Blog Hoteis.com

Destino de aventura: dicas para curtir Brotas, no interior de São Paulo

Brotas é um dos melhores destinos para quem busca aventura no Brasil
Por ser um país riquíssimo quando o assunto é biodiversidade, o Brasil oferece inúmeras opções de destinos para quem é fã de aventura. Brotas, que está cerca de 250 km de distância de São Paulo, é conhecida como a capital nacional da aventura, tamanha a sua variedade de pontos turísticos e de interesse. O acesso ao destino é fácil, basta seguir pelas rodovias Bandeirantes, Anhanguera e Washington Luís.

Trata-se de um destino tão completo que agrada desde casais, famílias a até aqueles que pretendem curtir a natureza com os amigos ou sozinho. Há atividades que podem ser realizadas em terra, na água e no ar, mas que exigem um certo preparo físico, além de muita coragem.

Por ter várias opções de passeios, o visitante terá que escolher por aquelas que mais se identifica e pelo nível de dificuldade que espera encontrar. Inclusive, é possível que pessoas de qualquer faixa etária aproveitem alguns tipos de atividade. Crianças acima de 3 anos acompanhadas dos pais e também idosos podem praticar, por exemplo, o rafting, também conhecido como floating. Portanto, existem opções para todo tipo de visitante.

Vale lembrar que há riscos na prática de esportes radicais e de aventura, mas que acabando sendo minimizados desde que a pessoa respeite os procedimentos de segurança e contrate sempre passeios de operadoras de turismo certificadas.

Confira abaixo as nossas dicas e sugestões do que fazer em um dos lugares mais eletrizantes do país!

Reserve aqui o seu hotel em Brotas, pagando em até 12 vezes sem juros e sem IOF.

O que fazer e pontos turísticos: dicas para aproveitar Brotas
As várias possibilidades de atividades podem ser realizadas graças a posição privilegiada da cidade em termos de ecossistema. Brotas está localizada no relevo de Cuestas Basálticas, com a Mata Atlântica como cenário.

Não poderíamos deixar de mencionar ainda a sua hidrografia, onde se destacam as muitas cachoeiras, nascentes de águas cristalinas e o rio Jacaré-Pepira. Com natureza privilegiada, a cidade é o destino certo para quem busca o turismo de aventura. Entre os passeios mais procurados estão o próprio rafting, boia-cross, canionismo, caminhadas, arvorismo, cicloturismo, tirolesas, cavalgada e quadriciclo.

Entretanto, o rafting é o passeio número 1 entre os apreciadores de esportes de aventura que frequentam o destino.

O rafting é o passeio mais procurado pelos turistas em Brotas

O esporte consiste na descida do rio em botes infláveis que comportam até oito pessoas com a presença de um instrutor. O circuito mais tranquilo é realizado no Alto Jacaré, onde é praticado um “mini rafting”, por ter quedas menores e corredeiras mais leves. Se quiser emoções mais fortes, saiba que é no Baixo Jacaré que está o rafting mais conhecido do destino, com corredeiras e quedas arrepiantes. Ainda é pouco para você? Saiba que é possível ainda adicionar mais elementos ao seu passeio, com outras atividades que podem ser praticadas ao longo do percurso, como o surf de botes, o “escorregador” e as tirolesas.

E por falar em tirolesa, em Brotas estão alguns dos melhores circuitos de tirolesa do país. Nesse voo inesquecível, você conseguirá ter uma bela visão de toda a natureza que cerca o destino e que incluem cachoeiras e vales. Aqui, você estará preso em um cabo de aço e há circuitos que alcançam mais de 100 metros de altura. Se você busca uma atividade de contemplação, não perca esse passeio. Destaque para o chamado “Voo do Tarzan”, que é considerada a tirolesa mais alta do país, com 120 metros de altura em um circuito de cinco lances, totalizando um percurso de mais de 1800 metros.

A tirolesa é uma das atividades de aventura mais procuradas pelos visitantes em Brotas

O canionismo é uma atração que permite, literalmente, imergir na natureza abundante de Brotas. Trata-se de uma descida de cachoeira por meio de técnicas de rapel. Ou seja, por proporcionar que você esteja tão próximo à natureza, o passeio é um dos mais queridinhos do destino. Enquanto desce cachoeiras e quedas d´água deslumbrantes, o visitante vai se deparar com belíssimas paisagens.

O canionismo é uma atividade onde a pessoa desce de uma cachoeira por meio de técnicas de rapel

Outras atividades que envolvem a água e um contato bem estreito com a natureza são o boia-cross e o kayak. Ambas as atividades são praticadas nas corredeiras do rio Jacaré-Pepira e realizadas nas noites de lua cheia. Tais percursos são feitos com botes em um caminho entre 8 e 9 km, com duração que varia entre 50 minutos e duas horas.

