Blog Hoteis.com

Tóquio: um destino que oferece muitas experiências aos viajantes

Tóquio: um destino que oferece muitas experiências aos viajantes
A curiosidade por diferentes culturas torna o Brasil mais próximo do que nunca do outro lado do mundo. Tóquio é o destino ideal para quem busca o contato com múltiplos modos de vida em um único endereço.

Distante mais de 18 mil km de São Paulo, a viagem até Tóquio costuma demorar em torno de 24 horas entre uma conexão e outra. Todo esse esforço e paciência são recompensados logo na chegada, quando o turista tem o primeiro contato com a efervescência cultural da capital do Japão.

Essa metrópole asiática reúne as tradições orientais milenares às novas tribos urbanas. Os arranha-céus de silhueta futurista não ficam longe de monumentos históricos e locais com muito verde. Cenários como esse encantam e surpreendem os olhos ocidentais, que já estão voltados para a cidade desde que ela foi escolhida como a sede dos Jogos Olímpicos de 2020.

Os arranha-céus futuristas de Tóquio não ficam longe dos monumentos históricos e locais com muito verde

Com quase 38 milhões de habitantes, há estimativas que Tóquio continue a crescer por causa da sua pujante economia. A capital japonesa é um importante centro financeiro internacional que reúne sedes de diversos bancos, companhias de seguros e investimentos de todo o mundo.

Além disso, funciona como o centro nervoso das empresas de transporte e de comunicação do Japão. Sobre a área de tecnologia, vale a pena citar gigantes como Sony, Toshiba e Hitachi que contam com sedes na metrópole.

Entre as características marcantes do povo japonês está a ordem e a disciplina, sendo que de acordo com pesquisa realizada pelo site Trip Advisor, os usuários elegeram Tóquio como a cidade mais limpa, segura e organizada do mundo e uma das melhores para fazer turismo.

É preciso saber japonês para viajar?
Antes de definir o destino das férias, as dúvidas sobre o idioma japonês podem ser determinantes para decidir ou não pela sua viagem para Tóquio. Isso porque essa língua é bastante complexa e diferente do que estamos acostumados.

Para visitar Tóquio é fundamental apostar na comunicação por gestos, uma vez que é inviável conhecer muito do idioma para passar poucos dias. No geral, os japoneses são acostumados com turistas que não conhecem a língua local e fazem o que podem para auxiliar.

Embora o inglês seja o idioma básico e universal, ele não é muito utilizado em Tóquio. Por isso, aprender algumas expressões em japonês para casos de emergência continua sendo uma boa ideia. A dica é pesquisar na internet conversas básicas no idioma para serem usadas em restaurantes, hotéis e aeroportos.

Atrações para toda a família
Entre as vantagens de viajar para Tóquio está a diversidade de passeios disponíveis para quem pretende conhecer a capital japonesa muito bem acompanhado. Museus, parques e muitos outros pontos turísticos enriquecem a experiência do visitante quando inseridos roteiro de viagem.

Se você vai a Tóquio pela primeira vez, não pode deixar de passar pelo santuário Meiji Jingu, dedicado ao Imperador Meiji, responsável por acabar com o sistema feudal do Japão e tornar o país aberto ao mundo. Esse monumento foi destruído durante a Segunda Guerra Mundial, mas acabou reconstruído em 1958, graças a ajuda de todo o mundo.

O santuário Meiji Jingu, dedicado ao Imperador Meiji, é uma das principais atrações de Tóquio

A belíssima arquitetura típica japonesa do templo é rodeada por jardins e lagos. Mais de 170 mil árvores distribuídas em 275 espécies permeiam a floresta que circunda a construção. Este cenário favorece que o turista tenha momentos de tranquilidade mesmo em meio à agitação de uma das maiores metrópoles do mundo. Fique atento ao site do santuário, pois os seus horários de funcionamento variam conforme os meses. A entrada é gratuita.

Apaixonados pela culinária oriental também podem fazer um passeio muito bacana no Mercado Tsukiji. Além de encontrar o famoso atum utilizado no sushi servido em Tóquio, o visitante tem a oportunidade de descobrir outras variedades de frutos do mar que não são muito populares entre os ocidentais.

Para quem chegar antes de 5 da manhã, é possível conhecer os famosos leilões de peixe. Os corredores são extensos e surpreendentes, com mais de 1500 lojas que vendem desde peixes até temperos, cerâmicas, entre outros itens de cozinha. O turista pode ainda se deliciar com sushi fresco que é servido dentro e em volta do mercado.

