BlogHoteis.com

Índia: o que ver e fazer em um dos destinos mais fascinantes do mundo

Tá com vontade de conhecer um lugar exótico e diferentão? Recomendamos uma viagem à Índia. Aqui, espiritualidade, muita história, uma gastronomia bem marcante e pontos turísticos grandiosos se misturam, deixando o visitante de boca aberta com as riquezas culturais do país.

No post de hoje, separamos algumas dicas do que fazer e ver nos vários destinos que integram um roteiro pelo enigmático país. Claro que não faltam atrações e lugares para conhecer e admirar. E, sim, os pontos de interesse na Índia vão muito além do espetacular Taj Mahal ou da atmosfera um tanto caótica da capital Nova Délhi.

Programar uma viagem para a Índia pode é mais complicado do que para outros destinos mais famosos como Paris, Nova York e Orlando. Por isso, para facilitar o seu planejamento, reserve a sua hospedagem pelo site da Hoteis.com, onde você pode pagar em até 12 vezes sem juros e sem taxas.

Confira os lugares mais incríveis da Índia

Agra
Uma das cidades mais procuradas pelos turistas é Agra. Também, o destino reserva joias da arquitetura como o Forte Agra e o maravilhoso Taj Mahal, o maior e mais belo mausoléu do mundo. O monumento, todo adornado em mármore, foi construído por Shah Jahan para homenagear a sua esposa, Mumtaz Mahal. Em outras palavras, a construção é um culto ao amor. Não é à toa que a visita ao templo está no top 10 de muitos viajantes por aí.

Uma das cidades mais procuradas pelos turistas é Agra, onde fica o Taj Mahal.

Coloque também em seu roteiro de viagem uma ida ao Forte Agra, conhecido como Forte Vermelho e que fica pertinho do Taj Mahal. Patrimônio Mundial pela Unesco, o forte é uma pequena cidade com muros vermelhos e vários pequenos palácios construídos em mármore. Os destaques daqui são o palácio Jahangiri Mahal, que tem decoração incrível em seu interior; o alvo Khas Mahal; o Diwan-i-am, com sua varanda utilizada para audiências públicas; e a torre octagonal Musamman Burj, onde Shah Jahan passou seus últimos anos de vida aprisionado. Diz a lenda que a vista ao Taj Mahal era o seu único consolo.

Visite ainda o Mausoléu de Akbar, onde estão os restos mortais do imperador de mesmo nome e avô de Shah Jahan.

A fama do lugar se justifica: aqui repousa um dos mais importantes imperadores mongóis que viveram em Agra. A construção é toda feita de tijolos vermelhos, com colunas de marfim e vários jardins. Portanto, mais uma construção grandiosa para colocar na sua lista.

E é aqui que está uma das maiores mesquitas da Índia. A Jama Masjid foi construída em 1648, também por Shah Jajan. Desta vez, o imperador decidiu homenagear Jahanara Begum, uma de suas filhas. E, por último, outro ponto interessante para conhecer na região é o Fatehpur Sikri, que foi capital do império Mongol, entre 1571 e 1585. O lugar conta com muitas mesquitas, palácios e mausoléus para o deleite dos visitantes.

Localizado no estado de Uttar Pradesh e a 200 km de distância da capital, é possível chegar a Agra de avião, de trem ou de ônibus.

Nova Délhi
Vibrante e caótica, a capital indiana é o destino perfeito para quem não gosta de ficar parado. A parte mais turística da cidade se divide em três áreas: Old Delhi, Connaught Place e a área mais afastada do centro.

Em Old Delhi, não deixe de ver o Forte Vermelho, principal cartão postal da cidade; a Jama Masid, maior mesquita do país; e o mercado ultra movimentado e colorido de Chandni Chowk.

Já a área de Connaught Place conta com ares mais modernos. Os destaques daqui são o observatório astronômico de Jantar Mantar; o Gurudwara Bangla Sahib, maior templo Sihki de Delhi; e o Birla Mandir, templo hindu super colorido e com formas extravagantes. Não deixe de dar uma passada no Índia Gate para conhecer os palácios do governo indiano.

Um pouco mais afastado, mas que vale a visita, está o Humayun’s Tomb, considerado o Taj Mahal de Delhi. Os fãs do legado de Gandhi também podem visitar o Indira Gandhi Memorial Museum, dedicado à história da líder. Vai visitar o museu? Dê uma esticada até o Memorial a Gandhi – Raj Ghat, local onde o seu corpo foi cremado e suas cinzas estão depositadas.

Está com tempo de sobra? Programe uma visita ao super moderno templo de Lotus e ao mirante Qutub Minar. O parque arqueológico de Mehrauli também é bem legal para quem curte passeios em ruínas.

Deu pra perceber que tem muita coisa para conhecer por aqui, né?!

Jaipur
Rodeada pela paisagem belíssima do deserto do Rajastão, Jaipur é uma das cidades mais incríveis da Índia. Aqui, o cenário é formado pelo alaranjado das areias e as construções em tons de rosa salmão, num contraste surreal e de beleza única. Justamente por isso, é chamada de “Cidade Rosa”. Aqui, você vai encontrar vendedores ambulantes barulhentos e simpáticos, encantadores de serpentes, elefantes e palácios dos marajás, em uma atmosfera de desorganização que encanta o visitante. Por isso, aproveite para andar sem rumo pelas ruas da cidade, tomando cuidado para não ser atropelado pelos tuk-tuk e se protegendo da poeira da areia, que toma conta do ar da região.

