha de Páscoa diz respeito ao transporte da família. A opção mais confortável é alugar um carro em alguma das agências localizadas na rua principal ou alugar um carro antes de sair de casa. Muitas cabanas e hotéis também oferecem veículos de aluguel como parte dos seus serviços.

Sobre a realização de passeios de bicicleta, é possível locar unidades e aproveitar do passeio em duas rodas.

Certamente, essa é a alternativa mais ecológica e não há dúvidas que os seus pequenos vão adorar a ideia. Pedalar em família é divertido e é relativamente fácil passear na ilha.

Existem várias empresas de locação de bicicletas na Ilha de Páscoa. Junto com a bike, as empresas costumam entregar aos turistas um mapa com rotas sugeridas e um capacete. É importante ressaltar que a idade das crianças e a escolha da rota estão diretamente ligadas, uma vez que a bicicleta pode não ser o meio de transporte mais adequado para as crianças menores.

Principais pontos turísticos
Praia de Anakena
Quem visita a Ilha de Páscoa precisa passear na belíssima praia de Anakena. A praia possui como principal atrativo a suave areia branca. Nada como assistir ao pôr do sol enquanto os últimos raios de luz deslizam entre os moais. É uma experiência única e que ficará na lembrança e no coração do visitante para sempre.

Quem visita a Ilha de Páscoa precisa passear na belíssima praia de Anakena.

Ahu Akahanga
Conhecida como a “Plataforma do Rei”, as histórias locais ressaltam que essa teria sido a cova do Rei Hotu Matua. No lugar há uma plataforma de 18 metros de extensão sobre vestígios de, pelo menos, 13 moais. Nos seus arredores é possível destacar a belíssima paisagem marinha.

Ahu Tongariki
A visita ao Ahu Tongariki é uma parada praticamente obrigatória da Ilha de Páscoa. Ele é considerado o maior centro de cerimônias construído com uma plataforma de 100 metros de comprimento, onde estão localizados 15 moais de diversas épocas e formas. Esse lugar pode ser apreciado graças a um trabalho de restauração e reconstrução realizado logo após um tsunami ocorrido em 1960. Felizmente, todas as peças puderam ser realocadas nos seus lugares.

Ahu Akivi
O Ahu Akivi é um santuário com sete moais que estão virados em direção ao mar. Quem os visitam presume que eles são os guardiões da ilha. Inclusive, os estudiosos acreditam que esses sete moais representam os sete primeiros exploradores que pisaram na ilha.

Rano Raraku
Uma das principais atividades imperdíveis na Ilha de Páscoa é a visitação ao verdadeiro museu de moais a céu aberto. O vulcão conhecido como o canteiro de fabricação das gigantes esculturas conserva a magia e o misticismo da sua origem. Nas suas ladeiras é possível encontrar mais de 400 moais em diversas etapas de construção, tamanhos e posições.

O vulcão conhecido como o canteiro de fabricação das gigantes esculturas conserva a magia e o misticismo da sua origem.

Não há dúvidas de que visitar a Ilha de Páscoa é uma viagem inesquecível. Se você quer aproveitar momentos mágicos nessa maravilhosa ilha, conte com a Hoteis.com. Aqui, você faz a sua reserva em até 12x sem juros.

E você, está pensando em viajar para a Ilha de Páscoa? Tem dúvidas sobre o que fazer nessa ilha paradisíaca? Deixe o seu comentário ou dica aqui.

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com