O Mercado Tsukiji fica disponível para vendas ao público apenas até às 9 horas da manhã, ficando fechado durante a tarde, de segunda-feira a sábado. É proibido circular no ambiente com calçados abertos.

Outro programa bem legal para fazer com a família é o passeio na Ilha Odaíba. O local é rodeado por uma estrutura de shoppings, restaurantes, museus e parques. O turista pode acessar a ponte caminhando pela passarela de pedestres de dois andares.

O pôr do sol na ilha artificial, construída para proteger Tóquio de ataques durante o Período Edo, no século 17, é um dos principais atrativos para quem está de passagem pela metrópole. A luz peculiar deste período reflete nas águas da baía de Tóquio e torna o visual do conjunto de ilhas único.

Há ainda muitas opções de museus, sendo um dos mais interativos o Edo-Tokyo Museum. Todas as exposições privilegiam o contato do visitante por meio de movimento, som e toque. É uma maneira diferente de experimentar a cultura japonesa e a riqueza de sua história.

Esta é uma excelente opção de passeio para turistas, uma vez que os guias atendem em diversos idiomas de forma gratuita. O horário de funcionamento é de terça a sexta e no domingo, das 9h30 às 17 horas, e ao sábado, das 9h30 às 19 horas. O local não abre às segundas-feiras.

Onde comer?
Pensar que a gastronomia do país está limitada ao sushi é um grande engano. Não é novidade que o sushi feito e consumido no Brasil é fruto de diversas adaptações dos manejos originais dessa iguaria ao paladar do brasileiro.

Portanto, vale a pena provar o original japonês.

Além de pratos típicos em restaurantes tradicionais, é possível encontrar redes mundiais de fast-foods e lojas de comidas muito parecidas com o que temos no Brasil, caso o seu interesse central não seja a gastronomia japonesa.

Um dos pratos típicos do Japão que você não pode deixar de experimentar é o ramen. Este tipo de macarrão é até bem conhecido no Brasil, e talvez você já tenha provado. Por isso, nada como degustar o legítimo ramen japonês.

Um dos pratos típicos do Japão que você não pode deixar de experimentar é o ramen

Um dos lugares em que o ramen faz muito sucesso – a ponto de ter virado referência no The New York Times – é no Chuka Sobe Inoue, próximo ao Mercado Tsukiji (do qual falaremos adiante). Embora seja um restaurante de rua, a refeição é servida de forma completa, com macarrão, caldo de soja, ovos, carne de porco e temperinhos. Essa barraca funciona de segunda a sábado, das 5h às 13h30.

Já para quem ama café em qualquer lugar do mundo, uma dica imperdível é o Little Nap Coffee Stand, ao norte de Shibuya, logo atrás do Yoyogi Park. Esse cantinho é como um local de culto entre os amantes de café, repleto também de doces típicos do Japão.

Se bater aquela saudade da comida brasileira, que tal um churrasco? O Restaurante Marakawa frequentemente entra para a lista dos restaurantes mais caros do mundo e faz jus a fama de servir o melhor kobe beef do planeta.
Agora pode ser que você esteja realmente curioso para experimentar o verdadeiro sushi japonês. A boa notícia para quem não dispensa esse prato é que no Japão a iguaria é comercializada a preços muito mais acessíveis que no Brasil.

Nossa recomendação de restaurante de sushi em Tóquio é o Sushiro. O estabelecimento oferece a opção de idioma inglês no cardápio eletrônico. No entanto, nem sempre é necessário pedir, uma vez que uma variedade interessante de peças e pratos são disponibilizados em uma esteira e o cliente pode pegar o que quiser.

Além de delicioso, é diferente de tudo que o brasileiro está acostumado. Fica aberto de segunda a sexta, das 11 às 23 horas; sábados e domingos, das 10h30 às 23 horas.

Viste Tóquio durante o ano inteiro
A primeira informação que o turista precisa saber antes de rodar o mundo em busca dessa cidade incrível diz respeito às estações do ano. Em Tóquio, cada ciclo climático ainda é bem definido. Salvo poucas exceções, o inverno conta com temperaturas rigorosas, enquanto o verão costuma ser de fato quente.

