BlogHoteis.com

As melhores cidades para conhecer na Europa e dicas para economizar na viagem dos seus sonhos

Europa: a hora é agora! Melhores destinos para conhecer o Velho Continente

Visitar a Europa é uma viagem que está no imaginário de muitos viajantes. Não é para menos: o continente europeu reserva excelentes destinos para qualquer turista. O mais importante é que a região abriga países de valor cultural e histórico inestimáveis, excelentes restaurantes e muitas belezas naturais. Pela proximidade e disposição estratégica dos países pelo mapa é possível, inclusive, conhecer vários deles de uma só vez.

Preparamos este post para provar que uma viagem para a Europa é um destino possível e que pode estar muito mais perto de se concretizar do que você imagina. Separamos também alguns insights das principais cidades para visitar no Velho Continente.

Reserve agora mesmo o seu hotel na Europa, pagando em 12 vezes sem juros e sem IOF clicando aqui.

europa
Plaza Mayor, Madrid, Spain

Dicas para viajar barato e economizar na Europa

Com uma boa preparação e aproveitando as nossas dicas, é possível curtir uma viagem sem perrengues ou preocupações. Lembre-se também que você pode encontrar bons preços de passagens aéreas e hospedagens, o que já diminui boa parte dos gastos da viagem. Não deixe de acompanhar os sites especializados em passagens áreas para ficar por dentro de todas as promoções e ofertas para economizar nos seus voos. Acredite, com passagens mais em conta você vai fazer uma boa economia.

Para quem busca economizar na Europa, independentemente de quais forem os destinos escolhidos, é possível planejar os trajetos entre as cidades aproveitando o que o continente tem de melhor em termos de transporte: a malha ferroviária. Por isso, sugerimos que você inclua no seu roteiro destinos interligados por trem, que permite locomoção fácil, rápida e barata. Para economizar ainda mais, não deixe de planejar seu itinerário antes mesmo de sair do Brasil, além de comprar as passagens previamente, pelos sites das companhias de trem. Para se locomover entre as cidades que você selecionou para sua Eurotrip, há ainda a opção de comprar passagens áreas em companhias low coast, que oferecem passagens com bons preços. Outra dica: fique de olho nos sites das empresas que oferecem voos de baixo custo e esteje atento às promoções, que costumam ser excelentes.

Curte fazer compras? Alguns destinos como a Espanha e Portugal são bem interessantes para quem deseja ir às compras, mas sem gastar muito. Outra sugestão é aproveitar o Tax Free (isenção de imposto sobre valor agregado) para reaver os impostos gastos em suas compras no continente. Ou seja, utilizando esse serviço o turista pode pedir reembolso do imposto cobrado sob produtos comprados diretamente no aeroporto em guichês que oferecem o serviço. Basta guardar as notas fiscais e apresentá-las junto com a sua documentação. Em alguns casos, os funcionários podem pedir para ver as mercadorias adquiridas. Por isso, fique atento.

Ficar hospedado muito próximo dos principais pontos turísticos pode gerar um aumento considerável no custo da sua viagem. Por isso, nossa dica é que você evite se hospedar nas áreas mais movimentadas e turísticas do destino que costumam ter preços mais altos, no famoso esquema “pega turista”. Prefira hospedagens que fiquem bem localizadas e em pontos estratégicos, como próximo a estações de metrô ou de trem, por exemplo, mas que não fiquem, necessariamente, na muvuca turística.

Quanto à alimentação, é legal também ficar atento aos hotéis que oferecem cozinha e a possibilidade de cozinhar suas refeições no local. Fazer uma ou duas refeições por dia onde você estiver hospedado vai gerar muita economia no final da sua viagem, uma vez que as refeições em restaurantes costumam ser mais caras do que as preparadas por você mesmo.

1) Londres

Elegante, cool, vibrante e moderna. Assim é a cidade de Londres, capital da Inglaterra. Como a maioria das cidades europeias, ela reserva excelentes passeios voltados para a cultura, a arte e o entretenimento. Todas essas características fazem de Londres um destino altamente procurado por turistas de diversas partes do mundo. Sede da monarquia britânica, a cidade vai além de cartões-postais como o Big Ben, a London Eye, o Palácio de Bunckingham e a Abadia de Westminster. A cidade abriga também alguns dos melhores museus do mundo, por exemplo. Além de explorar as suas charmosas ruas, não deixe de vivenciar algumas das experiências tipicamente londrinas, como curtir um passeio nos ônibus de dois andares e tomar o famoso chá das 5 da tarde.

