BlogHoteis.com

Os melhores destinos para quem quer curtir o inverno

Viajar está se tornando cada vez mais uma opção de lazer procurada pelas pessoas. A facilidade em se locomover e a queda nos preços do transporte aéreo e da hospedagem comparadas há décadas, tornaram o hábito de viajar acessível para muita gente.

A forma de se viajar também se diversificou bastante. Ir para uma cidade no litoral e se hospedar em uma casa não é mais a única opção. Podemos rodar o mundo, ir a um resort, apartamento de temporada, hostels, pousadas, fazer um mochilão ou um roteiro gastronômico. As agências oferecem pacotes para todos os gostos e bolsos.

Entre essas tantas opções possíveis, os destinos com hotéis para quem quer curtir o inverno vêm ganhando força nos últimos tempos. Nem todo mundo quer ir para a praia ou para a Disney. Muitas pessoas não gostam de altas temperaturas e preferem o aconchego proporcionado por um clima mais ameno.

Alguns lugares começaram a se tornar referência quando o assunto é turismo de inverno dentro do Brasil. Cidades como Campos do Jordão, Gramado e Canela se tornaram grandes polos turísticos e são muito procuradas em temporada de inverno. Mas outros locais também estão despontando como interessantes alternativas para quem gosta de curtir um friozinho, como a Serra da Mantiqueira, o município catarinense de Urubici, a paulista São Roque e até mesmo a fria Curitiba, capital do Paraná. Queridinhas por suas trilhas, festivais de inverno e vinícolas,  atraem turistas que reservam pousadas, além de hotéis em Atibaia, Monte Verde, Petrópolis e Bento Gonçalves.

Campos do Jordão

Popularmente conhecido como a “Suíça brasileira”, Campos do Jordão é talvez o destino de inverno mais tradicional do país. Localizado na Serra da Mantiqueira a meio caminho entre São Paulo e Rio de Janeiro, o município é famoso pela badalação que se torna durante o inverno, principalmente no mês de julho.

Pacata durante a maior parte do ano, a cidade fica extremamente agitada durante a estação mais fria, recebendo uma grande carga de eventos e de turistas. Eles procuram por atrações de alto luxo, gastronomia requintada e opções culturais – como o Festival Internacional de Música Erudita.

Mas a cidade também oferece opções para quem deseja ficar mais próximo da natureza. Cercada de montanhas, Campos do Jordão oferece passeios que incluem a visualização da famosa cachoeira conhecida como Véu da Noiva, entre outras atrações mais ligadas ao turismo de aventura como o Centro de Lazer Tarandu.

Para os mais românticos, outra boa opção é se reservar hotéis mais afastados, de clima mais aconchegante para curtir um bom vinho de frente para a lareira. Para quem prefere ficar próximo ao centro de compras, recomendamos reservar um hotel próximo ao Shopping Capivari.

Você também pode reservar hotéis próximos à Cervejaria Baden Baden. Fundada em 1999 é um dos melhores pontos de encontro no centro da cidade.

Por ser um lugar bastante requisitado, sempre é bom checar com antecedência para reservar bons lugares a preços convidativos.

Gramado e Canela

Gramado e Canela são duas cidades situadas lado a lado uma da outra em plena serra gaúcha. Apesar de Gramado ser o centro das atenções por concentrar um número maior de atrações, hotéis e eventos, Canela é passagem obrigatória para que passa por lá e oferece hotéis e pousadas mais acessíveis aos turistas.

Ao contrário da cidade paulista que citamos anteriormente, onde a neve é uma raridade (vista a cada três ou quatro décadas), o fenômeno é um pouco mais fácil de encontrar nesses municípios gaúchos. Bem mais ao sul do país e com altitude elevada, as temperaturas baixam bastante no inverno, fazendo a alegria de quem procura por esse tipo de turismo.

O passeio já começa interessante apenas por estar nessas cidades. A arquitetura de ambas é um show à parte. As paisagens urbanas se assemelham bastante às de cidades européias, além de tudo ser muito limpo, organizado e seguro.

