BlogHoteis.com

8 Lugares para visitar em Bariloche, Argentina

Bariloche: neve, vinho e as belezas da Argentina

Se tem um destino que vive no imaginário de todo viajante, sem dúvidas, é Bariloche. A cidade, localizada na Argentina e com cerca de 130 mil habitantes, mantém ares de destino europeu. Bariloche, fica ao norte da Patagônia e está na região dos Lagos Andinos. Por isso, é uma boa opção para quem deseja ver neve ao vivo e a cores pela primeira vez. A proximidade física entre Argentina e Brasil faz com que o destino seja muito procurado por brasileiros das mais diversas faixas etárias.

Muito embora seus principais atrativos sejam o snowboard, o esqui e outros esportes mais radicais, Bariloche vai muito além dessa dobradinha, sendo uma opção de viagem bem interessante para todo tipo de viajante. Não é à toa que é considerado uma excelente opção para casais em lua-de-mel, famílias, mochileiros, adolescentes e crianças.

A Patagônia apresenta paisagens que parecem ter sido pintadas à mão, tamanha é a sua beleza. A natureza do local é extremamente privilegiada e garante ao visitante cenas inesquecíveis. Há lagos com águas transparentes e morros verdes no verão, que mais tarde abrem espaço para o branquinho da neve nos meses mais frios. As montanhas tomadas pelo branco, cena típica do filme “O Regresso” com Leonardo DiCaprio, lembra e muito as belezas de destinos como a Alemanha e a Áustria. E não é de admirar que a região tenha uma forte colônia vindas destes dois países, fato que reflete na cultura local. 

A culinária de Bariloche também é um dos pontos fortes da visita a esse cantinho da Patagônia argentina. Se você é daqueles que faz dieta durante as viagens, esqueça Bariloche. A gastronomia de lá oferece muitos pratos a partir de peixes, como o salmão e a truta, mas que também sabe diversificar o paladar com cortes de carne aos moldes argentinos. Tudo isso regado a excelentes vinhos. Ah! E não podemos nos esquecer do chocolate! São de dar água na boca. 

Apaixone-se por Bariloche: Reserve seu hotel em Bariloche, pagando em até 12 vezes sem juros.

Passeios e pontos turísticos em Bariloche 

Destacamos abaixo o que você deve ver e fazer durante sua viagem a Bariloche, que oferece um variado leque de opções de passeios e atrações. Para otimizar seu tempo, sugerimos que você selecione aqueles que mais gostaria de fazer. 

1.Cerro Catedral

Lugar de belezas mil e que vai te deixar sem palavras, Bariloche tem, como atrativo, o Cerro Catedral, tido como o maior parque de esportes de neve da América do Sul. O local conta com pistas para os mais diferentes níveis de prática nos esportes de neve, com uma megaestrutura para receber os visitantes. São no total 25 meios de elevação com pistas para praticar snowboard ou esquiar. É importante lembrar que, se você não estiver com vontade de esquiar, é possível também curtir e admirar as belezas locais deste passeio. 

Cerro Catedral é uma ótima opção para esportes em Bariloche

2.Piedras Blancas

Piedras Blancas, embora também seja indicado para quem busca esportes relacionados a neve, tem uma pegada um pouco diferente de Cerro Catedral. Aqui, a principal atração é o esquibunda, que pode ser praticado em pistas de diferentes níveis de dificuldade, sendo um ótimo passeio para se fazer em família. Em cima da montanha, está exposto um boneco de neve. Não deixe de tirar uma selfie com ele. É possível chegar ao topo por meio de um teleférico. 

3.Cerro Campanário

Por sua vez, o Cerro Campanário, que fica acima do lago Nahuel Huapi e que muitos dizem abrigar a melhor vista da cidade, oferece vários mirantes para observar as belezas locais. A subida dura pouco mais que cinco minutos. Prepare sua câmera e/ou smartphone para muitos cliques.

4.Cerro Otto

Outro lugar que deve ser inserido no seu roteiro é o Cerro Otto, com seu trajeto de teleférico fechado para quatro pessoas, com paisagens surreais de lindas. Este passeio impressiona por toda beleza que se encontra pelo caminho, durante o percurso. Aqui, você vai se sentir em Arendelle, terra do filme Frozen. No topo da montanha está localizada a Confeitaria Giratória, um restaurante com cardápio variado, que se movimenta lentamente. A cada 20 minutos o lugar faz uma volta completa, permitindo que o visitante admirar a paisagem em 360 graus, independentemente de onde estiver sentado.

