BlogHoteis.com

O que fazer no Guarujá, um guia completo da cidade

Um guia completo da “Pérola do Atlântico”

Distante 90 km de São Paulo, o Guarujá é um dos destinos mais procurados pelos moradores da capital paulista para os fins de semana, mas atrai também turistas de todo o Brasil e do exterior. Confira este guia completo sobre o que fazer no Guarujá para aproveitar melhor a estada no balneário.

Não deixe também de conferir outras dicas sobre Guarujá e região:

• 20 melhores praias brasileiras para passar o réveillon

Litoral Sul Paulista – Melhores Praias e hospedagens

• Dicas de praias paulistas para feriados

O que fazer no Guarujá

Carinhosamente chamada de “Pérola do Atlântico”, em razão de suas 27 belas praias, Guarujá é a terceira maior cidade da baixada santista, ficando atrás apenas de Santos e São Vicente.

A fauna e a flora abundantes da região influenciaram até mesmo no nome da cidade. “Guarujá” vem do nome indígena de um tipo de caranguejo, o “aguâruçá” ou “guaruçá”, ainda abundante na região.

Por estar localizada na “Ilha de Santo Amaro”, a belíssima Guarujá coloca à disposição do visitante suas 27 praias, algumas repletas de agitação e outras ainda tranquilas e até mesmo quase desertas, acessíveis apenas por trilhas ou embarcações.

o que fazer no Guarujá
A belíssima Guarujá abriga 27 praias

Por essas e outras razões, o Guarujá é um dos destinos preferenciais dos moradores da capital São Paulo, principalmente nos fins de semana, uma vez que os 90 km de distância são rapidamente percorridos por uma das melhores rodovias do Brasil, a Imigrantes (SP-160).

A cidade pulsa e vibra o ano todo, atraindo também turistas de outras regiões e até mesmo de outros países. Este é também considerado o destino mais sofisticado da baixada santista, uma vez que as outras cidades continentais, como Santos e São Vicente, são reconhecidas como mais populares.

o que fazer no Guarujá
Guarujá é considerado o destino mais sofisticado da baixada santista

Uma das razões disso é sua agitada e rica vida noturna, com um conjunto de bares e restaurantes de fazer inveja às cidades de maior porte. Ao longo da orla, são dezenas de opções para os visitantes, que podem escolher entre um aconchegante quiosque à beira-mar ou um sofisticado restaurante internacional com vista panorâmica num hotel.

Há ainda espaço para os que querem uma noite dançante, baladas sertanejas ou música eletrônica. A cidade praticamente não dorme aos fins de semana e, com os primeiros raios de sol, é possível ver os últimos baladeiros caminhando pela Praia das Pitangueiras ou Enseada com seus calçados nas mãos.

Um bom passeio com a família  – ou talvez uma opção em dias de chuva – é a visita ao aquário Acqua Mundo, um dos mais bem equipados do litoral paulista. É possível conhecer uma variedade de peixes e habitantes da fauna e flora subaquática, sempre com orientação de monitores.

Não deixe de checar os horários e dias de funcionamento, que podem mudar entre a baixa e a alta estação.

o que fazer no Guarujá
Um bom passeio com a família é a visita ao aquário Acqua Mundo

Praias, um show à parte

Mas é claro que as praias da cidade são as “meninas dos olhos” de todos os visitantes que procuram o que fazer no Guarujá

Entre as mais procuradas estão a Praia de Pitangueiras, na área central da cidade, com suas ondas fortes – o que exige atenção com as crianças, mesmo nas partes mais rasas – e a Praia de Pernambuco que, na maré alta, apresenta o “mar casado”, fenômeno caracterizado pelo encontro de ondas vindas de diferentes direções.

o que fazer no Guarujá
Praia de Pitangueiras, no Guarujá

A mais longa da cidade é a Praia da Enseada, com seus 6 km sempre muito procurados, seja de dia ou de noite, já que há muitos bares e restaurantes em toda sua extensão.

As famílias geralmente preferem a tranquilidade da Praia das Astúrias com sua boa estrutura comercial.

Aos que estão em busca de um bom pescado para o almoço procuram os pescadores na Praia do Pequerê, enquanto os surfistas destroem as ondas na Praia do Tombo.

o que fazer no Guarujá
Praia da Enseada, no Guarujá

Passeio de barco

Talvez o melhor jeito de conhecer o conjunto de praias da cidade seja fazendo um passeio de barco, que leva o viajante a locais de difícil acesso por terra, como Armação das Baleias, Prainha Branca, Iporanga, Cheira limão e Fortaleza da Barra Grande.

Em alguns desses lugares, em dias claros, é possível praticar o mergulho livre para observação da diversidade subaquática, com uma incrível variedade de peixes e corais.

Gastronomia no Guarujá

Um dos pontos altos da cidade é sua rica diversidade gastronômica. Uma das melhores coisas para fazer no Guarujá é aproveitar essa viagem de aromas e sabores pelos melhores bares e restaurantes da baixada santista.

