BlogHoteis.com

Guia de Orlando: Disney, Universal, compras e gastronomia

A cidade de Orlando, localizada na costa leste dos Estados Unidos, mais especificamente na região central do estado da Flórida, é a primeira cidade mais visitada do país e a segunda mais visitada em todo o mundo.

O que tantos turistas estão procurando é o clima de altas temperaturas, mas, principalmente, a grande quantidade de atrações existentes na cidade. É preciso um guia de Orlando para se orientar em uma cidade com tantas possibilidades concentradas em tão pouco espaço.

O local também é um dos destinos favoritos dos brasileiros. Eles são atraídos pelos parques temáticos, mas também pelas compras e pela ótima gastronomia oferecidas em uma infraestrutura exemplar.

Para que você possa aproveitar melhor as suas próximas férias, fizemos um guia de Orlando. Assim, você fica sabendo tudo o que precisa para ir até lá, onde ficar e ir, aproveitando cada dia da sua folga da melhor maneira possível.

Como chegar em Orlando?

Orlando pode parecer meio distante, um sonho impossível, um conto de fadas, mas não é mais assim tão difícil de se chegar. Não no que depender da quantidade de linhas aéreas fazendo a ligação entre a cidade e o Brasil.

A viagem, feita em mais ou menos de 11 horas partindo do sudeste brasileiro, pode ser realizada no período noturno, dividindo o tempo gasto no ar com a leitura de um livro, um filme de bordo ou algumas boas horas de sono.

Como se pode ver em qualquer guia de Orlando, não é difícil encontrar voos para a cidade. Eles partem das principais cidades brasileiras, com várias opções de horários, conexões e tarifas, uma vez que são oferecidos por várias companhias brasileiras e internacionais.

É sempre importante lembrar que, antes de ir aos Estados Unidos, é preciso providenciar a documentação para entrar no país. Mesmo para viagens de turismo, ninguém entra por lá sem o passaporte e o visto, que devem ser providenciados com muita antecedência ainda em terras brasileiras.

Também seria possível fazer a viagem de navio ou por via terrestre, mas não faz muito sentido pelo tempo gasto, além de o custo ser muito mais alto. Prefira ir de avião.

Como se locomover na cidade?

O fato de Orlando ser uma cidade construída para o turismo fez com que houvesse um grande investimento em transporte público, sendo possível se locomover de forma fácil e rápida pela região.

Por outro lado, estamos falando dos Estados Unidos, um país todo projetado para o transporte automotivo. Isso quer dizer que não faltarão largas avenidas para trafegar e muitas vagas para estacionar. Por esse motivo, o melhor meio de transporte é o carro alugado, o que é fácil, não é muito caro e facilita bastante os deslocamentos diários dos turistas, principalmente os mais interessados em fazer compras. Afinal, um bom porta-malas ajuda bastante nessas horas.

Cidade de Orlando, Flórida

Para quem não gosta de dirigir ou não irá percorrer grandes distâncias, o transporte público é uma boa opção. Os ônibus funcionam de forma bastante eficiente e cobrem bem todas as atrações da cidade. Eles também partem de muitos hotéis em direção aos parques, sendo até oferecidos de forma gratuita por alguns hotéis.

Se a pressa for muita ou as compras excederam o esperado, opte por um táxi, mas se prepare para desembolsar uma quantia maior. Eles estão disponíveis em todos os parques, sempre bem identificados pela cor amarela tradicional. Saindo dos hotéis, também é fácil usar o serviço, podendo solicitá-lo na recepção.

O que fazer em Orlando?

O guia de Orlando reserva muitas atrações para o visitante. Compras, parques e restaurantes estão entre os principais, mas há também opções esportivas e até culturais. Tudo depende do gosto, do tempo e da quantidade de dinheiro que o turista está carregando com ele.

Parques temáticos de Orlando

Um guia de Orlando bem completo é quase impossível de se realizar em apenas uma viagem. Só de parques temáticos são mais de 30. Claro que existem aqueles mais badalados, considerados obrigatórios para todos os turistas, mas, novamente, o gosto, o tempo e a quantidade de dinheiro irão definir as prioridades de cada um. É importante salientar que nem todos os parques ficam na cidade de Orlando propriamente dita. Alguns ficam na vizinha Bay Lake.

Para chegar até a cidade vizinha, os turistas podem utilizar a estrada conhecida como I-4 em uma viagem curtinha de apenas 20 minutos. Mas também é possível fazer o trajeto de ônibus com linhas partindo dos principais pontos de Orlando. A desvantagem aqui é o tempo gasto na viagem que vai de uma hora e meia a duas horas dependendo do ponto de saída. Os ônibus partem de Waterford Lakes Town Center, Virgin America Ticket Counter, Caribe Royale All-Suite Hotel & Convention Center e do Oviedo Mall.