Uma atração bastante requisitada daqui é o Forte Amber, com seu cenário bem exótico e desértico. Lembra da novela Caminho das Índias, da Rede Globo? Então, o forte era um dos pontos principais de filmagem de suas cenas.

Foi construído em 1592 e fica um pouco distante do centro histórico. Por ser uma construção gigantesca, vá preparado para passar um dia todo aqui.

Não deixe de admirar outro cartão postal da cidade: o Hawa Mahal, que significa “Palácio dos Ventos”. A construção, com mais de mil janelas, era o lugar de onde as mulheres da família do marajá podiam observar a movimentação das ruas, escondidas e sem serem notadas. Aqui, outro destaque é o City Palace, um palácio de beleza surreal e de tirar o fôlego.

Um dos cartões postais de Jaipur é o Hawa Mahal, que significa “Palácio dos Ventos”.

 

Outro destaque da região é o City Palace, um palácio de beleza surreal e de tirar o fôlego.

Mas, afinal, por que as construções daqui são todas rosas? Em 1876, época em que Jaipur era colônia britânica, o marajá Sawai Ram Singh determinou que toda a cidade fosse pintada nesse tom por causa da visita do príncipe Albert, do Reino Unido. Só que a moda pegou e até hoje as construções mantêm essa tradição.

Vindo de Nova Delhi, são cinco horas de viagem de trem. Também é possível chegar por avião ou ônibus.

Goa
Com um passado marcado pelo domínio português, Goa é parada obrigatória para mochileiros e viajantes mais good vibes, tem como cartão de visita praias selvagens. A arquitetura em estilo europeu também chama atenção por aqui.

Vale lembrar que Goa não é uma cidade, mas um estado ao sul da Índia.

Aproveite para relaxar. A 50 km da capital Panjim, vá até a praia de Arambol. Aqui, você vai curtir um spa natural, com um lago de água doce quentinha e ainda lama sulfurosa. A aldeia de Cavalossim também tem ótimas praias para quem busca descanso. Ainda no “combo relaxamento”, visite Patnem, ponto de encontro de hippies nos anos 70 e onde você vai poder praticar reiki e yoga.

Do ponto de vista histórico, não deixe de conhecer Old Goa, antiga capital da colônia. A cidade possui monumentos e construções que remetem ao período da colonização portuguesa. Um exemplo disso é a basílica do Bom Jesus, com sua arquitetura incrível.

O mercado de Mapusa é uma ótima opção para aqueles que buscam lembrancinhas e produtos típicos. Os destaques são tecidos, joias, bijuterias, saris, brinquedos, especiarias e o amot, fruto de tamarindo sem semente.

Os mais aventureiros poderão curtir ainda o tour dos Crocodilos, no canal Cumbharjua, e o voo de parapente na praia de Colva, uma das mais populares da região.

O melhor jeito de chegar até aqui é vindo de Mumbai. O meio de transporte mais rápido é o avião, mas também é possível ir de ônibus ou trem.

Mumbai
Maior cidade da Índia, como era de se esperar, conta com um grande número de atrações. Aqui, você vai encontrar resquícios de Bollywood a construções britânicas, em um ritmo frenético, típico de grandes cidades. Mas a boa notícia é que, mesmo que Mumbai seja gigantesca, um grande número de pontos turísticos fica em Colaba. Por isso, o bairro tem uma excelente localização e pode ser uma boa alternativa para hospedagem.

Em Colaba, aproveite para visitar o portão da Índia, construído em 1911 para comemorar a visita do Rei George V e da Rainha Maria. O monumento é um dos primeiros lugares que o turista enxerga quando chega ao porto da cidade.

Aqui perto está outro ponto turístico que você deve visitar: o Taj Mahal Palace, um hotel 5 estrelas com lojas luxuosas. Não é tão famoso como a construção de mesmo nome, mas que chama a atenção por sua arquitetura.

Em Mumbai fica o o Taj Mahal Palace, um hotel 5 estrelas com lojas luxuosas.

Perto do Porto, é possível pegar um barco rumo à Ilha da Elefanta. O lugar guarda templos escavados em pedra e dedicados a Shiva, um dos principais deuses do hinduísmo. Considerado Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, não espere encontrar por aqui elefantes. A ilha, que é lotada de macacos, tem esse nome por causa de uma estátua. Não muito longe da região do porto de Mumbai, visite também a praia de Chowpatty. Mas nada de nadar, hein. A ideia é admirar a vista da metrópole.

A Universidade de Mumbai também é um ponto bem interessante para incluir no roteiro. Na instituição está a Rabajai Tower, uma enorme torre que lembra muito o Big Ben e onde estão guardados quase um milhão de livros.

Impactante, né?!

Vale separar um tempinho para conhecer a catedral São Thomas e o terminal Vitória, chamada hoje em dia de Chhatrapati Shivaji. Nesse último lugar, é interessante observar os hábitos indianos e a grande movimentação de uma das maiores estações de trem do país. Programe ainda uma visita a um estúdio de filmagem das produções de Bollywood.

Mumbai fica um pouco distante da capital. Por isso, esteja pronto para encarar cerca de três horas de voo ou 15 horas de trem para chegar até aqui, caso esteja vindo de Nova Delhi.

Curtiu as nossas dicas? Deixe nos comentários qual o destino indiano você ficou com mais vontade de conhecer.

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com