Uma vez nelas, ir aos centrinhos como por exemplo a Rua Coberta é essencial para quem quer fazer compras, presentear os amigos ou se deliciar com uma das especialidades do local: o chocolate. Em Gramado há uma atração chamada “mundo do chocolate”, uma mistura de fábrica, loja e museu onde é possível visitar esculturas feitas com a iguaria, além de conhecer etapas da fabricação e até prová-lo. Em Canela, você pode optar por se hospedar próximo à Catedral de Pedra.

Para quem viaja com crianças e quer conhecer uma famosa cidade em minuatura, vale à pena reservar um hotel próximo ao Parque Mini Mundo ou próximos ao Snowland Park, para aproveitando para praticar Ski com toda a família.

Também acontece na cidade o Festival de Cinema de Gramado, que está mais badalado a cada ano, atraindo olhares de várias partes do mundo para o evento.

Outra parada obrigatória nessas cidades é conhecer um café colonial. São restaurantes típicos nos quais você costuma pagar um preço fixo individual e come o quanto aguentar. Difícil é escolher entre tantas opções, ainda mais no frio, quando a fome aumenta.

Os principais pontos turísticos de Canela são a Cascata do Caracol e o Cânion do Rio Caí, duas belezas naturais difíceis de se encontrar em outras cidades brasileiras. Além disso, a cidade conta com o Alpen Park e sua emocionante montanha-russa, que consegue tirar o fôlego até dos mais ousados. Para os apreciadores de vinho, a Vitivinícola Jolimont é um passeio imperdível.

Os acessos para Canela são muito simples: basta ir de avião até Porto Alegre e se deslocar de carro ou ônibus. Para quem deseja se aventurar de carro, o percurso está preparado para recebê-lo.

Serra da Mantiqueira

Reserve um hotel na Serra da Mantiqueira, uma cadeia de montanhas que se estende por três estados brasileiros: Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, englobando vários municípios em sua extensão.

Como cada vez mais pessoas procuram por um turismo mais natural, a serra oferece ótimas opções para quem quer ficar mais perto da natureza, sem deixar de lado um ambiente bastante aconchegante e, por que não, romântico, oferecido pelas hospedagens espalhadas pela cadeia de montanhas.

Muitos gostam de ir dirigindo o próprio carro ou moto, uma vez que a Serra da Mantiqueira não está muito longe das capitais dos três estados. A diversão já começa ao pegar a estrada para quem gosta desse tipo de turismo.

O Parque Nacional de Itatiaia, no Rio de Janeiro, é atração obrigatória para quem visita o lugar. Com cachoeiras em meio a uma área de Mata Atlântica preservada, o parque oferece turismo ecológico com uma ótima estrutura. Não faltam banheiros, sinalização e até chuveiros para os banhistas das cachoeiras.

A Pedra do Baú, localizada no município paulista de São Bento do Sapucaí, é também uma das atrações mais procuradas da região. É possível chegar de carro até a parte conhecida como Bauzinho e de onde se tem uma excelente vista panorâmica da região. Vale lembrar que essa é a mesma pedra que pode também ser vista e visitada pelo outro lado, onde fica a cidade de Campos do Jordão.

O Pico Agudo é outra das atrações que levam turistas a conhecer a Serra da Mantiqueira. Durante o inverno é preciso se agasalhar bem para visitar o local, mas vale a pena pela extraordinária vista que se tem de lá. A estrada de terra não é muito convidativa para quem tem carros muito baixos. Se esse for o seu caso, fique na parte baixa e aproveite o conforto das hospedagens e a ótima comida.

Urubici

Se você nunca ouviu falar na cidade catarinense de Urubici, provavelmente não sabe o que está perdendo. Localizada a 171 km da capital Florianópolis, o município de nome indígena que quer dizer “pássaro brilhante” vem se tornando um dos principais destinos quando o assunto é o turismo de aventura.

Se você tem paixão por quedas d’água, irá amar a cidade, afinal, nela estão localizadas 82 cachoeiras catalogadas. Melhor ainda é que muitas dessas atrações estão localizadas em uma área de 30 km entre o centro da cidade e a Serra do Corvo Branco, como arvorismo, saltos de asa-delta e parapente, além de banhos, rapel e outras atividades nas quedas d’água.