Dalmo Bárbaro

Desde 1963, o restaurante Dalmo Bárbaro é referência. Hoje, são três endereços na região, mas o mais requintado e ainda o preferido dos clientes é a casa na Praia da Enseada.

O restaurantes serve pratos familiares, para quatro pessoas, com muito pescado e fruto do mar. A pescada de cambuçu grelhada com alcaparra na manteiga é uma das vedetes do cardápio. E a entrada de travessa de mariscos preparadas no vinho branco com azeite é imperdível.

o que fazer no Guarujá
A pescada de cambuçu é uma das vedetes do restaurante Dalmo Bárbaro

Outro prato muito requisitado pelos fregueses é a prancha de frutos do mar (lula, camarão, polvo, cambuçu, palmito, tomate, cebola), também com opção para quatro pessoas.

Dona Eva

Sofisticação também é sinônimo do restaurante Dona Eva, atendendo desde 2005. A própria Dona Eva, fundadora da casa, é autora também de muitas das receitas do cardápio da casa. Entre elas, a receita de polvo ao forno com alho e alecrim, servido com arroz branco.

Outra requintada opção é o “Delphin Especial”, com camarão rosa, polvo, lula, salmão, meca e pescada branca guarnecidos de arroz à grega e legumes na manteiga. Para acompanhar, sempre é bom consultar o garçom para a harmonização de um dos vinhos da boa carta do restaurante.

Thai

Se a pedida é fugir das receitas tradicionais e experimentar novos sabores, o endereço é o Thai, com sua cozinha do Vietnã, Camboja e Tailândia.

O filé-mignon suíno salteado ao molho curry (ou “mu pad thua fak yai”, se quiser impressionar) é um dos carros-chefes do local.

o que fazer no Guarujá
O filé-mignon suíno salteado ao molho curry é um dos carros-chefes da casa

Também é destaque o “Kung Son”, que leva camarão cozido em leite de coco com cebola-roxa, pimenta dedo-de-moça, limão e “nam plá” (um molho de peixe), todos dispostos sobre arroz de jasmim com cúrcuma é sucesso garantido para paladares mais ousados.

Com o se locomover no Guarujá

Os moradores locais preferem a bicicleta como modo de mobilidade urbana dentro do Guarujá. Mas, para os desavisados, é bom saber que existem aclives e declives desafiadores em razão da topografia urbana.

A boa notícia é que as praias com acesso pela orla estão sempre próximas umas das outras. Dessa forma, mesmo de bicicleta, motocicleta ou automóvel as distâncias a percorrer são sempre pequenas.

Uma opção interessante também é se locomover de barco. Principalmente para visitar várias praias no mesmo dia. Há passeios pré-organizados pelas empresas, mas também é possível alugar uma embarcação e escolher seu próprio percurso, fugindo do trânsito e das praias mais movimentadas, principalmente se você estiver em grupo.

o que fazer no Guarujá
Uma opção interessante é se locomover de barco

Já os que não estão muito afim de pegar no volante em dias de descanso, há uma boa frota de táxis e veículos por aplicativo rodando na região. Além das linhas de ônibus, que ligam basicamente todas as praias da zona urbana.

Importante lembrar que, aos fins de semana, o trânsito pode se tornar um pouco complicado, principalmente entre as praias.

Ainda assim, para os que não abrem mão dos automóveis, uma boa notícia é que as zonas de estacionamento próximas às principais praias são abundantes e muito próximas à orla. Há estacionamentos particulares e zonas municipais de estacionamento, com exigência de cartões. Alguns quiosques à beira-mar também possuem seus próprios estacionamentos.

Quando ir e quanto tempo ficar no Guarujá

Dada a pequena distância da capital, muitos paulistanos estão habituados a descerem para um rápido fim de semana de descanso nas areias do Guarujá. Não deixa de ser uma opção. Mas o ideal mesmo é guardar uns dias a mais para aproveitar melhor o passeio.

Durante a semana, longe da agitação do sábado e do domingo, as praias ficam muito mais tranquilas, ideal para quem está com famílias e crianças. Mesmo as praias mais agitadas, como Pitangueiras, Enseada e Pernambuco, transformam-se em locais mais calmos.

Os restaurantes também ficam menos concorridos, o que proporciona atendimento mais rápido e eficiente.

o que fazer no Guarujá
Durante a semana, as praias ficam muito mais tranquilas

No período de férias escolares, em julho e no fim do ano, o movimento aumenta muito. O inverno no Guarujá é feito de dias muito ensolarados e noites frias. Mas é possível aproveitar a praia mesmo nessa estação, o que faz com que a cidade receba um elevado número de turistas o ano todo.

Como chegar no Guarujá

Saindo de São Paulo, o caminho mais rápido é pela Rodovia dos Imigrantes. Em dias normais, a viagem não vai demorar mais do que uma hora desde a região sul da capital até o centro do Guarujá.

No entanto, é preciso observar as operações da Polícia Rodoviária, que priorizam a descida ou a subida pela rodovia, desviando o tráfego contrário pela Rodovia Anchieta.

