BlogHoteis.com

4 Passeios para se fazer em Bonito

Bonito é um destino que me permitiu ter experiências bem interessantes de contato com a natureza.

Peguei um desses feriados, de 4 dias, e me mandei com uma amiga. Fui numa quinta-feira à noite direto para Campo Grande, dormi uma noite lá e, na manhã seguinte, fomos para Bonito. A viagem é um pouco longa .Foram quase 5 horas dentro de uma van, com uma parada.

  1. Gruta do Lago Azul

Para chegar na gruta, primeiro se faz uma caminhadinha de cerca de 200m até a entrada dela, e aí tem uma escada de 300 degraus irregulares para descer; você volta pelo mesmo caminho, ou seja, são mais 300 degraus para subir. Pra mim, foi bem tranquilo mas, vale a pena reforçar isso para que estejam cientes do que os espera, rs. Durante o passeio, é possível ir analisando as formações rochosas da caverna. Ao chegar dentro da gruta, você se depara com um lago azul lindooo que fica ótimo em fotos em dias mais abertos, com mais claridade ;).  Para entrar na gruta, precisa colocar capacete como medida de segurança.

bonito
Gruta do Lago Azul : tom de azul que encanta!
  1. Buraco das Araras

Com um grupo pequeno, sempre acompanhado de um guia de turismo, se consegue observar, dos dois mirantes que se tem nas extremidades da dolina (formação geológica), as araras. Elas gostam de fazer barulho, viu?! É a forma de comunicação delas. Estão sempre em duplas ou em grupos pequenos; são parceiras! <3

Entrada Buraco das Araras

Não conseguimos ver muitos outros bichos além das araras mas, por ali há também: jacaré, quati, tatu, lobo, tucano… O que tudo indica é que essa formação geológica se deu com o desmoronamento de blocos rochosos, criando essa cavidade.

É um passeio bem gostoso de fazer, onde se observa bastante a perfeição da natureza.

Visão do Mirante Dolina no Buraco das Araras
  1. Passeio de Bote no Rio Formoso

O Rio Formoso fica dentro de uma unidade de conservação estadual e conta com uma boa estrutura de banheiros e armários para os turistas. Os botes infláveis têm capacidade de até 12 pessoas, o trajeto é de cerca de 5km com direito a passar em 3 cachoeiras e 1 corredeira. Em cada bote, vai um monitor que é bem animado e fica agitando a galera- tanto que eles colocam alguns baldes no bote, pedem pra gente encher e, quando passamos próximo à algum bote, jogamos o balde de água neles, rs. Imagina a guerra de água que vira, rs. Imagina também o quão encharcado você sai, rs. É diversão garantida, eu adorei.

bonito

Durante o passeio, conseguimos ver um pouco da flora e da fauna local; vi de pertinho, alguns jacarés e cobras! Ah! Nós temos que ajudar no deslocamento do bote; como ele fica cheio, dá para revezar com as pessoas, quem vai colocar os bracinhos para trabalhar, rs. Eu até mudei de lado no bote para trabalhar o outro braço, não queria ficar com um braço maior que o outro, rsrsrsrs.

bonito

Nas quedas das cachoeiras e corredeiras, tem que mudar a posição no bote; o monitor sempre avisa, é para ser mais seguro, e garantir que ninguém vai voar, rs. Ah! Não pode levar máquina fotográfica e celular, por esse motivo. Mas tem um fotógrafo que fica num outro bote para conseguir bater bem as fotos, ou mesmo fazer vídeos. E você pode comprar ao término do passeio, e não custa caro. Eu comprei para ter depois a lembrança. 😉

  1. Rio da Prata – Flutuação

O rio da Prata fica dentro de um sítio, onde você terá as instruções sobre o passeio. Primeiro, precisará colocar aquelas roupas de neoprene, que surfista usa, sabe?! Mas é um macacão curto, as pernas ficam de fora. O sapato é de flutuação.

This photo is taken by AllWinner’s v3-sdv

Meu pai amado, eu nunca havia passado pela experiência de colocar essa roupa e achei horrorosa, hahahahaha. Gente, que coisa difícil de colocar, não entra, rs.! É bem possível que você precise da ajuda de alguém para colocar a roupa, sério, rs.

Para chegar no rio, é feito uma trilha de cerca de 2Km. Eles fazem grupos pequenos, para o guia dar conta de cuidar de todos. Assim que se chega no rio, o guia ensina a flutuar; para quem tiver dificuldade, pode usar aqueles coletes salva-vidas. Fala-se flutuar, justamente por não poder nadar, seus pés ficam parados, você vai se deslocando com os braços e mãos, e a correnteza ajuda nisso. A ideia é não afetar a fauna e a flora debaixo d’água. 😉

 

This photo is taken by AllWinner’s v3-sdv

É bem gostoso ir flutuando e observando os diferentes peixinhos nadando, as plantinhas do fundo do mar… e você pode se deparar com um jacaré, como aconteceu comigo, rs. Estava flutuando e uma pessoa do grupo me chamou para me avisar que havia um jacaré próximo de mim, para eu não assustar mas, não tinha como não assustar com a ideia de ter um jacaré nadando ali comigo, rs. O guia só pediu para eu ficar tranquila, que ele não faria nada. O jacaré realmente, só passou por mim, e foi para a margem do rio, ufa, rs.

bonito

Voltamos de barco para a sede da fazenda que, por sinal, é muito bonita. Aproveitei para almoçar os pratos típicos sul-mato-grossense com direito à pratos quentes, saladas e doces artesanais. Nessa fazenda, há um projeto de reintegrar os papagaios, na natureza mas eles são bem abusados, rs. Se não tomar cuidado, eles pegam comida no seu prato. E fui tentar bater uma selfie com um e por pouco, não levei uma bicada, rs.

bonito

 Fechei os passeios na Bonitour, agência de forte nome na região. Adorei e indico, viu?!

Para comer, tem carne de jacaré e acho válido provar, viu?! É uma carne bem macia e saborosa… acho que a carne de frango é a que mais remete ao seu sabor. Sugiro o restaurante Taboa.

Uma coisa que tem lá também, é sorvete assado! É isso mesmo, rs. É estranho de pensar mas, nada mais é que uma preparação que leva pão-de-ló como base, frutas picadinhas à sua escolha, sorvetes nos sabores que desejar, e uma camada de marshmellow gratinado. Hummmm, bem gostoso!

bonito

Em Bonito, tem muitos atrativos bacanas, fui embora com a sensação de dever não cumprido, rs. Justamente por não ter  ficado tempo suficiente para aproveitar e fazer todos ou quase todos os passeios maravilhosos. Por isso, indico ficarem cerca de uma semana por lá. Por favor, contratem o hotel em Hoteis.com (com a facilidade de pagar em até 12x sem juros) e vãaaaao para esse destino que leva um nome bem pertinente: Bonito! =)

Juliana Tomandl Fontes

Juliana Tomandl Fontes
Nutricionista – Blog Entre Legumes e Verduras

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com