As estações de transição também contam com as suas características originais próprias. A primavera é bastante florida e úmida, enquanto o outono traz tempo seco e algumas tempestades de ventos.

Primavera
Há quem sonhe em passear entre as flores das árvores cerejeiras, que já se tornaram ícones da paisagem de Tóquio. Este é o cenário corriqueiro japonês durante a primavera, que vai do final de março até meados de junho. Talvez por isso, seja também um dos períodos favoritos dos turistas na metrópole.

As ruas repletas de flores de cerejeira e ameixeira, tulipas e glicínias culminam no Hanami, uma tradição das famílias do país em frequentar as ruas após um provável rigoroso inverno. Este hábito agradável se estende aos turistas que visitam Tóquio nesta época e buscam curtir o clima ameno e as belas paisagens.

O próprio nome do evento, Hanami, é bastante sugestivo em seu significado de contemplar ou apreciar. Ideal para fazer programas em família, pois é interessante para todas as idades.

Inverno
Quem tem vontade e coragem de se aventurar no inverno japonês também encontra opções interessantes em Tóquio. Lembre-se que o Japão é coberto por uma cadeia de montanhas, o que possibilita e até facilita a prática de snowboard. Mesmo em Tóquio dá para praticar o esporte, visto que em apenas uma hora de viagem de trem-bala dá para chegar na estação de Gala Yukazawa.

Além disso, o inverno coincide com a chegada do Natal. A data, que por si só já é mágica, ganha toques especiais com as iluminações incríveis adotadas por diversas ruas e complexos comerciais de Tóquio. Vale a pena conferir.

Outono
A chegada do outono proporciona um colorido ímpar à metrópole. As folhas avermelhadas típicas da época cobrem os parques de Tóquio e resistem por mais tempo que as flores da primavera. As cores do outono se estendem ainda às atrações urbanas.

É por volta de outubro, quando as folhas avermelham e cobrem o chão, que eventos de moda e tecnologia movimentam a cena urbana de Tóquio. Para ficar a par das últimas tendências em robótica e automação, o Japan Robot Week reúne os profissionais e curiosos da área para a troca de experiências, de forma gratuita. Já a Tokyo Girls Collection é um evento semestral de desfiles de moda, com o objetivo de apresentar os hits de vestuário da estação seguinte.

Verão
O verão em Tóquio traz temperaturas escaldantes em torno dos 40ºC e muita umidade, justificando totalmente os leques utilizados pelas gueixas que se tornaram ícones do Japão. Esta combinação faz que os japoneses corram para os muitos parques aquáticos localizados na capital do país.

Em Tóquio, está localizado um dos maiores parques aquáticos do mundo, o Tokyo Summerland. O local costuma lotar durante o verão japonês e reúne atrações para toda a família. Além das gigantes piscinas, o espaço conta com montanha russa, roda gigante e diversos brinquedos voltados ao público infantil. Fique atento, pois o local não permite a entrada de pessoas tatuadas.

O parque aquático fica aberto de segunda a sexta-feira, das 10 às 17 horas, e aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 18 horas, entre 1º de julho e 30 de setembro, ou seja, durante o verão.

Hotéis em Tóquio
Em Tóquio há opções de hotéis para todos os gostos e bolsos. Confira qual opção é a mais adequada para você, sempre de acordo com o seu roteiro de viagem e o orçamento disponível.

Para quem deseja priorizar a localização, o Hotel Sunroute Plaza Shinjuku é uma boa solução, pois são encontradas diversas atrações turísticas em seus arredores. O estabelecimento conta com boa estrutura para famílias, incluindo frigobar, toalhas de banho e restaurante.

Para quem não abre mão do conforto, a nossa dica é o Sheraton Miyako Hotel. Além de contar com uma diversidade de atrações próximo ao local, este hotel oferece piscina interna, academia, serviço de translado local, quatro restaurantes e dois bares.

O APA Keisei Ueno-Ekimae é outra opção de hotel 3 estrelas onde dá para economizar sem abrir mão do conforto. O estabelecimento possui restaurante, café da manhã, elevador e banheira de imersão.

Você vai encontrar muito mais opções de hotéis e roteiros de viagem no site da Hoteis.com. Não deixe de conferir as ofertas especiais que só a gente oferece.

Aproveite para fazer de cada passeio uma ocasião muito especial. Boa viagem!

Equipe Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Sigue Hoteles.com en todas las redes sociales

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com