BlogHoteis.com

Conheça Moscou, uma das cidades que receberá os Jogos de 2018

Hoje começamos no blog uma série de posts sobre as cidades que receberão os jogos mais esperados pelo mundo todo em 2018. Na estreia, a cidade escolhida foi Moscou, capital da Rússia, que terá dois palcos do Mundial.

É aqui que fica o principal palco dos jogos, o estádio Luzhniki, com capacidade para 81 mil torcedores. Ele vai receber o jogo de abertura e da grande final, além de uma semifinal, uma oitava de final e mais três jogos da fase de grupos. Construído na década de 1950, o Luzhniki já foi palco da cerimônia de abertura das Olimpíadas de 1980.

Moscou
Estádio Luzhniki, Moscou

Já o segundo estádio, o Spartak, é super moderno, inaugurado em 2014 para ser a nova casa do tradicional clube russo. O local vai receber quatro partidas da fase de grupos e uma das oitavas de final.

Moscou
Fachada do Estádio Spartak Stadium, Moscou

A abertura do campeonato será realizada no dia 14 de junho e a final, no dia 15 de julho, ambas com o início previsto para às 18h no horário de Moscou (às 12h no horário de Brasília).

Bem, o papo está bom, mas já chega de falar só sobre futebol. A Hoteis.com desembarca hoje em Moscou para mostrar os principais pontos turísticos da cidade, o que fazer entre os intervalos dos jogos e como se virar em um dos países mais enigmáticos do mundo.

Ah, se você ainda não garantiu a sua hospedagem não espere até os 45 minutos do segundo tempo para reservar. Confira a seleção de hotéis que separamos para você com pagamento facilitado em até 12 vezes sem juros e sem IOF.

Utilize os nossos cupons de desconto para assistir ao Mundial de Futebol na Rússia. Melhor do que isso, só assistir de pertinho a seleção brasileira ganhar o hexa, né?

Moscou: pontos turísticos

Moscou é famosa pela sua Praça Vermelha, que servia de local para os tradicionais desfiles militares da antiga União Soviética. Seu nome vem do russo antigo, onde “krásnaia”, ou seja, “vermelha”, também significava “bonita”. O passeio mais tradicional por aqui é conhecer o mausoléu do líder revolucionário Vladímir Lênin, mas há muitas outras atrações legais para conferir.

Se você entrar na Praça Vermelha pelos portões Voskressênskie, verá a sua esquerda uma pequena igreja. Essa é a Igreja de Nossa Senhora de Kazan, ou apenas Catedral de Kazan, um dos mais adorados templos da Rússia ortodoxa.

Com certeza, uma das catedrais que mais chama a atenção dos turistas em Moscou é a Catedral de São Basílio, que parece ter saído de dentro de um livro de contos infantis. Esse também é um dos símbolos mais conhecidos de toda a Rússia, com a sua imagem reproduzida em cartões-postais e suvenires.

Moscou
Catedral de São Basílio e Praça Vermelha, Moscou

A excêntrica construção foi erguida por Ivan, o Terrível, entre os anos de 1555 e 1561. Está aberta para a visitação diariamente. No inverno, funciona das 11h às 17h. Já no verão, das 10h às 19h. A entrada é gratuita no último domingo de cada mês para estudantes e famílias grandes. Aposentados têm desconto.

Não deixe de visitar também o Kremlin Moscovo, um complexo fortificado às margens do rio Moskva, entre a Catedral de São Basílio e a Praça Vermelha. Esse o mais conhecido dos kremlins ou cidadelas russas. Ele possui cinco palácios, quatro catedrais e uma muralha com torres, e ainda serve de residência oficial do Presidente da Federação Russa. Fica aberto de sexta-feira a quarta-feira, das 10h às 17h. Está fechado às quintas-feiras. A entrada é paga.

Saindo do Kremlin, aproveite para conhecer um dos pontos turísticos mais visitados em Moscou, a Catedral de Cristo Salvador. As cúpulas douradas do imponente templo podem ser vistas de vários pontos da cidade. A construção foi erguida pelo do czar Alexandre I para comemorar a derrota de Napoleão e a vitória do exército Russo, em 1812. Fica aberta diariamente. Às segundas, das 13h às 15h. De terça a domingo, das 10h às 17h. A entrada é gratuita.

