BlogHoteis.com

Confira a nossa seleção das 10 melhores cachoeiras brasileiras

Que o Brasil é um dos países mais ricos em belezas naturais, você já está cansado de saber. Mas já parou para pensar que conhecer as cachoeiras mais incríveis do país pode ser uma ótima ideia? Levando isso em consideração, hoje vamos listar as 10 cachoeiras que merecem entrar para a sua wishlist (lista de desejos) de lugares para curtir as próximas férias. E vamos combinar: não há nada mais revigorante do que um belo banho de cachoeira.

Na nossa lista fazem parte quedas d´águas espalhadas por vários estados brasileiros, de norte a sul do país. Ligue o seu modo “viajante aventureiro”, prepare seu kit de sobrevivência e venha conferir algumas das cachoeiras mais sensacionais desse Brasilzão.

Para ajudar com a hospedagem, visite o site da Hoteis.com. Por aqui, você pode parcelar a sua hospedagem em até 12 vezes sem juros e sem pagar nenhuma taxa extra.

E #partiucachoeira!

1. Cachoeira da Fumaça, na Chapada Diamantina
Impressionante, impactante, sensacional. Esses adjetivos são poucos para descrever o que a cachoeira da Fumaça realmente é. Seu charme já começa pela localização: fica no Parque Nacional da Chapada Diamantina, no Vale do Capão. Aqui, até a tecnologia colabora para os turistas apreciarem a natureza: o sinal de celular é inexistente.

Se quiser chegar perto da cachoeira, basta escolher entre as duas trilhas que levam ao mesmo lugar, porém com paisagens diferentes. Numa delas, você sairá no poço. Já, na segunda, você chegará ao topo da cachoeira. Tudo depende do seu esforço e do que você estará disposto a andar.

A ida até o poço é nível mais hard, mas compensa pela chance de nadar nas águas das cachoeiras e ver a queda de baixo. Sua trilha tem 20 km de extensão e leva três dias, com muitas subidas, descidas e obstáculos. Nessa primeira opção, é importante levar material para acampar e contratar o serviço de um guia turístico credenciado.

Já, para ir até o topo da cachoeira, o trajeto é mais sussa. São 6 km para chegar até o alto, com uma parte da trilha de carro e outra a pé.

2. Cachoeira de Santa Bárbara, na Chapada dos Veadeiros
Optando por conhecer a outra chapada, o turista também vai encontrar mais uma bela cachoeira pelo caminho. Com águas azuis com tonalidade de verde, sua beleza salta aos olhos de quem decide desbravar o cerrado brasileiro.

A cachoeira de Santa Bárbara está no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.
A cachoeira de Santa Bárbara está no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

A cachoeira de Santa Bárbara está no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, entre as cidades de Alto Paraíso de Goiás, Colinas do Sul e Cavalcante. Se o seu foco for a conhecer a cachoeira, escolha se hospedar nesta última cidade, que fica a 28 km de distância do ponto inicial até a queda d´água.

Para chegar a esse pedaço de paraíso e contemplar tudo isso, vá até a comunidade Kalunga e caminhe por mais 6 km, em uma trilha sem grandes dificuldades, mas toda embaixo de sol. Aqui, também é interessante contratar um guia local da própria comunidade.

3. Cachoeira do Tabuleiro, Minas Gerais
Considerada a maior queda d´água de Minas Gerais, a cachoeira do Tabuleiro está sempre nas listas das mais bonitas do Brasil.

Isso quando não é considerada a mais bonita do país. Super imponente, a cachoeira tem quase 280 metros, o que equivale a um prédio de 91 andares.

De uma altura dessas, as águas caem bem fortes e formam um poço de 18 metros de profundidade.

A cachoeira do Tabuleiro fica no município de Conceição do Mato Dentro. Se você curte trilhas, opções não faltam para você chegar até ela. O caminho mais popular vai da Lapinha até o distrito de Tabuleiro.

4. Salto Itiquira, em Formosa, Goiás
Esse passeio é a escolha certeira para aqueles que querem contemplar uma bela cachoeira, mas que não desejam se esforçar muito para chegar até ela. A trilha aqui é bem light: são apenas 15 minutos em um caminho todo asfaltado.

Fica na cidade de Formosa, no parque que dá nome ao salto. Indicamos que você ao visitar essa cachoeira tente ir logo pela manhã. Nesse horário, é possível ver um arco-íris que se forma na base da cachoeira. O legal de ir bem cedo é que dá para encarar outras trilhas.

5. Salto São Francisco, Paraná
Impossível não ficar de queixo caído com a água sendo transformada em névoa, antes mesmo de chegar ao chão. São 196 metros de queda d´água, uma altura que é equivalente a um prédio de 60 andares. O salto São Francisco fica nas cidades de Turvo, Guarapuava e Prudentópolis, mas, para chegar até lá, o melhor acesso é pelas duas últimas cidades.

