Blog Hoteis.com

Roteiro de viagem para o Recife e Maragogi

Recife: a cidade do Frevo é um destino bem completo no Nordeste brasileiro
A Terra do Frevo é um dos destaques do Nordeste brasileiro em termos de cultura, história e desenvolvimento urbano. Preservando muito do legado colonial, o Recife – sim, utiliza-se o artigo antes do nome da cidade – é marcado pela influência holandesa e por ser também um destino alegre, vivo e pulsante.

O povo recifense também merece ser mencionado por ser um daqueles que faz de tudo para que o turista se sinta em casa, acolhendo muito bem o visitante. Por ter características geográficas únicas, a cidade é conhecida também como “A Veneza brasileira”.

Aqui, os pontos altos ficam para o calor, que é presente em todas as estações do ano, para o mar e os arrecifes. Conheça as Praias de Boa Viagem e do Pina. Não deixe de dar aquela esticadinha até a vizinha Olinda. Juntas, as cidades conseguem reunir inúmeras atrações turísticas, como a Oficina Brennand, o Convento São Francisco, o Marco Zero, a Igreja da Sé e a Capela Dourada.

E, claro, a cultura e a culinária locais não poderiam deixar de serem citadas. Além de ser a terra de Nelson Rodrigues e do artista Romero Britto, no campo musical o Recife também é muito interessante, com ritmos que incluem o frevo e o maracatu.

Já o carnaval é um caso à parte por lá, período em que o Galo da Madrugada, bloco que ostentou por muitos anos o título de maior do mundo, arrasta multidões pelas ruas e coloca a capital do estado de Pernambuco entre os principais destinos para a comemoração desta festa tão popular no Brasil.

Image result for galo da madrugada

     Foto do Site http://www.vermelho.org.br 

Quanto à culinária, vale a pena se deliciar com o famoso bolo de rolo – uma espécie de rocambole com massa mais fininha – e um belo caldinho. Os frutos do mar também têm espaço mais do que reservado na gastronomia local.

Reserve o seu hotel em Recife aqui, pagando em até 12 vezes sem juros e sem taxas. Aproveite!

Pontos turísticos no Recife: o que ver e fazer na Terra do Frevo
O Marco Zero é onde a cidade, literalmente, começou. Localizado na Praça Rio Branco é lá que se encontra o ponto inicial para a contagem das distâncias a partir da cidade, proporcionando ainda a vista para o Parque das Esculturas e os edifícios do Centro Cultural da Caixa e da Associação Comercial de Pernambuco. No carnaval, é um lugar onde boa parte dos foliões e turistas se concentram.

Uma das igrejas mais bonitas da capital, a Capela Dourada guarda muito da ostentação e da riqueza presentes no período do Brasil Colônia, com muitos detalhes em ouro, madeiras trabalhadas e pinturas sacras. Na verdade, a capela encontra-se dentro do Convento e da Igreja de Santo Antônio, onde também está localizado o Museu de Arte Sacra. Sua construção remonta aos séculos 17 e 18, apresentando uma grande quantidade de ouro que foi utilizada para a sua edificação.

Um passeio altamente recomendado é uma visita até a Oficina de Cerâmica Francisco Brennand, que pertence ao artista. O local foi transformado por ele em um museu a céu aberto, além de contar com espaços para exposição de obras desenvolvidas por Brennand e de ser a oficina de produção de uma das melhores cerâmicas do país. É um prato cheio para quem gosta de passeio culturais. Há inúmeras esculturas, quadros e desenhos de autoria do artista pela oficina.

Também com a chancela da família Brennand, o Instituto Ricardo Brennand é outra excelente alternativa para visitantes de todas as idades que apreciam arte, arquitetura e história. O acervo inclui exposições permanentes e temporárias de artistas nacionais e internacionais, além de um arsenal de armas, armaduras, tapetes e quadros da era medieval, com ambientação temática. Como se tudo isso não fosse o bastante, o Instituto fica em uma construção de estilo medieval que oferece uma bela paisagem.

Conheça também o Convento de São Francisco que compõe um belo conjunto arquitetônico com a Igreja de Nossa Senhora das Neves, a Capela de Santana e a Capela de São Roque. Sua construção data de 1585 e tem foco na utilização de azulejos portugueses que retratam trechos da vida de São Francisco de Assis e de trabalhos em madeira.

O Forte das Cinco Pontas representa a última construção dos holandeses na cidade, com o objetivo de protegê-la de possíveis ataques e também para auxiliar na rede de distribuição de água. Mesmo que tenha perdido duas pontas em uma restauração, os recifenses ainda o chamam de “cinco pontas”. No lugar funciona ainda o Museu da Cidade com exposições temporárias que abordam a história da capital pernambucana.