Os quadriciclos permitem ao visitante explorar as belezas de Brotas por terra, enquanto o veículo percorre trilhas, bosques, riachos e cachoeiras. Há também uma opção onde é possível aproveitar uma trilha na mata e um mergulho de cachoeira ao final do passeio.

Uma outra atividade de aventura muito procurada por lá é o arvorismo, uma opção que exige equilíbrio e raciocínio lógico, em uma perfeita sintonia entre o corpo e a mente, pois se trata de uma travessia entre plataformas montadas no alto de postes de madeira ou em copas de árvores, com obstáculos em diferentes níveis de dificuldade. Em
Brotas, é possível ainda integrar o arvorismo com outros passeios num mesmo local, podendo complementar esta atividade com tirolesas ou rapel em cachoeira.

Entretanto, se o seu foco é relaxar, saiba que Brotas tem uma atração especial esperando por você. A Areia que Canta é uma nascente do aquífero Guarani que brota em um poço forrado por grãos de quartzo branco. Ali, forma-se uma piscina natural com águas transparentes que convidam à contemplação e ao deleite do visitante. O nome do local se deve ao som emitido pelo atrito entre a água e os grãos, semelhante ao som de uma cuíca. Fica localizada na fazenda de mesmo nome. Para chegar até lá, basta pegar a Rodovia Eng. Paulo Nilo Romano (SP 225), até o km 124,5.

Cachoeiras que você deve visitar em Brotas
Brotas, como você já deve ter percebido, é um destino muito bem servido quando o assunto é água. Por este motivo, as cachoeiras são bastante requisitadas pelos moradores e visitantes. Abaixo, vamos indicar as cachoeiras que você deve conhecer em sua viagem, seja para curtir o clima do lugar ou para praticar esportes de aventura.

A cachoeira Cassorova é uma das mais famosas e frequentadas do destino, tanto para quem deseja dar um mergulho, quanto para quem busca um lugar para pratica o rapel. Suas águas despencam em uma piscina natural que chega a 6 metros de profundidade. Fazem parte do complexo duas quedas d´água, sendo uma com 45 metros e outra com 42 metros, esta última chamada de cachoeira dos Quatis, excelente para a prática de canionismo. Fica localizada a 30 km do centro, na Fazenda Cassorova, com acesso pela estrada para Patrimônio. A trilha para a primeira cachoeira é curta. Para chegar até a cachoeira dos Quatis, basta seguir adiante mais 1,5 km.

Outra cachoeira que vale a visita é a da Roseira, formada pelos córregos Tijuco e Roseira. Após o encontro desses córregos, há uma queda d´água de 55 metros. O visual do lugar, que é bastante frequentado, é incrível. Está localizada no Recanto das Cachoeiras, que conta ainda com a cachoeira de Santo Antônio, com queda de 15 metros.

O parque é privado e oferece boas opções para observar as quedas d’água. Fica no km 11 da estrada para Patrimônio.

Já a cachoeira das Andorinhas recebe esse nome por ser o refúgio de inúmeros pássaros dessa espécie, que rondam o lugar todas as manhãs e que retornam para descansar ao final de dia, em um paredão de 20 metros de altura. A trilha para chegar até aqui é bem simples e leve. São apenas cinco minutos de caminhada para poder contemplar essa obra da natureza.

Muito frequentada por turistas e moradores, a cachoeira do Astor possui 25 metros de altura e conta também com um enorme paredão de pedras como pano de fundo. É acessível por uma caminhada íngreme de cinco minutos.

Além da queda que já mencionamos, a cachoeira do Astor também contempla uma outra queda, agora de 35 metros.

Para chegar até esta última é preciso encarar uma trilha de 40 minutos. Fica a 31 km do centro de Brotas, sendo acessada pela estrada para Patrimônio.

Com um paredão de 75 metros de altura, a cachoeira do Saltão não poderia receber outro nome. Aqui, estão duas cachoeiras: a do Monjolinho, que tem 12 metros de altura, e a da Ferradura, com 47 metros. Muitos adeptos de rapel costumam frequentar o lugar, seja de dia ou de noite. Fica situada na estrada para São Pedro, no km 42.

Localizada na Fazenda Pinheiro e a 12 km de distância do centro de Brotas, é possível chegar até a cachoeira do Martelo por meio de uma trilha de meia hora, que inclui uma travessia no rio. A paisagem aqui, que possui uma queda d´água de 55 metros, é deslumbrante e vale o esforço. No percurso, os visitantes vão se deparar ainda com a cachoeira Primeira, com uma queda de 20 metros.

Se a sua expectativa é, além de curtir boas cachoeiras e uma bela piscina natural, aproveitar para fazer camping, a cachoeira do Escorregador é acessível por uma trilha fácil. Fica localizada também na estrada para Patrimônio, no km 38.

Vamos se aventurar e curtir tudo o que Brotas tem a oferecer? Chame os seus amigos e familiares e preparem-se para dias eletrizantes na capital brasileira da aventura.

Equipe Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Sigue Hoteles.com en todas las redes sociales

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com