BlogHoteis.com

Fuja do Carnaval em uma viagem para Paris

Que tal uma viagem para Paris? Dicas para aproveitar a Cidade Luz longe da folia

Procurando um lugar diferente (e afastado) para curtir o feriado de carnaval que tenha muita história e cultura? Hoje, trazemos dicas de uma incrível viagem para Paris para passar longe da folia aqui no Brasil.

Mesmo que um feriado prolongado possa parecer pouco tempo para curtir Paris, com um bom planejamento e um roteiro bem enxuto e eficiente, dá para aproveitar o que a cidade tem de melhor. Como já falamos sobre o que fazer na cidade em outros posts, hoje vamos dar algumas dicas um pouco diferentes e que devem ser consideradas para a sua estada.

Aproveite para reservar o seu hotel em Paris no site da Hoteis.com, pagando em até 12 vezes sem juros e sem taxas.

Disneyland Paris: muita magia e diversão

Está viajando com crianças ou é apaixonado pelo mundo mágico idealizado por Walt Disney? Então, planejar uma visita para a Disneyland Paris não pode ficar de fora do seu roteiro. Uma pergunta que muitos viajantes se fazem é se realmente vale a pena visitar a Disney de Paris. A resposta é sim! Embora seja menor do que a Disney norte americana, o passeio garante bons momentos de diversão, fugindo de atrações mais tradicionais de Paris, como a Torre Eiffel e o Museu do Louvre. Um dado interessante: o complexo completou 25 anos de existência recentemente.

A Disney de Paris é formada pelos parques Disneyland Paris (uma versão francesa do parque da Disney, da Califórnia) e pelo Walt Disney Studios (que compete com a Hollywood Studios, da Flórida). Antigamente, o lugar era conhecido como EuroDisney. Além dos parques, dê uma esticadinha até a Disney Village, complexo de lojinhas e de restaurantes que segue o conceito do Disney Springs, em Orlando.

Os parques estão localizados a cerca de 30 km de distância de Paris, na cidade de Marne-la-Vallée, e são facilmente acessados pelo transporte público. É só pegar o RER A até Marne-la-Vallée-Chessy, com um trajeto que leva 45 minutos de duração. Dica: para pegar esse trem, compre o bilhete que dá acesso as zonas de 1 a 5. Desembarcando nesta estação, você já vai estar bem pertinho das entradas dos parques. Simples, né?!

Outra boa justificativa para programar a sua visita é que os parques conseguem manter a magia de suas versões americanas, tudo com o sotaque francês e uma carinha mais europeia. Vale lembrar que algumas das atrações mais marcantes você também vai encontrar na versão francesa da Disney, como Space Mountain, The Twilight Zone Tower of Terror, Big Thunder Mountain Railroad, Piratas do Caribe, Rock n’ Roller Coaster Starring Aerosmith e It´s a Small World.

viagem para Paris
O jardim de Alice no País das Maravilhas é uma atração super divertida da Disney de Paris

Quer fazer um bate-volta para a Disney Paris e aproveitar os dois parques, mesmo que o passeio seja um pouco mais corrido? Quem tem poucos dias em Paris, mas faz questão de incluir a visita aos parques no roteiro, pode optar pelo passe que dá direito a entrada nos dois. O ticket custa 90 euros por pessoa. Já o preço do ingresso para apenas um parque é de 75 euros.

O que não fazer em Paris

Tem certos lugares e atrações que fazem nosso radar de “corra, é uma cilada” apitar. Independente de qual for o seu destino, sempre é possível se deparar com algumas roubadas pelo caminho. E, pensando nisso, separamos dez coisas que você não deve fazer durante a sua visita pela Cidade Luz. Confira abaixo:

  1. O principal erro que você não deve cometer: ficar pouco tempo em Paris. Sim, nós sabemos que a facilidade de locomoção entre uma cidade e outra e também a grande oferta de bons destinos para visitar na Europa, mas não caia na armadilha de querer visitar Paris em poucos dias. A cidade é enorme e há muita coisa interessante para fazer e ver;
  2. Não deixe para comprar os ingressos das atrações no dia. O melhor é tentar garantir os seus tickets online antes da viagem. Assim, você não vai perder tempo e vai evitar filas quilométricas para os principais pontos turísticos.
  3. No Museu do Louvre vale admirar a Mona Lisa de vários ângulos e pontos diferentes. A obra de Da Vinci é tão sensacional que parecer ter uma expressão facial totalmente oposta de acordo de seu ângulo de visualização;
  4. Nós, brasileiros, somos informais por natureza, mas os franceses são um povo mais formal e reservado. Por isso, não caia na armadilha de tratar as pessoas de maneira informal e nem as cumprimentem com dois beijinhos, a menos que vocês já tenham se conhecido antes;
  5. Trate sempre com respeito e educação as pessoas. Não importa se estão prestando um serviço ou o ajudando com alguma informação na rua. Palavras e expressões como “bonjour” (bom dia), “excusez–moi” (me desculpe), “bonsoir” (boa noite), “merci” (obrigada), “madame” (senhora) ou “monsieur” (senhor), devem estar na ponta da língua.
  6. Mesmo que você já tenha ouvido que os franceses são pessoas mais fechadas, saiba que eles sempre estão dispostos a ajudar. Por isso, não tenha medo de pedir informações ou perguntar algo. A regra é bem simples: se você for educado e tratar as pessoas com respeito, sempre vai encontrar alguém disposto a ajudar. Não sabe falar francês? Isso não é problema. Pergunte em inglês;
  7. Use e abuse do transporte público, que é um dos mais eficientes do mundo e que pode levar você para vários pontos turísticos com facilidade, utilizando as inúmeras linhas de metrô. Isso vai te poupar um bom tempo também, uma vez que a cidade tem um trânsito bem carregado. No deixe de conferir aqueles passes de 1, 2, 3 ou 7 dias para o transporte público, que são bem vantajosos para quem deseja economizar durante a viagem;
  8. Conhecer os mercadinhos de rua em Paris é um ótimo programa, uma vez que eles não são atrações focadas no turista. Bairros super tradicionais como Le Marais e Saint-German, por exemplo, têm os seus próprios mercados, em dias específicos da semana. Aqui, dá para comprar como os franceses e até recriar aquela imagem meio clichê (dica: não tenha medo de ser clichê!) ao andar com uma baguete debaixo do braço e uma garrafa de vinho na mão;
  9. Quer economizar durante a sua viagem? Paris tem várias fontes com águas potáveis (e gratuitas) espalhadas pela cidade, para você ir enchendo a sua garrafinha de água pelo caminho;
  10. Paris é uma cidade para ser contemplada. Por isso, caminhe admirando a cidade e encontrando detalhes que passariam reto se você estivesse olhando para um mapa ou pelo Google Maps, no smartphone. Levando em conta os cenários incríveis de Paris, não tenha medo de se perder pelas suas ruelas.