 Disney

Os parques da Disney são o carro-chefe de uma viagem a Orlando. Eles concentram as atrações mais conhecidas e desejadas pelos turistas. Dos parques do grupo, é imperdível a visita aos Disney’s Magic Kingdom, Epcot Center, Disney’s Hollywood Studios e o Disney’s Animal Kingdom e por isso vamos falar desses com mais riqueza de detalhes nesse guia de Orlando.

Disney´s Magic Kingdom

O Magic Kingdom é o principal parque do grupo, aquele mais visto em todas as imagens que circulam pelo mundo quando o assunto é a Disney em geral. É ali que está o tão famoso Castelo da Cinderela, sendo nele que acontece aquela queima de fogos tão emblemática vista nas aberturas dos filmes do grupo.

Não importa se você está ou não com crianças, não deixe de visitá-lo. Não ir ao Magic Kingdom é o mesmo que ir a Londres e não ver o Big Ben. Por isso, reserve pelo menos um dia completo para o passeio, mesmo sabendo que não será possível cobrir todas as atrações: um tour completo leva cerca de três dias.

Ele é todo projetado na forma de um grande círculo em volta do Castelo da Cinderela e possui mais seis atrações: Main Street, U.S.A., Frontierland, Fantasyland, Liberty Square, Adventureland e Tomorrowland.

O Castelo da Cinderela é visita obrigatória no parte Magic Kingdom

A Main Street, U.S.A. é a entrada do parque e a primeira atração a ser vista. É repleta de lojas, restaurantes e um bom ponto de encontro caso os visitantes se percam ou escolham roteiros diversos pelo parque.

A Adventureland simula paisagens de outros países, enquanto a Frontierland explora o velho oeste, sendo onde você encontrará a famosa Splash Montain.

Em Liberty Square, prepare-se para uma viagem pelo tempo e pela história com o hall dos presidentes e uma casa mal-assombrada.

Fantasyland é onde fica o castelo famoso e onde estão atrações excelentes para as crianças, com atrações cheias de personagens e pirotecnia.

Em Tomorrowland a viagem proposta é para o futuro com atrações que apostam em alta tecnologia. É nesse local que está a Space Mountain, uma das atrações mais procuradas pelos turistas.

Parques aquáticos

Para que gosta de parques aquáticos existem várias atrações neste guia de Orlando e da Disney. O Blizzard Beach simula uma aventura aquática sob a neve, sendo o mais interessante deles, porque sai do lugar comum de ser um monte de brinquedos com água. Se não houver tempo para ver todos, priorize este aqui.

Universal

A Universal também possui parques bastante interessantes e todos merecem uma atenção dos visitantes. Mas se a viagem é curta ou o dinheiro está limitado, recomendamos duas atrações em especial.

O guia de Orlando escolheu o Universal Studios, que tem a ideia de colocar os visitantes dentro das produções cinematográficas da marca. Já o Islands of Adventure é recomendado para quem gosta de um pouco mais de adrenalina, com várias atrações localizadas em algumas ilhas temáticas e são bastante diferentes umas das outras e para todas as idades.

A atração de Harry Potter é uma das principais atrações do parque Universal Studios, em Orlando

Gastronomia

Depois de visitar tantos parques e andar bastante, é preciso matar a fome. Você pode se render a uma das milhares de opções de “junk food” locais e comer fast food, mas vale a pena explorar também os ótimos restaurantes recomendados pelo guia de Orlando nessa cidade tão interessante.

Para quem quer um lugar famoso, há o restaurante Emeryl´s, famoso por participar de um programa de televisão e tem a vantagem de ficar dentro de um parque.

Dentro dos parques, fora deles ou nos resorts, há opções para todos os gostos e bolsos. Os americanos gostam bastante de explorar comida por país ou região, então a escolha pode ser pelo país que deseja conhecer a comida típica. As escolhas óbvias são a culinária francesa para os mais elegantes e a italiana para os mais gulosos.

Mas o guia de Orlando também recomenda lugares diferentes e um pouco mais exóticos, afinal, férias são para conhecer coisas novas como o Kouzzina, especializado em culinária grega.

Dicas para viajar gastando pouco

As opções de hotéis são as mais variadas na cidade de Orlando. É possível se hospedar nos resorts temáticos com todo o luxo e sofisticação, além de se estar praticamente dentro das atrações dos parques.

Claro que essa opção vai pesar no bolso, por isso recomendamos procurar por aqueles hotéis com faixa média de preços. A razão para gastar menos na hospedagem é que você vai passar muito pouco tempo dormindo, uma vez que o objetivo da viagem é se divertir ao máximo nos parques.

Escolha os hotéis com bom acesso aos parques e ofereça a estada com o serviço de carro alugado. Não se esqueça também de dar uma passadinha nos outlets da cidade. Eles têm preços em conta e variedade para aqueles que desejam renovar o guarda-roupa.

Gostou de nosso guia sobre Orlando, na Disney? Então, continue acompanhando nossos conteúdos, aproveite e reserve seu hotel em até 12x sem juros e sem IOF.

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com