Levando em conta que Londres não é uma cidade muito barata, uma vez que a moeda local – a libra esterlina – é bem mais valorizada que o nosso real, ainda assim é possível encontrar alternativas para curtir a cidade sem gastar muito. Com o London Pass, você pode conhecer um grande número de atrações da cidade, como a Torre de Londres, a Abadia de Westminster, o Castelo de Windsor, o Palácio de Kensigton, o Observatório Real de Greenwich e o Royal Albert Hall, além dos passeios de barco pelo Rio Tâmisa e de bike pelas ruas da cidade. Outra boa pedida é comprar o Oyster Card que dá direito ao uso do transporte público por uma quantidade determinada de dias. Estas são ótimas dicas para o turista que não quer esbanjar libras esterlinas por aí.

2) Paris

Ultra charmosa e uma das cidades mais belas e românticas da Europa, Paris é o destino dos sonhos de muitas pessoas. Alguns turistas, inclusive, aproveitam toda a atmosfera de romantismo e requinte da capital francesa para programar sua lua de mel por lá. À primeira vista pode parecer uma cidade cheia de clichês, mas Paris vai muito além disso. Entre as atrações que devem ser visitadas em uma metrópole que respira e emana arte, estão a Torre Eiffel, o Museu do Louvre, o Rio Sena, a Catedral de Notre Dame, a Basílica Sacre Coeur, a Torre Montparnasse e o Arco do Triunfo.

europa
Para ter uma breve experiência na cidade, você pode conhecê-la em 5 dias. Entretanto, indicamos que, para ter uma vivência mais profunda de Paris, o ideal é ficar de 7 a 9 dias na cidade. Dica para quem deseja economizar: não deixe de adquirir o Paris Museum Pass, cartão que dá direito a entrada, sem enfrentar filas, em mais de 60 atrações da Cidade Luz, incluindo o Museu do Louvre, a Catedral de Notre Dame, o Pantheon e o Arco do Triunfo.

3) Amsterdam

Capital da Holanda e conhecida por ser uma das capitais mais liberais da Europa, Amsterdam encanta os turistas por seus belos canais, pelas centenas de bicicletas que já fazem parte do cenário urbano e pela leveza em que o povo holandês vive. A cidade é rodeada por pontes e paisagens de tirar o fôlego, proporcionando ao turista uma vida cultural intensa. A Casa de Anne Frank é um lugar para quem gosta de história e quer conhecer um pouco mais sobre o esconderijo e a vida da menina. Prepara-se para se emocionar. Não deixe de dar uma passadinha na Praça dos Museus, onde está a lendária placa I Amsterdam, nem que seja só para tirar algumas fotos por lá. Dali, siga para dois dos principais museus da cidade: o Rijksmuseum e o Museu Van Gogh. A casa de Rembrandt também é interessante para se aprofundar no trabalho e na obra do artista, que também tinha um bom tato para os negócios.

Um passeio pelos canais é imperdível para quem deseja sentir toda a vibe do local e admirar a arquitetura da capital holandesa. Outro passeio para contemplar melhor o estilo de vida do povo holandês é conhecer o Vondelpark, parque a céu aberto muito frequentado pelos moradores em busca de paz e sossego ou também para a prática de esportes. Conheça ainda o curioso bairro da Luz Vermelha – o Red Light District – onde garotos e garotas de programa ficam expostos em vitrines e onde é proibido tirar fotos. Pois é, Amsterdam consegue ser pitoresca e encantadora, bonita e caótica. Tudo ao mesmo tempo!

4) Lisboa

Também conhecida como a “Cidade das Setes Colinas”, Lisboa é um destino que pode servir muito bem como porta de entrada para quem deseja começar a se aventurar pela Europa. Por lá, você vai encontrar diversas semelhanças com o nosso país – garantimos que elas vão bem além do idioma – e você ficará encantado com a hospitalidade do povo português, sempre muito solícito e disposto a ajudar. E a culinária local é um capítulo à parte. Aproveite para provar o melhor bacalhau e o famoso pastelzinho de Belém – o legítimo. Cuidado para não se perder entre as ruelas íngremes do bairro da Alfama e não deixe de curtir um belo show de fado, estilo musical que traduz bem o sentimento de nostalgia que a cidade transmite aos visitantes.