O teleférico Cerro Otto é um ótima opção para conhecer melhor Bariloche

5.Circuito Chico

O Circuito Chico – que significa pequeno, em espanhol – é mega tradicional em Bariloche, pois percorre cerca de 60km e permite ao visitante ir do centro da cidade até o Hotel Llao Llao, construção que data de 1948. No passeio é percorrida a Avenida Bustillo, margeando o lago Nahuel Huapi e passando por pequenas praias e mirante até parar no Cerro Campanário. Também há uma parada na Capela de San Eduardo, toda de madeira. Nos mirantes do caminho é possível fazer a tradicional foto com os cães da raça São Bernardo.

6.Centro Cívico

Não deixe de visitar o Centro Cívico de Bariloche, que apresenta outras atrações que vão além da neve e das belas vistas das montanhas. Para os locais, este lugar é um ponto de encontro indicado para tomar sol, mas o legal de visitá-lo é conhecer mais sobre a história local, como o monumento a Julio Roca, o Museu de La Patagonia e a bandeira da Argentina.

Vale a pena ainda conhecer a Catedral de Bariloche, também na região central, que homenageia Nossa Senhora Nahuel Huapi, construída em estilo neogótico. Sua construção foi finalizada em 1946 e a igreja chama atenção por toda imponência, com sua fachada de pedras e pé-direito alto.

Conheça a história de Bariloche através do Centro Cívico

 7.Villa de Angostura e San Martín de los Andes

Por não ser a única cidade da região com belezas estonteantes, aconselhamos que você visite outras localidades e outros pontos turísticos próximos ao norte da Patagônia que podem ser visitados em um dia, em passeios bate-e-volta.

Os destaques ficam para Villa de Angostura e San Martín de los Andes. São 80 km de distância que ligam Bariloche até a charmosa, pacata e menos famosa Villa de Angostura, onde está o belíssimo Cerro Bayo, estação de esqui e snowboard local.

Já San Martín de los Andes está a cerca de 260 km de Bariloche, sendo uma boa opção para quem tiver mais tempo de viagem em Bariloche para conhecer pontos mais distantes.

8.El Bolsón e Puerto Varas

El Bolsón também se encaixa na mesma situação. A 80 km de Bariloche, é uma pedida para quem deseja desbravar belezas além do que Bariloche oferece – como se fossem poucas. Além disso, você pode escolher por atravessar a fronteira e visitar a romântica Puerto Varas, na Patagônia chilena. A dica aqui é utilizar a Cruce Andino para a travessia, uma vez que é possível passar por vários dos andinos pelo caminho. 

O que fazer em cada época do ano em Bariloche

Como é de se esperar, Bariloche oferece ao visitante duas opções totalmente diferentes de paisagens, dependendo da época. É possível encontrar uma Bariloche tomada pela neve e por toda beleza monocromática da cidade no período de frio ou conhecer a Bariloche na qual o verde das árvores e a exuberância das flores imperam. Em outras palavras, a melhor época e aquela mais indicada para você vai depender muito do seu gosto e do que você espera de Bariloche. De qualquer modo, fique sabendo que a natureza da Patagônia é deslumbrante. 

O inverno é a época de neve e, portanto, é a melhor estação para quem pretende se aventurar no esqui ou no snowboard. Mas lembre-se: faz bastante frio, sendo preciso estar preparado vestindo com roupas adequadas para aproveitar o que a região tem de melhor. As temperaturas variam entre 2,5 graus Celsius e 8 graus, podem chegar a -3,5! Vale lembrar que o mês de julho é considerado de alta temporada e a cidade fica lotada na segunda e terceira semana, aumentando também o preço das hospedagens. 

No verão, a média fica em 15 graus, podendo ultrapassar os 20. Ou seja, faz calor, mas nem tanto. Nessa estação, é possível curtir melhor os passeios e a viagem a Bariloche. Os dias são mais longos, uma vez que o sol demora a se pôr, indo embora por volta das 21 horas. O legal é que, caso você escolha por visitar a cidade no verão, poderá usufruir de esportes e atividades aquáticas, fazer passeios pelos lagos e praticar trekking. Nessa época, os preços de hospedagem também são melhores, sendo considerada de baixa temporada.

Fique atento! Como as variações climáticas, a temporada de neve acontece em períodos diferentes ano a ano, dependendo da incidência de neve no local. Por isso, muitas pessoas se perguntam como saber se haverá neve ou neve no período em que estiver em Bariloche. Para se certificar, é interessante visitar os sites de estações de esqui como a de Cerro Catedral e Cerro Bayo. Por se tratar de um fenômeno do clima, vale lembrar que é impossível ter certeza com meses de antecedência, por exemplo.

Boa viagem!

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com