Mas não é preciso gostar de esportes radicais para aproveitar a cidade: visitar lugares como a Pedra Furada, a Gruta Nossa Senhora de Lourdes e a Igreja Matriz fazem a alegria de quem prefere apenas aproveitar o tempo mais frio para estar em contato mais próximo com a natureza.

O local ainda guarda atrações referentes aos povos indígenas que ali viveram, uma ótima opção cultural. Entre os passeios, não deixe de parar nas confeitarias e nos restaurantes para saborear a culinária típica da região. Reserve já um Hotel em Urubici!

São Roque

Poucas coisas combinam tanto com a temperatura mais fria como um bom vinho. E quem gosta da bebida, não se contenta apenas em abrir uma garrafa em casa: é preciso ir direto à fonte.

É isso que encontramos na estância de São Roque, localizada a cerca de duas horas de carro da capital paulista e bem próxima de Sorocaba. A cidade é conhecida nacionalmente por ser uma produtora de vinhos de qualidade e lá possível apreciá-lo de diversas formas a escolha do turista.

A mais procurada é indo direto às vinícolas, onde é possível acompanhar o processo de fabricação, fazer degustações variadas e, claro, levar algumas garrafas para casa. A proximidade com Sorocaba, uma cidade de grande porte, ajuda na infraestrutura sendo fácil conseguir hospedagem e outros serviços.

Mas nem só de vinhos vive a cidade: São Roque reserva ao turista de inverno ou de verão outras atrações bastante interessantes, como a Casa e a Capela do Sítio Santo Antônio, uma propriedade de tempos coloniais tombada pelo patrimônio nacional, dada a sua relevância histórica.

Para quem é apaixonado por plantas, a sugestão é visitar a reserva ecológica conhecida como Mata da Câmara, uma área de Mata Atlântica preservada com plantas típicas (como orquídeas e bromélias). Não esqueça a câmera fotográfica.

Para quem viaja em família, a diversão é reservar um hotel perto do Ski Montain Park, rendendo fotos divertidas e momentos inesquecíveis.

Curitiba

A capital paranaense é conhecida pelo seu clima frio e úmido. Se não é muito fácil para secar a roupa no varal, é convidativo para um turismo de inverno. A cidade de Curitiba conta com toda a infraestrutura de que o viajante precisa: hotéis, pousadas, apartamentos, sendo indicada para quem prefere o ambiente mais urbano e já treme nas bases quando se fala em turismo de aventura.

Quando estiver em Curitiba, não deixe de visitar o Museu Oscar Niemayer, cuja arquitetura faz jus ao nome do homenageado: possui linhas estonteantes e não decepciona também em seu interior, que conta com acervo permanente e exposições itinerantes.

A Ópera de Arame já vale a visita pelo prédio em si, muito bonito e diferente, mas procure ir à noite e assistir a algum espetáculo no lugar para ampliar as sensações e a experiência. Ou vá durante o dia se a ideia é ter momentos de paz e tranquilidade curtindo o friozinho local.

São muitas opções para todos os tipos de turistas. Então, não deixe de considerar a Serra da Mantiqueira, o município catarinense de Urubici, a paulista São Roque e a capital paranaense Curitiba quando estiver planejando as suas férias de inverno. Aproveite essas dicas e reserve seu hotel em até 12x sem juros.

Atibaia

Localizada a 67 km da capital paulista,  Atibaia possui clima ameno durante todo o ano, propiciando as mais diversas opções de divertimento: passeios de maria-fumaça, pedalinho e barco. Para os aventureiros, existem atividades radicais, do arvorismo às pedaladas em trilhas que vão até o topo da Pedra Grande. Uma vez lá, a pedida é saltar de asa-delta ou paraglider.

