Blog Hoteis.com

Descubra São Luís do Maranhão

São Luís, uma das cidades favoritas do Nordeste pelos viajantes brasileiros
São Luís é uma das cidades favoritas do Nordeste pelos viajantes brasileiros, de acordo com os usuários da Hoteis.com. E não é à toa. A capital do Maranhão possui uma forte influência europeia, uma vez que foi fundada pelos franceses, em 1612.

Entretanto, foram os portugueses que deram a essa região o seu belo e preservado estilo arquitetônico.

São cerca de 3.500 sobrados e casarões que se espalham pelo Centro Histórico. Tombado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o casario dos séculos 18 e 19 remete os visitantes a uma viagem a um passado de riqueza e ostentação.

O Centro Histórico de São Luís do Maranhão possui o maior conjunto arquitetônico de azulejos portugueses da América Latina

Atualmente, as antigas residências dos barões abrigam espaços culturais, museus, lojas e restaurantes que preservam em suas fachadas os coloridos azulejos. Aliás, São Luís possui o maior conjunto arquitetônico de azulejos portugueses da América Latina.

Neste post vamos contar um pouco sobre a cultura e as tradições de São Luís, das suas belezas naturais, de sua gastronomia, além do interessante fenômeno das marés. Vem com a gente?

Aproveite e reserve agora mesmo o seu hotel em São Luís, pagando parcelado em até 12 vezes sem juros e sem IOF.

Cultura e tradições
São Luís sabe muito bem preservar a sua história, cultura e tradições. Uma prova disso é o Bumba Meu Boi ou Boi Bumbá, representação folclórica que gira em torno de uma lenda sobre a morte e a ressureição de um boi.

O Bumba Meu Boi é uma das representações folclóricas mais importantes de São Luís do Maranhão

A apresentação que combina teatro, música e dança atrai a curiosidade dos turistas de todo o mundo, que chegam todos os anos para participar da colorida e animada festa que toma conta das ruas e praças da cidade nos meses de junho e julho. Somente em São Luís existem mais de 100 grupos de Bumba meu Boi, que é tombado como Patrimônio Imaterial da Humanidade.

Ah, aqui vai outra curiosidade muito interessante sobre a região: o Maranhão é o único estado brasileiro onde se comemora dias especiais para quatro santos durante o mês de junho: São João, Santo Antônio, São Pedro e São Marçal. Sim, isso mesmo! São Marçal, padroeiro e protetor dos bombeiros. Pode anotar na sua agenda: a festa acontece no dia 30 de junho.

Além do folclore, a música também está presente no cotidiano dos maranhenses. Um ritmo bastante ouvido por aqui é o reggae, que sempre está presente nas rádios, nos clubes e nos bares. Não é à toa que a cidade ganhou o título de “Jamaica brasileira”.

Desde a década de 1980, a cidade se tornou a capital do reggae no país. Mas a história do ritmo na cidade começou na década de 1970. A explicação mais aceita é que os marinheiros que chegavam ao porto de São Luís e de Cururupu deixavam discos trazidos da Jamaica nas zonas de prostituição para pagar pelos serviços. Curioso, não? rs

Belezas naturais
O Maranhão possui um litoral a perder de vista, sendo o segundo maior do país com 640 km de muitas belezas naturais. Somente na região metropolitana de São Luís são mais de 32 km de orla com 12 praias.

Neste imenso litoral, os ventos sopram com muita intensidade quase o ano inteiro, fazendo das praias da capital maranhense um excelente destino para os viajantes que gostam de praticar os esportes náuticos. Não à toa, São Luís está entre os melhores lugares do mundo para velejar.

Você vai encontrar desde extensas praias urbanas com toda a estrutura necessária para receber bem os turistas com areia fina e ondas fortes até a enseadas com ondas tranquilas e cristalinas.

Algumas das praias mais frequentadas da cidade são a do Boqueirão, da Guia e a da Ponta d’Areia. Entretanto, sugerimos que você visite em primeiro lugar as praias de São Marcos, do Calhau e a do Olho d’Água.

A praia de São Marcos (também conhecida como Praia de Marcela) fica localizada no início da Avenida Litorânea, a 7 km do centro da cidade. É uma das melhores praias da região para a prática do surf e muito frequentada pelos banhistas mais jovens.

Possui uma excelente infraestrutura com bares em toda a sua extensão, sempre movimentada, seja durante o dia ou de noite.