O recém-inaugurado Mercado de Artesanato de Pernambuco é uma boa opção para compras de produtos locais e lembrancinhas. Lá, é possível encontrar objetos em madeira, argila e tecido, por exemplo. E por falar em cultura local, não deixe de conhecer a Embaixada dos Bonecos Gigantes, atração imperdível para quem deseja sentir um pouco do clima do carnaval pernambucano. No local estão expostos os famosos bonecões de personalidades históricas e de famosos que animam os dias de folia, permitindo ao visitante ter uma noção real de suas dimensões.
Se quiser curtir um happy hour na cidade, não deixe de ir até a Rua da Moeda, uma das mais conhecidas do Recife antigo e onde vários bares se aglomeram. É lá que são realizados vários shows e apresentações que antecedem a comemoração do carnaval. É uma excelente dica do que fazer à noite no Recife.

Praias do Recife
Embora trate-se da maior cidade do Nordeste brasileiro, o Recife não dispõe de tantas praias assim, limitando-se a praia de Boa Viagem e a praia do Pina. Com muitos coqueiros e águas esverdeadas, as duas praias são um descanso aos olhos.

A praia de Boa Viagem é a mais famosa da cidade, sempre muito movimentada e frequentada por locais e turistas. O lugar oferece uma boa infraestrutura e conta com uma extensa faixa de areia, bem convidativa para a prática de esportes pela orla. Por ter arrecifes, o mar aqui costuma ser calmo e com poucas ondas. Contudo, é preciso atentar para os vários avisos sobre o risco de ataques de tubarões nesse trecho, sendo preciso que o turista tome alguns cuidados, como evitar o mergulho em período de maré alta, não mergulhar se estiver com algum machucado ou sangramento, além de não utilizar objetos brilhantes no mar.

A praia de Boa Viagem é a mais famosa da cidade, sempre muito movimentada e frequentada por moradores e turistas

Uma continuação da praia de Boa Viagem, a praia do Pina também é bastante frequentada por locais. Com águas mornas, verdes e muitos coqueiros ao seu redor, Pina é interessante para fugir do burburinho de Boa Viagem. Aqui, também é preciso tomar alguns cuidados antes de mergulhar no mar, pois também há risco de ataques de tubarões.

Por ter apenas duas praias, os moradores do Recife costumam frequentar praias em localidades próximas, como Porto de Galinhas, Calhetas e Carneiros, que são destinos praianos de beleza inquestionável.

Vale lembrar que, embora Olinda também tenha praias, elas não são ideais para o banho, por causa da grande presença de pedrinhas na areia e do mar agitado. Entretanto, a praia de Maria Farinha, localizada mais ao norte, possui um cenário bem convidativo. A distância entre essa praia e o Recife é de 30 km, mas vale a pena!

Estique a sua viagem e conheça também Olinda e Maragogi
Não deixe de conhecer a cidade de Olinda, vizinha do Recife e que tem um Centro Histórico riquíssimo. O Mosteiro de São Bento é um dos lugares que merecem uma visita. O destaque aqui é o belo conjunto arquitetônico construído em estilo barroco, com pinturas e um altar de 12 metros produzido com madeira e muito ouro. Há quem diga, inclusive, que a construção de seu interior demandou cerca de cem quilos desse metal. Impressionante, não?!

O Centro Histórico de Recife abriga alguns das melhores atrações da cidade

Image result for frevo

  Foto do site http://carnaval.olinda.pe.gov.br

Vale a pena também visitar a Igreja do Carmo, cuja construção data de 1580, sendo uma das principais referências da cidade. A Primeira Igreja da Ordem dos Carmelitas está, não por acaso, localizada no alto do morro. Ainda em Olinda, o Alto da Sé é um local muito procurado pelos viajantes, pois aqui estão o Elevador Panorâmico e a Igreja da Sé, dois pontos de muito interesse pelos turistas. Para fugir da subida íngreme, a melhor maneira é caminhar pela Rua São Francisco.

Tem alguns dias de sobra e quer encontrar um lugar mais tranquilo para descansar? Estique a sua viagem até Maragogi, no Alagoas. O destino é também conhecido como o “Caribe brasileiro” e está situado a 130 km de distância do Recife. As praias verdinhas, praticamente desertas, com piscinas naturais perfeitas para a prática do snorkel, são um dos principais atrativos do destino, frequentado por famílias e por casais apaixonados.

Preparado para conhecer e se encantar com o Recife? Programe agora a sua viagem a um dos destinos mais apaixonantes do Nordeste brasileiro! Não deixe de compartilhar suas experiências de viagem, escreva aqui nos comentários !

Equipe Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Acompanhe o Hoteis.com em todas as redes sociais!

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com