BlogHoteis.com

Você já sabe onde serão os jogos de 2018 na Rússia?

Publicamos aqui no blog uma série de posts com diferentes guias de viagens sobre as 11 cidades que receberão os jogos mais esperados pelo mundo todo em 2018: Moscou, São Petersburgo, Rostov-on-Don, Sochi, Kazan, Samara, Saransk, Níjni Novgorod, Kaliningrado, Volgogrado e Ecaterimburgo.

A abertura do campeonato será realizada no dia 14 de junho e a final, no dia 15 de julho, ambas com o início previsto para às 18h no horário de Moscou (às 12h no horário de Brasília).

A seleção brasileira ficou no grupo E, com o jogo de estreia marcado para o dia 17 de junho, às 15h, contra a Suíça, na cidade de Rostov-on-Don. Na segunda rodada, o Brasil vai jogar no dia 22 de junho, às 9h, contra a Costa Rica, na cidade de São Petersburgo. Já na terceira rodada da fase de grupos, a seleção brasileira vai jogar contra a Sérvia, no dia 27 de junho, às 15h, na cidade de Moscou.

jogos de 2018
Rio Don, Rostov-on-Don. Russia

Se você ainda não garantiu a sua hospedagem não espere até os 45 minutos do segundo tempo para reservar. Confira a seleção de hotéis que separamos para você com pagamento facilitado em até 12 vezes sem juros e sem IOF.

Utilize os nossos cupons de desconto para assistir aos jogos na Rússia. Melhor do que isso, só assistir de pertinho a seleção brasileira ganhar o hexa, né?

Principais pontos turísticos das cidades-sede

Moscou

Moscou é famosa pela sua Praça Vermelha, que servia de local para os tradicionais desfiles militares da antiga União Soviética. Seu nome vem do russo antigo, onde “krásnaia”, ou seja, “vermelha”, também significava “bonita”. O passeio mais tradicional por aqui é conhecer o mausoléu do líder revolucionário Vladímir Lênin, mas há muitas outras atrações legais para conferir.

São Petersburgo

Apelidada de “Veneza do Norte”, São Petersburgo também é conhecida como a capital dos czares. A cidade, que foi erguida no século 18 graças a um projeto urbanístico do Czar Pedro, o Grande, tem diversos canais e mais de 400 pontes para você explorar.

Sochi

Conhecida por ser uma cidade-resort, Sochi é mundialmente famosa por suas praias no verão e pelas suas estações de esqui no inverno. As belas montanhas nevadas do Cáucaso abrigam o resort de esqui de Krasnaya Polyana. Por outro lado, a cidade é banhada pelas águas mornas do Mar Negro, que permanecem nessa temperatura amena até meados de outubro.

jogos de 2018
Fisht StadiUM, Sochi, Russia

Samara

Não deixe de conhecer em Samara um templo dedicado a São Jorge, com arquitetura característica do Leste Europeu. É uma das mais belas igrejas da cidade, localizada em um morro. O templo foi construído no ano 2000 em homenagem aos veteranos de guerra e, por isso, recebeu o nome de São Jorge, que na Rússia representa vitória.

Nizhny Novgorod

O Kremlin de Nizhny Novgorod começou a ser construído em 1374, sendo hoje um dos cartões-postais da cidade. A fortaleza fica no alto da cidade com seus muros e suas 11 torres do século 16, que protegem o complexo amuralhado.

O local abriga a Catedral de São Miguel Arcanjo, do século 17, um monumento aos heróis da Segunda Guerra Mundial, a chama do soldado desconhecido, além de exposições de canhões e de carros de guerra ao ar livre.

Kazan

A principal atração turística de Kazan é o seu Kremlin, construído entre os séculos 10 e 16, e concluído durante o reinado de Ivan, o Terrível. Diferentemente dos históricos Kremlins de Moscou e de Níjni Novgorod, o de Kazan é branco e a sua beleza não está nas tradicionais igrejas ortodoxas, mas em uma magnífica mesquita.