Fica bem próxima de alguns pontos turísticos, como o Forte de São Marcos e a casa de veraneio do Governo do Estado.

A Praia do Calhau também fica na extensão da Avenida Litorânea. O que chama a atenção por lá são as suas belas dunas cobertas por vegetação rasteiras. É considerada uma das praias mais bonitas da cidade, com águas mais tranquilas. Em sua orla, há diversas opções de lazer, casas de veraneio e hotéis. Também é muito movimentada durante a noite.

Já a Praia de do Olho d’Água tem pouca estrutura de lazer, mas a sua beleza compensa a visita. O lugar é cercado de dunas, morros e falésias, com vegetação rasteira. A praia possui ondas fortes durante o período de julho a dezembro, sendo muito procurada pelos praticantes de surf e vela.

A ilha onde está localizada a capital do Maranhão é formada também pelas cidades de Raposa, Paço do Lumiar e São José do Ribamar. Se você estiver com tempo sobrando em sua viagem, vale a pena conhecê-las. Esses municípios também abrigam belas praias e interessantes pontos de interesse.

Fenômeno das Marés
Quem conhece São Luís sempre se surpreende com o curioso e interessante fenômeno das marés que acontece por aqui. Vamos explicar: o Maranhão tem a maior variação de marés do país e a terceira maior do mundo. Em apenas seis horas, a diferença entre a preamar e a baixa mar pode chegar a 8 metros.

A Baía de São Marcos, em São Luís, é um dos melhores lugares onde você pode presenciar este belo e intrigante fenômeno da natureza. Próximo ao Palácio dos Leões há um mirante onde é possível observar melhor o mar em constante transformação.

O fenômeno se dá pelo formato do litoral maranhense, as fases da lua e a proximidade do estado com a Linha do Equador. A observação das marés é muito importante para toda a população do Maranhão, pois os horários dos barcos dependem da maré alta para poderem sair e não ficar encalhados. O rio que corta São Luís chega a ficar praticamente seco em certas horas do dia e completamente cheio em outras.

Por isso, os passeios de barcos na região não costumam ter um horário definido. Caso você queira fazer um passeio pela Cidade Histórica de Alcântara, por exemplo, deve se informar um dia antes para saber as condições da maré no Cais da Praia Grande, local de onde partem os barcos.

É um fenômeno muito bonito, curioso e até assustador de ver. Lembra um pouco um tsunami, quando acontece o recuo do mar. Mas depois o medo vai embora, só deixando a sensação boa de ter visto um fenômeno raro e interessante, que pode render boas fotos e filmagens de lembrança.

Culinária
A influência cultural de outros povos, como os franceses, portugueses e africanos, deixou muitas contribuições para a culinária maranhense. Na cidade você terá a oportunidade de saborear pratos da comida regional, mas também opções da culinária francesa, portuguesa e muitas outras.

Um dos pratos típicos da região é o cuxá, que tem influência indígena, mas também africana. É uma espécie de bobó feito com folhas de vinagreira (uma erva azedume), papa de farinha de mandioca, gergelim torrado e socado no pilão com camarão seco.

Por aqui, a mistura vem acompanhada de arroz, peixes e frutos do mar.

Outro prato típico da região é a torta de camarão, um tipo de omelete. De sobremesa, não deixe de provar os cremes de frutas regionais, como o bacuri e o cupuaçu. Há ainda sucos de mangaba, graviola, pitanga, acerola, sapoti e abricó. Aproveite para provar sabores que você não costuma encontrar perto de casa.

Ah, uma outra dica é provar também dos licores artesanais, além das cachaças da terra, a tiquira e a catuaba (bebida afrodisíaca) que completam esta experiência única de sabores.

Não dá para sair de São Luís sem provar o Guaraná Jesus, a bebida cor de rosa com cheiro de tutti-frutti que conquistou o coração do povo daqui. A história do produto é interessante. Em 1920, o farmacêutico Jesus Norberto Gomes, tentando fabricar um remédio, acabou criando um xarope que se transformaria em um verdadeiro fenômeno de vendas no Nordeste.

Em 2001, a Coca-Cola comprou a fórmula do refrigerante, famoso pelo seu sabor adocicado e com traços de cravo e canela, mas manteve a sua comercialização restrita na região.

Gostou das nossas dicas? Então, não deixe de incluir São Luís no seu próximo roteiro de viagem. Aproveite para marcar aquela pessoa especial que tem que ir com você nessa aventura.

Equipe Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Acompanhe o Hoteis.com em todas as redes sociais!

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com