BlogHoteis.com

Descubra Kaliningrado, uma das cidades que receberá os Jogos de 2018

Como você já deve saber, começamos aqui no blog uma série de posts sobre as cidades que receberão os jogos mais esperados pelo mundo todo em 2018 (confira o primeiro post aqui). Escolhida para ser palco de quatro jogos da fase de grupos, Kaliningrado é um mundo à parte da Rússia, que já tem uma variedade cultural enorme.

A cidade fica no extremo oeste do país. Na verdade, essa região é um exclave, um pequeno território russo além das suas fronteiras mais conhecidas. Kaliningrado faz fronteira ao norte e a leste com a Lituânia, ao sul com a Polônia e a oeste com o mar Báltico, apresentando praias de areias bem branquinhas, raridade no país. O lugar corresponde a uma antiga região alemã da Prússia Oriental, anexada pela União Soviética depois da Segunda Guerra Mundial.

O Kaliningrad Stadium, que ainda está em obras, terá capacidade para 35.212 pessoas e servirá depois de casa para o FC Baltika.

A abertura do campeonato será realizada no dia 14 de junho e a final, no dia 15 de julho, ambas com o início previsto para às 18h no horário de Moscou (às 12h no horário de Brasília).

Kaliningrado, uma cidade do território russo fora da Rússia

A Hoteis.com desembarca hoje em Kaliningrado para mostrar os principais pontos turísticos da cidade, o que fazer entre os intervalos dos jogos e como se virar em um dos países mais distantes e enigmáticos do mundo.

Não espere até os 45 minutos do segundo tempo para reservar a sua hospedagem. Confira a seleção de hotéis do site da Hoteis.com com pagamento facilitado em até 12 vezes sem juros e sem IOF. Utilize os nossos cupons de desconto para assistir aos jogos na Rússia. Melhor do que isso, só assistir de perto a seleção brasileira ganhar o hexa, né?

Pontos turísticos de Kaliningrado

Cada região da Rússia é como se fosse formada por vários países dentro de um mesmo território, com culturas e costumes diversificados, climas diversos e com a sua população formada por 200 povos diferentes.

Sabendo disso, o seu roteiro de viagem pode começar pelos históricos portões da muralha da antiga cidade de Konigsberg. Quase que totalmente destruída após dois grandes bombardeios aéreos britânicos em 1944, a região foi invadida em abril de 1945 pelo exército da antiga União Soviética. Cada portal, com suas torres fortificadas, possui um estilo diferente e hoje funciona como um museu a céu aberto.

Já o imponente Friedrichsburg Gate, com fachada em arcos e torres, localizado às margens do rio Pregolya, abriga o Museu Oceânico, com peças remanescentes do século 17. Já o museu que ocupa o impressionante King’s Gate contém maquetes da antiga fortaleza e de seus 13 portões originais.

Não deixe de visitar também o Dohna Tower Gate, que abriga o interessante Museu do Âmbar, com mais de seis mil peças, entre esculturas, joias e até um antigo mural do palácio de Frederico Guilherme I, rei da Prússia no século 17.

Kaliningrado
Dohna Tower Gate, Kaliningrado

Protegida por uma redoma de vidro está exposta a maior peça de âmbar do mundo, com 4,250kg.

Uma das áreas mais visitadas de Kaliningrado é o Istmo da Curlândia, região que faz fronteira com a Lituânia.

Trata-se de uma faixa de terra com dunas de areia de 98 km de extensão que separa o mar Báltico do lago da Curlândia, considerado Patrimônio Mundial pela Unesco.

Outra parada obrigatória é a Ilha de Kant, batizada em homenagem ao filósofo Immanuel Kant, que nasceu por aqui. A ilha está cercada por canais formados pelo rio Pregolya. Sua principal atração é a catedral de 1333, tombada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Erguida no centro de uma área que já foi ocupada por uma cidade medieval, o lugar guarda o corpo de Kant em um mausoléu, além de um dos maiores órgãos do Leste Europeu. A ilha se conecta à cidade pela Honey Bridge, também chamada de ponte de Mel, com centenas de cadeados pendurados por casais que desejam conquistar o amor eterno.