Moscou: o que comer

Está ansioso para saber o que comer em Moscou? Bom, em primeiro lugar não deixe de provar o famoso strogonoff russo. Aliás, você sabia que a receita foi inventada por aqui? Claro que você não vai sentir o mesmo sabor do nosso conhecido strogonoff, mas garantimos que é gostoso!

Como as porções dos pratos daqui na Rússia costumam ser menores do que a que estamos acostumados no Brasil, você pode depois do restaurante querer correr para o fast food mais próximo e matar aquela vontade de comer um lanche rápido, porém mais substancioso (risos).

Claro que você não pode deixar a Rússia sem provar o chocolate daqui. A nossa dica é o Shokoladnitsa, que serve bebidas e sobremesas divinas à base de chocolate. A rede possui diversas franquias por toda a cidade. Você vai encontrar com facilidade uma unidade do café em uma caminhada a pé pela região.

Moscou: como se locomover pela cidade e economizar

Para acessar todos os pontos turísticos de Moscou e não chegar atrasado nos jogos, o melhor é pegar o metrô, que é muito eficiente em toda a Rússia.

Uma excelente dica para economizar na viagem é adquirir o Moscow Pass, cartão que dá direito a entrada em museus, tours de ônibus pela cidade, cruzeiros, além de desconto em alguns cafés e restaurantes. É possível comprar o cartão em vários pontos da cidade ou acessando esse site.

Moscou: moeda local

A moeda local é o rublo. Você deve trocar uma quantia razoável de dinheiro antes da viagem para não chegar sem dinheiro no país. Casas de câmbio e caixas eletrônicos podem ser encontrados facilmente nos aeroportos e nos pontos turísticos da cidade.

Moscou: como se virar na língua russa

Idioma oficial da Rússia, o russo é também um dos seis idiomas oficiais da ONU, sendo o mais o sétimo entre todos os idiomas do mundo, considerando o número de falantes nativos.

Os russos, em geral, não falam inglês e saber pelo menos algumas palavras na língua deles vai fazer toda a diferença na sua viagem. Aliás, uma dica básica de qualquer viagem é saber falar algumas palavras básicas no idioma local.

Frases ensaiadas quebram o maior galho na hora do aperto. Uma dica é recorrer ao bom e velho dicionário ou ao Google Translate. Aliás, uma nova função do programa é capaz de traduzir placas e cardápios usando a câmera do celular para reconhecer os caracteres. A atualização está disponível para Android e iOS e deve facilitar a vida de
muitos viajantes por aí.

Para utilizar essa maravilha tecnológica, compre um chip de telefone para usar 3G local. O chip pode ser adquirido nas três principais companhias telefônicas da Rússia: MTS, Beeline e Megafon, que vendem chip SIM Card com 3G de internet e com 400/500 minutos de ligações locais.

Precisa de visto para entrar na Rússia?

Brasileiros não precisam de visto para entrar em território russo. Um acordo entre os governos russo e brasileiro prevê a permanência e o trânsito de cidadãos brasileiros portadores de passaportes válidos, com livre entrada e saída do país, múltiplas vezes, desde que a soma de todos os dias de estada na Rússia não ultrapasse 90 dias a cada período de 180 dias, a contar da primeira entrada no país.

Entretanto, isso não quer dizer que na hora do desembarque as autoridades russas não possam exigir do turista
alguns documentos, como os comprovantes de hotel, passagem de volta/ou do próximo destino.

Leve na bagagem

De junho a agosto, é verão na Rússia, com dias mais chuvosos e curtos, com temperaturas mais suaves para os parâmetros russos: entre 15 e 25 ºC. Mesmo assim, não esqueça de levar casacos. Um par de tênis confortável também não pode ficar de fora da mala. Leve ainda roupas leves, mas saiba que não é permitido entrar de short em diversos pontos turísticos do país. O verão moscovita também pede protetor solar.

Moscou: como chegar

Como não há oferta de voos diretos do Brasil para Moscou, o jeito é pegar uma conexão pela Europa. Há diversas companhias aéreas que oferecem voos para o destino, como a Air France, a Iberia, a Emirates, a Lufthansa, a Air Europa, a TAP Air Portugal, entre outras. Sair do Brasil para Moscou pode durar até 16 horas de voo, com uma ou mais paradas. Mas a viagem vale cada minuto de espera.

Gostou das nossas dicas de Moscou? Então, não deixe de marcar aqui a galera que vai acompanhar você nessa viagem especial!

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com