A Torre de Belém, que já serviu como proteção e prisão, é um dos pontos obrigatórios da viagem, mas não deixe de conhecer o belíssimo Mosteiro dos Jerónimos, as Ruínas do Carmo, o Castelo de São Jorge e seus resquícios da época medieval, o Monumento aos Descobrimentos e de admirar o pôr do sol na cidade em seus muitos mirantes, que os portugueses chamam de miradouro. Visite ainda a Praça do Comércio, às margens do Rio Tejo.

Lisboa está estrategicamente posicionada no mapa de Portugal e proporciona aos turistas a facilidade de visitar muitos locais próximos que podem ser conhecidos em um passeio bate-e-volta. Você poderá conhecer Sintra, com destaque para o Castelo Nacional da Pena, a Pastelaria Piriquita (com seus famosos e deliciosos travesseiros de Sintra), o Castelo dos Mouros, a Quinta da Regaleira, e ainda visitar Cascais, destino litorâneo a 20 minutos de trem da capital e de onde é possível visitar o Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa Ocidental. Vale mencionar que o turismo em Lisboa, assim como no restante de Portugal, é bem mais em conta se comparado a outras capitais europeias. Com cerca de dez euros, por exemplo, come-se e bebe-se muito bem em alguns restaurantes da cidade.

europa
Palácio da Pena – Sintra, Lisboa, Portugal

5) Madrid

Capital da Espanha, Madrid tem um charme único, capaz de misturar o melhor da cultura hispânica com a vibe europeia. Não à toa, a cidade exala cultura, arte, arquitetura e muita história. Madri – ou Madrid, na língua local – abriga três grandes museus de importância mundial: o Museu Del Prado, o Museu Reina Sofia e o Museu Thyssen-Bornemisza.

Não deixe de visitar ainda a Gran Vía, uma espécie de Champs Elysees espanhola e um ótimo lugar para fazer compras e tirar muitas fotos. Símbolo da cidade, a Plaza Mayor é o local onde os madrilenos se encontram para aproveitar as noites de calor e comer as famosas tapas. Um outro passeio diferente, mas muito interessante para quem curte gastronomia, é a visita ao Mercado de San Miguel, onde é possível degustar tapas, provar outras iguarias locais e ainda comprar produtos típicos. O mercado é a cara do dia a dia dos madrilenos.

Um ponto turístico bem famoso por lá é o Palácio Real. Uma das residências oficiais do Rei Juan Carlos, o prédio é bem imponente e must see na cidade. Ao lado, encontra-se a Catedral de Almudena, que, com suas torres de 102 metros de altura, integra o conjunto arquitetônico do palácio. Por ter cada parte construída em um momento histórico diferente, a catedral reflete muito as mudanças pelas quais a cidade passou ao longo dos anos. Inclua no seu roteiro uma paradinha na Porta do Sol, que é o coração de Madri. Além da estátua símbolo da cidade “Oso y Madroño” (urso apoiado em uma árvore), é possível neste mesmo local conhecer e tirar fotos do Marco Zero, ponto onde foram construídas as primeiras rodovias do país. Passeio super relax e tranquilo, o Parque del Retiro é a principal área verde da cidade, onde os moradores aproveitam para caminhar, correr, relaxar ou simplesmente ver a vida passar mais devagar. Dentro do parque, visite também o Palácio de Cristal.

É impossível falar sobre a Espanha e não mencionar o futebol que, além de uma paixão nacional, possui times com fã-clubes que ultrapassam fronteiras. O Estádio Santiago Bernabéu é um passeio imperdível para quem curte futebol e quer visitar a casa de um dos maiores times do mundo, o Real Madrid.

Para quem curte passeios tipo bate-e-volta, saiba que é possível a partir de Madri visitar a simpática Toledo, conhecida como a “Cidade das Três Culturas”. Isso porque ela preserva igrejas, sinagogas e mesquitas que convivem em perfeita paz e harmonia. A 32 minutos de trem de Madri, Toledo tem uma importância histórica enorme, uma vez que foi capital espanhola duas vezes, sendo hoje considerada Patrimônio Cultural da Unesco.

Gostou das nossas dicas de viagem? Aproveite para marcar aquela pessoa especial que você gostaria de levar para a Europa.

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com