Onde se hospedar em Paris

Como em toda cidade grande, um dos momentos mais difíceis é o de escolher onde ficar durante a sua estada. E estar bem localizado em Paris, faz toda a diferença.

A capital francesa é dividida em 20 Arrondissements (regiões administrativas). Quanto menor o número, mais próximo da região central você vai estar e isso vai facilitar a sua locomoção até boa parte das principais atrações parisienses. Notre-Dame e a região do Louvre, por exemplo, fazem parte da zona número 1.

Selecionamos algumas opções bem interessantes para facilitar a sua busca pela hospedagem ideal. Confira abaixo!

Hotel Design Sorbonne

Classificado na categoria 3 estrelas, o Hotel Design Sorbonne fica no 5º Arrondissements, do lado do Jardin du Luxembourg, da Sainte-Chapelle e a apenas dez minutos de caminhada da Catedral de Notre-Dame. É um hotel relativamente pequeno, com apenas 38 quartos disponíveis, mas super bem cuidados e decorados bem ao estilo parisiense. Conta com café da manhã e Wi-Fi gratuitos, serviço de lavanderia, recepção 24 horas e serviço de quarto.

Source Hotel

Também classificado com 3 estrelas, o Source Hotel é uma boa alternativa para quem deseja ficar no charmoso bairro de Montmartre, perto da Basílica Sacré Coeur, um dos pontos mais altos de Paris e que tem uma das vistas mais lindas da cidade. Outros pontos turísticos bem próximos são a Galeries Lafayette e o Moulin Rouge. Com café da manhã incluso e Wi-Fi liberado, conta com armazenamento de bagagens, equipe multilíngue, serviços de concierge e elevador. A decoração dos quartos é mais clean e neutra.

viagem para Paris
A Basílica Sacré Coeur é um dos pontos mais altos da cidade, vale a pena subir e apreciar a vista

Hôtel 34B – Astotel

Ainda mais perto da Galeries Lafayette, o Hôtel 34B – Astotel fica no 9º Arrondissements, nas proximidades da Ópera Nacional de Paris e do Palais Royal. Conta com serviço de lavanderia, equipe multilíngue, serviços de concierge, Wi-Fi grátis, serviço de quarto, recepção 24 horas e máquina de café/chá. O destaque fica para os ambientes que mesclam o estilo rústico com o moderno, com a predominância do azul e branco, cores que estão presentes na bandeira francesa.

Hotel Duminy Vendome

Em uma categoria superior, o Hotel Duminy Vendome está classificado com 4 estrelas. O hotel fica no coração de Paris, no 1º Arrondissement, perfeito para quem busca uma localização excelente. Daqui, são onze minutos de caminhada até o Museu do Louvre, oito até a Place de La Concorde e mais onze até o Museu D´Orsay. Seus ambientes são mais clássicos e aconchegantes. Oferece Wi-Fi grátis, translado de ida e volta para o aeroporto, ar-condicionado, terraço, café da manhã e ainda conta com um bar em sua estrutura.

viagem para Paris
O Museu do Louvre é parada obrigatória em qualquer viagem à Paris

Citadines Les Halles Paris

Outra excelente opção para quem deseja ficar na região mais central da cidade, o Citadines Les Halles Paris também fica no 1º Arrondissement. Além de ter áreas comuns bem iluminadas, um dos destaques desse hotel é o fato de seus quartos terem cozinha americana equipada com micro-ondas, geladeira, panelas e utensílios de cozinha. Os pontos turísticos mais próximos do hotel são: Catedral de Notre-Dame, Centre Pompidou, Sainte-Chapelle, Pont Neuf, Palais Royal, Museu do Louvre e Museu Picasso.

Gostou das nossas dicas? Tem outras dicas de Paris? Compartilhe com a gente nos comentários!

E não deixe também de conhecer nossas outras dicas sobre a cidade:

• Como aproveitar Paris em poucos dias: guia das atrações imperdíveis

• Tudo sobre Paris, um guia para conquistar a Cidade Luz

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com