O interessante aqui é optar por Guarapuava, que costuma ter as melhores condições de estrada, pelo caminho de São Francisco. Do fim da estrada até o salto, você vai precisar encarar uma trilha leve e sem grandes emoções, com escadas e pontes pelo caminho. Mas, para descer até o salto São Francisco, há uma trilha em um nível um pouco mais difícil, com duração de duas horas para descer e três para subir.

Bônus! Numa visita ao salto São Francisco, o visitante pode observar também o salto dos Cavalheiros e a cachoeira Menor.

6. Cascata do Caracol, em Canela, Rio Grande do Sul
Ainda na parte sul do Brasil, a Cascata do Caracol, em Canela, arranca suspiros de casais apaixonados e turistas que curtem um contato mais profundo com a mãe natureza. O melhor ponto para admirar a cachoeira, que fica no Parque Estadual do Caracol, é pelo mirante a 131 metros de distância. Desse ponto de observação, dá até para tentar fotos engraçadinhas que parecem que você está “bebendo” a água da cachoeira.

O melhor ponto para admirar a cachoeira do Caracol é pelo mirante, a 131 metros de distância.
O melhor ponto para admirar a cachoeira do Caracol é pelo mirante, a 131 metros de distância.

Se você quer ficar ainda mais perto dessa obra da natureza, desça a escadaria de 927 degraus enquanto sente os pingos d´água caírem em você. Muita gente aproveita também para explorar as várias trilhas desse parque.

7. Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu
E olha o Paraná mais uma vez na nossa lista! Quando o assunto são cachoeiras brasileiras, a primeira coisa que nos vem à cabeça são as cataratas do Iguaçu. E não é para menos: elas são mundialmente conhecidas e visitadas por turistas do mundo inteiro.

Na divisa entre o Brasil e a Argentina, o parque do Iguaçu tem mais de 270 quedas. No total, são 2700 metros de extensão, mas 800 delas estão em terras brasileiras, no Parque Nacional do Iguaçu.

Na divisa entre o Brasil e a Argentina, o parque do Iguaçu tem mais de 270 quedas.
Na divisa entre o Brasil e a Argentina, o parque do Iguaçu tem mais de 270 quedas.

A força das águas e a imensidão das cataratas são responsáveis por deixar os visitantes vidrados, sem saber para qual delas olhar. Do nosso lado, a queda d´agua mais famosa é a Garganta do Diabo. Com 150 metros de largura e 80 de altura, essa cachoeira é que tem o maior fluxo d´água de todas que estão no lado brasileiro das cataratas.

8. Salto Yucumã, Rio Grande do Sul
Aqui, o foco está na extensão. O salto do Yucumã, que também tem um trecho em território argentino, é a cachoeira mais extensa do planeta. São quase 2 km de comprimento e 15 metros de queda d´água. Com pouca infraestrutura, a natureza do lugar permanece quase intocada, o que colabora para manter seu ar rústico e selvagem.

O salto Yucumã fica no Parque Estadual do Turvo, na pequena cidade de Derrubadas. Ao chegar no parque, pegue um caminho de 15 km de carro por uma estrada de terra até chegar ao estacionamento. Depois, a trilha é bem tranquila e leva uns dez minutos a pé. A melhor época para conferir as belezas do Salto Yucumã é entre novembro e abril, quando as cachoeiras estão mais cheias.

9. Cachoeira do Buracão, em Ibicoara, Bahia
E a Chapada Diamantina, mais uma vez, oferece ao turista um lugar de tirar o fôlego. Aqui, a paisagem é um dos destaques, uma vez que conta com grandes cânions avermelhados. Está localizada na cidade de Ibicoara, que tem boa infraestrutura para os turistas. Para chegar até lá, siga a margem do rio Espalhado.

Nesse caminho, você vai se deparar ainda com a cachoeira das Orquídeas, onde é possível dar um mergulho. Depois dela, você vai passar pelo paredão dos cânions e, em seguida, já estará na cachoeira do Buracão.

10. Cachoeira Santo Isidro, São Paulo
Achou que São Paulo ficaria de fora do nosso ranking? No Parque Nacional da Serra da Bocaína, o turista vai encontrar a melhor cachoeira para banho de todas. Sua queda não é muito alta, são cerca de 50 metros de altura, mas a sensação fica por conta do poço de areia formada pela cachoeira.

Para curtir a cachoeira e a piscina formada por ela, busque se hospedar em São José do Barreiro. Depois de chegar ao parque, pegue uma trilha de cerca de 1,5 km. Uns 15 ou 20 minutos depois, você chegará ao topo da cachoeira.

Para aproveitar o poço, desça as pedras. Cuidado por aqui, pois a descida pode ser meio escorregadia.

Com tantas opções de cachoeiras sensacionais no Brasil, fica até difícil decidir por qual delas visitar primeiro, não?

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com