BlogHoteis.com

Verona, a cidade do amor

A fofoca naquele tempo já existia 🙂 Shakespeare não inventou o romance de Romeu e Julieta. Surpresa! Ele se inspirou em uma versão italiana do casal, escrita em 1530 por Luigi da Porto, com a narração feita na cidade de Verona. Muitas pessoas pensam que a história é baseada em fatos reais, mas até hoje não existe a confirmação sobre a história de amor mais famosa no mundo.

Já a história das famílias rivais Capuleti e Montecchi gerou uma grande repercussão em toda a Europa, com versões em inglês escritas por Arthur Brooke, em 1562, e William Painter, em 1569; e em espanhol por Félix Lope de Veja, em 1590. Enfim, até Dante Alighieri escreveu versos na Divina Comédia sobre esta revanche entre as famílias:
“Vieni a veder Montecchi e Cappelletti Monaldi e Filippeschi, uomo senza cura color già tristi, e questi con sospetti” (Purgatorio VI, vv.106-108 Dante Alighieri). E, como se diz: onde há fumaça, há fogo!

Foi entre 1594 e 1596 que o grande dramaturgo inglês William Shakespeare representou a sua versão trágica de Verona.

 

Balcão da Julieta

 

No ano passado, em Verona, foi festejado o 400º aniversário da morte de Shakespeare e ainda hoje em dia as suas frases de amor são proclamadas entre os jovens apaixonados. A cidade de Verona é considerada Patrimônio Mundial da Unesco, além da Casa da Julieta ser o ponto turístico mais visitado da cidade.

 

 

Todo mundo corre o risco de se apaixonar pelo lugar. Não importa se você acredita no amor ou não, quem chega até Verona dá uma passada embaixo do balcão da Julieta. Um dos romances mais famosos do mundo não pode passar em branco.

 

Quando você chega nessa cidade, tudo se torna mais verdadeiro e você não se pergunta se o romance foi invenção ou não. Em Verona, é fácil imaginar histórias, figuras e eventos do passado. É uma cidade que deixa você sonhar. E assim, acreditando na fábula, você começa a fazer parte dela.

Na cidade acontece há 64 anos o Festival Shakespeariano. Já no verão são realizadas atividades de dança e de teatro em torno desse personagem, que fez de Verona a cidade do amor.

 

Tudo em Verona envolve a legenda Romeo e Giulietta. Você gostaria de casar no balcão de Giulietta? Saiba que isso é possível!

No Dia dos Namorados, comemorado no dia 14 de fevereiro na Itália, a cidade de Verona fica em festa, totalmente tomada pelo amor. Verona é uma cidade que enfeitiça as pessoas e você, imediatamente, se torna seu fã para sempre.

Perder-se pelas suas ruas, encantar-se com a beleza histórica e arquitetônica do lugar, descobrir ângulos escondidos, fazer uma pausa no café mais próximo, entregar-se ao vício de doces e sorvetes… Ah, Verona, que cidade maravilhosa! Tomar um spritz (típico drink veneto) em um dos bares na Piazza delle Erbe é um presente para toda a vida.

No século 16, Verona ganhou o apelido de “urbs picta” (cidade pintada), graças aos afrescos que decoram as fachadas dos edifícios mais prestigiados. É na Piazza delle erbe onde fica o melhor exemplo dessa peculiaridade decorativa.

O Palazzo Giusti é o exemplo do estilo “jardim italiano”, onde ao longo dos séculos passaram pessoas famosas, como Goethe, Mozart e Cosimo III de Médici, para contemplar os seus cantos mais sugestivos. No interior do jardim há um labirinto de plantas, um dos mais antigos na Europa. Apesar de seu tamanho pequeno, o labirinto tem uma pista muito complicada para resolver. Enfim, você vai chegar até a Ponte Scaligero, atravessando o Castel Vecchio, símbolo indiscutível do período medieval Veronese, que hoje abriga o museu da cidade. Museu de rara beleza, sobretudo em seus andares superiores. As obras são colocadas de maneira que a iluminação destaque a beleza de cada objeto. É no andar mais alto do museu que a vista da cidade se faz presente chegando até a Torre dell’Orologio, com seu pequeno jardim secreto.

Shakespeare, quando escreveu Romeu e Julieta, não só descrevia o amor entre os jovens, mas também o amor pela cidade.

“Buona notte, buona notte! Separarsi è un sì dolce dolore, che dirò buona notte finché non sarà mattina”, William Shakespeare.

Se você está planejando viajar para Verona, aqui vai algumas dicas de diferentes tipos de hotéis para todos os bolsos e gostos:

1. Reserve o Hotel L`Angolino Nascosto, que fica perto da ponte de Pietra, do teatro romano e do Giardino Giusto. Para mim, é o lugar ideal para ficar hospedado em Verona.

2. Outro local bastante recomendado é o Palazzo Victoria.

3. Você também pode escolher um Bed & Breakfast no centro de Verona.

4. Se você prefere hotéis de luxo, faça a sua reserva no Hotel Antica Porta Leona & SPA

Anote aí também seis restaurantes para comer muito bem em Verona:
1. Osteria La Fontanina, um dos melhores restaurantes da cidade.

2. Osteria Ponte Pietra Ristorante, um dos restaurantes mais românticos e que conta com um apartamento mobiliado disponível com uma bela vista panorâmica de Verona.

3. Re Teodorico – Food & Garden Above Verona, esse lugar é uma combinação da comida tradicional italiana com uma interpretação moderna em um local de sonho: comida e jardim em excelência.

4. Café Carducci, visite esse lugar para viver um estilo único com charme e bom gosto em Verona.

5. Saporè, que significa “Sabor do Rei”, é a melhor pizzaria do mundo.

6. Stand – Up Pizzeria Ristorante, prove a tradicional pizza cozida no forno a lenha a apenas a cinco minutos do centro histórico de Verona.

Verona

Mas, se você quiser comer uma pizza de onde nasceu essa pizza gourmet, tem que sair de Verona e ir até a cidadezinha de San Martino Buon Albergo, mas não se esqueça de fazer uma reserva, para não perder a viagem.

Gostou das dicas? Então, não perca tempo e reserve agora mesmo o seu hotel em Verona, na cidade italiana do amor!

Verdes Colinas

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com