Saransk

Há muitos museus, galerias de arte e teatros em Saransk que impressionam pelo tamanho e pela arquitetura rica em detalhes. Uma dica é conhecer o Museu de Belas Artes da República da Mordóvia, que conta com 1500 peças entre pinturas, esculturas, objetos históricos e artesanato folclórico. Foi construído na década de 60 e revitalizado em 2001. Entre os seus destaques, estão as obras do escultor Stepan Erzia e do pintor Fedot Sychkov, artistas nascidos na cidade. Ainda estão expostas no local coleções de personalidades ortodoxas dos séculos 18, 19 e 20.

Rostov-on-Don

Os lugares mais bonitos da cidade ficam no seu centro histórico, como Pushkinskaya ulitsa, rua que leva o nome do poeta Alexander Pushkin, um dos maiores nomes da história da literatura russa. Ali, você encontra uma estátua em homenagem ao escritor, considerado o maior poeta russo da época romântica.

Kaliningrado

O seu roteiro de viagem por Kaliningrado pode começar pelos históricos portões da muralha da antiga cidade de Konigsberg. Quase que totalmente destruída após dois grandes bombardeios aéreos britânicos em 1944, a região foi invadida em abril de 1945 pelo exército da antiga União Soviética. Cada portal, com suas torres fortificadas, possui um estilo diferente e hoje funciona como um museu a céu aberto.

Volgogrado

Estando na cidade, não deixe de conhecer os monumentos aos soldados mortos na batalha, localizados no alto da colina Mamayev Kurgan. Esse imponente memorial construído entre 1959 e 1967 guarda muitos tesouros arquitetônicos, como a escultura central Mãe Pátria, que retrata uma mulher segurando uma espada com 85 metros de altura e mais de 8 mil toneladas. Sob a obra criada pelo escultor soviético Ievguêni Vutchétitch estão os restos mortais de mais de 34,5 mil pessoas que participaram da defesa de Stalingrado.

Ecaterimburgo

A cidade possui alguns bons pontos de interesse para os turistas, como a vista do edifício Vysotsky, o segundo mais alto do país fora de Moscou, e o Ganina Yama, um monastério construído em homenagem aos membros da família Romanov, do czar Nicolau II, assassinados no começo do século passado.

O que comer

A Rússia oferece uma enorme variedade de saladas e de sopas. A Borsch, por exemplo, é uma sopa preparada com beterraba e servida com nata (creme de leite) e batatas cozidas, ou ainda kasha, uma espécie de papa de cereais.
Você sabia que o estrogonofe surgiu na Rússia? O estrogonofe de carne foi criado no século 19 e, originalmente, era servido com purê de batatas e picles em conserva. Logicamente que o sabor não é o mesmo que conhecemos no Brasil, mas garantimos que também é gostoso!

Prove também um bolinho de carne moída chamado kotleti, além dos cremes, em especial o creme de cogumelos.O pelmeni é uma massa recheada semelhante a nosso conhecido ravioli, muito comum na Rússia. A iguaria é encontrada facilmente nos restaurantes e supermercados. Seu recheio é geralmente de carne ou frango.

Se não quiser se aventurar na exótica culinária do país, você pode seguir direto para o McDonald’s mais próximo. Uma refeição com um combo formado por sanduíche, batata frita e refrigerante e segue o padrão mundial da rede.

Claro que você não pode deixar a Rússia sem provar o chocolate e a vodca. Há ainda outras bebidas bem populares no país, como a cerveja báltica e uma outra produzida com água, mel e levedura.

Como se locomover pelas cidades-sede

Os turistas podem se locomover pelas cidades-sede russas através dos meios de transportes públicos, como o metrô e o ônibus. As principais cidades possuem estações de metrô que podem ser identificadas ao lado de placas com uma letra M vermelha, assim como nas demais cidades russas.