O Monumento Natural da Pedra Grande é um dos principais pontos turísticos de Atibaia, ficando a 1.450 metros acima do nível do mar. Você pode se aventurar no voo livre, na asa delta, paraglider, escalada, rapel ou simplesmente aproveitar o belo mirante, admirando toda Atibaia e região (dá para se ver até sete municípios!). Os principais acessos ao cume da Pedra Grande são pela SP-065 ou através de três trilhas (Minha Deusa, Mangueira e Monges), todas partindo de um mesmo ponto, situado no final do Bairro Arco-Íris, que fica em frente ao Pouso de Asa Delta. Outro atrativo, o Teleférico de Atibaia, com 550 metros de extensão, liga o Lago do Major à parte alta da cidade, passando por cima do lago, próximo ao Centro de Convenções e com uma bela vista da região e do Morro da Pedra Grande. Reserva já o seu hotel em Atibaia!

Monte Verde

Cercada por montanhas, com o clima frio típico da Serra da Mantiqueira, a vila de Monte Verde foi criada pelo casal Verner Grinberg que, após passarem sua lua-de-mel em Campos do Jordão, na serra de São Paulo, procuraram um lugar com o mesmo clima e paisagem. Em 1936, a família conheceu Campos do Jaguari, onde tomou posse das terras e construiu uma fazenda. Com o passar do tempo, o casal começou a ceder terreno para que seus amigos e parentes fossem morar na hoje famosa Vila Monte Verde.

Monte Verde é conhecida não só pelo clima de romance, mas pelo ecoturismo. Os passeios mais procurados são as trilhas até as montanhas. O Morro do Mirante, o ponto mais baixo da trilha, possui uma bela vista da Vila e fica localizado no aeroporto de Monte Verde, o mais alto do país. Lá também é possível fazer passeios de avião monomotor, uma ótima oportunidade de observar Monte Verde e cidades vizinhas de outro ângulo.

Bento Gonçalves

Para começar, você deve fazer um passeio pelas vinícolas da região de Bento Gonçalves, famosas pelos vinhos de excelente qualidade, e também provar os queijos artesanais da Queijaria Valbrenta, a qual também oferece embutidos exclusivos, como o salame de javali. Outra sugestão é percorrer o Caminho de Pedra, belo passeio que leva à colônia São Pedro, a 13 quilômetros do centro. Nele, o visitante passa por 28 construções de pedra e madeira que compõem o cenário e o transportam ao Norte da Itália, deparando-se com ovelhas, casas de massas, teares e erva-mate. Vale a pena também passar pela Via del Vino, passeio turístico que percorre 13 pontos históricos de Bento Gonçalves, todos na Rua Marechal Deodoro, no centro, e que dura 40 minutos. Alguns dos locais visitados são o Santuário de Santo Antônio, a Praça Walter Galassi e a Prefeitura Municipal. E também não deixe de fazer o passeio de Maria Fumaça, que vai até a cidade de Carlos Barbosa,passando por Garibaldi. E para os amantes da aventura, a região do Vale do Rio das Antas é ideal para a prática de rapel, trekking, tirolesa e rafting.

Petrópolis

Situada a apenas 65 quilômetros do Rio de Janeiro, Petrópolis reúne o aconchego do friozinho serrano com uma infraestrutura de qualidade e a beleza das construções do período imperial. Mas também há bons restaurantes, hotéis, comércio variado e inúmeras outras atrações naturais e históricas. A exuberância da natureza só aumenta o charme deste lugar que espera por você!

Fundada por iniciativa do Imperador Dom Pedro II, A Bauernfest – Festa do Colono Alemão é um evento em homenagem a cultura germânica que teve forte influência no desenvolvimento de Petrópolis. Acontece entre os meses de junho e julho.Garanta já o seu hotel em Petrópolis.

O Festival do Inverno, que acontece em julho, também agita a cidade, com uma variada programação cultural.

São muitas opções para todos os tipos de turistas. Então, não deixe de considerar a Serra da Mantiqueira, o município catarinense de Urubici, a paulista São Roque e a capital paranaense Curitiba quando estiver planejando as suas férias de inverno. Aproveite essas dicas e reserve seu hotel em até 12x sem juros.

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com