Kaliningrado
Ilha de Kant, Kaliningrado

Para quem curte visitar templos religiosos, a Catedral de Cristo Salvador é a maior igreja ortodoxa da cidade, inaugurada em 2006. Vale a pena uma visita. Não deixe de tirar muitas fotos e de aproveitar cada minuto dessa viagem mágica e instigante pela história e a cultura de Kaliningrado.

Kaliningrado
Catedral de Cristo Salvador, Kaliningrado

O que provar na culinária local

A Rússia oferece uma enorme variedade de saladas em sua culinária. As sopas também fazem parte da alimentação tradicional do país, com destaque para a Borsch, preparada com beterraba e outros ingredientes. O prato costuma ser servido com nata (creme de leite) e batatas cozidas, ou ainda kasha, uma espécie de papa de cereais. Prove também um bolinho de carne moída chamado kotleti.

Ah, você também não pode voltar para casa sem provar a legítima vodka russa (se for maior de idade, lógico). A bebida é facilmente encontrada em bares, restaurantes e supermercados em todo o país.

Kaliningrado: como se locomover

Evite pegar um táxi na rua. Prefira usar aplicativos como Uber, Yandex Taxi e o RuTaxi. Em aeroportos, é melhor procurar os guichês oficiais e evitar os motoristas que abordam os turistas no local do desembarque
Para quem pode gastar mais na viagem, o mais prático é alugar um carro com motorista para não se arriscar de ficar perdido em um lugar estranho onde todo mundo só fala russo. Você pode alugar um carro com motorista ainda no aeroporto de Kaliningrado.

Rússia: moeda local

A moeda oficial é o rublo, que é dividido em 100 kopeks. Os estabelecimentos comerciais costumam aceitar a maioria dos cartões de crédito internacionais. Mas, lembre-se de levar uma boa quantia de dinheiro para não chegar sem grana no país. Casas de câmbio e caixas eletrônicos podem ser encontrados nos aeroportos e nos pontos turísticos da cidade.

Como se virar na língua russa

Os russos, em geral, não falam inglês. Portanto, saber se virar para falar algumas palavras no idioma local é fundamental. Frases ensaiadas também quebram o maior galho na hora do aperto.

Uma ótima dica é buscar a ajuda do Google Translate. Uma nova função do programa é capaz de traduzir placas e cardápios usando a câmera do celular para reconhecer os caracteres. A atualização já está disponível para celulares com sistema Android e iOS.

Não esqueça de comprar um chip de telefone para usar 3G local. O chip pode ser adquirido nas três principais companhias telefônicas da Rússia: MTS, Beeline e Megafon, que vendem chip SIM Card com 3G de internet e com 400/500 minutos de ligações locais.

É preciso de visto para entrar na Rússia?

Para a nossa sorte, os brasileiros não precisam de visto para entrar na Rússia. Um acordo entre os dois governos prevê a permanência e o trânsito de cidadãos brasileiros portadores de passaportes válidos, com livre entrada e saída do país, múltiplas vezes, desde que a soma de todos os dias de estada na Rússia não ultrapasse 90 dias a cada período de 180 dias, a contar da primeira entrada no país.

Entretanto, isso não quer dizer que no desembarque as autoridades locais não possam exigir alguns documentos, como os comprovantes de hotel, passagem de volta/ou do próximo destino.

O que vestir na viagem

É verão na Rússia de junho a agosto (ufa!), com dias mais chuvosos e curtos. A temperatura é mais suave para os parâmetros russos: em torno de 25 ºC, mas em algumas cidades pode chegar a 40º C.

Mesmo assim, não esqueça de levar casaco. Um par de tênis confortável também deve entrar na lista. Leve ainda roupas leves, mas saiba que não é permitido entrar de short em diversos pontos turísticos do país. Não esqueça do protetor solar e do repelente.

Kaliningrado: como chegar

Como não há oferta de voos diretos do Brasil para a Rússia, o melhor jeito de chegar é pegar uma conexão pela Europa. Há diversas companhias aéreas que oferecem voos para o destino.

Se você já estiver na Rússia (ou em determinadas cidades da Europa) e quiser seguir viagem para Kaliningrado basta pegar um dos ônibus que conecta o lugar a diversas cidades europeias. A partir das cidades escandinavas, há ainda a opção de embarcar em um ferry.

Gostou das nossas dicas de Kaliningrado? Então, não deixe de marcar aqui a pessoa que vai acompanhar você nessa viagem épica!

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com