Para comprar o seu bilhete, procure a palavra kacca. Há opções de caixas de autoatendimento ou a tradicional compra realizada por um atendente. As estações costumam ter um centro de informações com atendentes que falam inglês ao lado das kaccas.

Caso você não encontre um atendente que fale inglês, basta sinalizar o número de bilhetes que deseja com os dedos. As instruções são divulgadas em russo e em inglês em cada estação por alto-falantes.

Para pegar táxis utilize aplicativos como Uber, Yandex Taxi e o RuTaxi. Em aeroportos, é melhor procurar os guichês oficiais e evitar os motoristas que abordam os turistas no local do desembarque.

Mais uma alternativa é alugar um carro durante a sua viagem. Nesse caso, a carteira de motorista brasileira tem validade no país europeu, mas deve ser traduzida para o russo e autenticada em consulados da Rússia no Brasil.
Você também pode tirar a carteira de habilitação internacional ou contratar um motorista.

Moeda local

A moeda oficial é o rublo, que é dividido em 100 kopeks. Os estabelecimentos comerciais costumam aceitar a maioria dos cartões de crédito internacionais, assim como euros e dólares.

Casas de câmbio e caixas eletrônicos podem ser encontrados nos aeroportos e nos principais pontos turísticos da cidade. Entretanto, nunca viaje sem uma boa quantia em mãos para evitar transtornos.

Como se virar na língua russa

Os russos, em geral, não falam inglês. Por isso, saber se virar para falar algumas palavras na língua local é fundamental. Aliás, uma dica básica para qualquer viagem é saber se comunicar com algumas palavras no idioma do destino visitado. Saiba que frases ensaiadas quebram o maior galho na hora do aperto. Mímica também está valendo
Uma ótima dica é buscar a ajuda do Google Translate. Uma nova função do programa é capaz de traduzir placas e cardápios usando a câmera do celular para reconhecer os caracteres. A atualização já está disponível para celulares com sistema Android e iOS.

Não esqueça de comprar no destino um chip de telefone para usar 3G local. O chip pode ser adquirido nas 3 principais companhias telefônicas da Rússia: MTS, Beeline e Megafon, que vendem chip SIM Card com 3G de internet e com 400/500 minutos de ligações locais.

Brasileiros precisam de visto para entrar na Rússia?

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Rússia. Um acordo entre os dois governos prevê a permanência e o trânsito de cidadãos brasileiros portadores de passaportes válidos, com livre entrada e saída do país, múltiplas vezes, desde que a soma de todos os dias de estada na Rússia não ultrapasse 90 dias a cada período de 180 dias, a contar da primeira entrada no país.

Entretanto, isso não quer dizer que na hora do desembarque as autoridades locais não possam exigir de você alguns documentos, como os comprovantes de hotel, passagem de volta/ou do próximo destino.

O que levar na bagagem

Será verão na Rússia de junho a agosto, com dias mais chuvosos e curtos. Como a extensão territorial do país é enorme, as temperaturas variam bastante de uma cidade para a outra.

jogos de 2018
Volgograd arena, Volgogrado, Russia

Sendo assim, o ideal é levar roupas para as duas estações. Não esqueça de colocar na mala protetor solar, óculos de sol, chapéu e repelente. Um par de tênis confortável também deve entrar na sua lista.

Como chegar

Como não há oferta de voos diretos do Brasil para a Rússia, o melhor jeito de chegar é pegar uma conexão pela Europa. Há diversas companhias aéreas que oferecem voos para o destino.

Uma opção interessante se você já estiver na Rússia ou em determinadas cidades da Europa e quiser seguir viagem para Moscou ou São Petersburgo é pegar um trem. Para facilitar a sua vida, acesse o site da RussianTrains, que está escrito em português, para ficar por dentro das opções de compra de tíquetes, distância e valores.

Gostou das nossas dicas? Então, não deixe de marcar aqui quem vai acompanhar você nessa viagem inesquecível!

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com