Para quem vem do Rio de Janeiro, a rodovia Rio-Santos ainda é a melhor pedida, não só por se livrar da Dutra, mas também pela beleza da paisagem, cercada pela Serra do Mar, e as vistas das belas praias que vão desfilando no trajeto.

Há também muitas linhas de ônibus desde a capital São Paulo, como também desde Santos, São Vicente e outras praias da região.

A Prefeitura local está em fase final de construção do aeroporto municipal e a promessa é de que ele comece a operar em 2019. Já há, inclusive, a primeira rota escolhida: um voo de ligação com a cidade do Rio de Janeiro, com duração de apenas 1 hora – o trajeto hoje, pela rodovia, leva mais de 5 horas.

Onde se hospedar no Guarujá

Por se tratar de uma ilha, nada é tão longe dentro do Guarujá. Mas os principais hotéis e pousadas ainda estão localizados próximos às principais praias da cidade, incluindo a área central, onde está Pitangueiras.

Mesmo assim, há também quem prefira se hospedar pela região, mas não necessariamente dentro do Guarujá. Isso porque as opções ao redor são ainda mais diversificadas.

Tão bom quanto se hospedar na região central, dentro da ilha de Santo Amaro, é também escolher uma boa pousada ou hotel em locais próximos, como Bertioga. Trata-se de uma opção para quem deseja conhecer Guarujá e seus encantos, mas prefere estar hospedado em uma região mais tranquila, longe do agito da cidade.

o que fazer no Guarujá
Bertioga é uma ótima opção para quem deseja estar hospedado em uma região mais tranquila

As praias de Enseada e Pernambuco também apresentam uma importante rede hoteleira.

Mesmo sendo considerado um local mais sofisticado no litoral sul de São Paulo, o Guarujá possui opções de hospedagem mais em conta. Basta um pouco de paciência para encontrar essas pousadas aconchegantes, casuais e mais acessíveis.

Ferrareto Guarujá Hotel

A apenas 2 minutos a pé da Praia de Pitangueiras, o Ferrareto Guarujá Hotel oferece quartos simples, com piso em terracota, Wi-Fi gratuito, TV a cabo e cofres eletrônicos.

Os quartos de categoria mais alta dispõem de TV com tela plana e frigobar. Serviço de quarto disponível.

o que fazer no Guarujá
Quarto casal superluxo, no Ferraretto Hotel

O café da manhã de cortesia é servido em um restaurante descontraído. Há também um bar com tema náutico ao lado da piscina externa e o hóspede tem à sua disposição sauna, sala de ginástica e sala de jogos.

Falls Hotel

Rodeado por palmeiras e com vista para o oceano Atlântico Sul, o Falls Hotel é refinado e moderno e fica a apenas 1 minuto a pé da Praia da Enseada.

Os quartos são arejados e refinados e oferecem Wi-Fi gratuito, TV com tela plana e DVD players, além de frigobar e varanda, algumas com vista para o mar.

o que fazer no Guarujá
Apartamento Niagara, no The Falls Hotel

O café da manhã e o estacionamento são gratuitos. Os hóspedes contam também com piscina externa, terraço com vista para o mar e bar, além de sala de jogos com mesa de bilhar. Oferece também aluguel de bicicletas.

Pousada Costa da Riviera

Cercada por lojas movimentadas, a apenas 3 minutos do ponto de ônibus mais próximo, a Pousada Costa da Riviera, em Bertioga, apresenta suítes iluminadas de móveis simples oferecem frigobar e TV com tela plana.

As suítes de categoria mais alta incluem varanda e/ou ar-condicionado. Os apartamentos arejados de um quarto oferecem cozinha e ventilador de teto e alguns também contam com beliches.

o que fazer no Guarujá
Quarto quádruplo Standard, na Pousada Costa da Riviera

O café da manhã e o estacionamento são gratuitos. Há também uma área para churrasco compartilhada e um pátio com mesas coberto, além de piscinas externas com espreguiçadeiras, palmeiras e banheira de hidromassagem externa.

Nobile Hotel Guarujá

O Nobile Hotel Guarujá é casual e moderno, tem vista para o oceano Atlântico e fica a 4 minutos a pé da Praia da Enseada e a 13 minutos do aquário Acqua Mundo.

Os quartos tranquilos dispõem de varanda privativa, Wi-Fi gratuito, TV com tela plana, cofre e frigobar. Alguns têm vista para o mar e as suítes incluem áreas de estar. Serviço de quarto disponível.

o que fazer no Guarujá
Quarto casal standard, no Nobile Hotel Guarujá

O café da manhã é de cortesia. Há ainda um restaurante informal, bar do lobby e outro à beira da piscina externa. Também oferece academia, sala de jogos e espaço de recreação. Estacionamento disponível.

Pousada Atlantic Sun

A apenas 1 minuto de caminhada da Praia da Enseada, a Pousada Atlantic Sun oferece quartos simples, com piso de cerâmica, Wi-Fi gratuito, TV com tela plana e frigobar.

Os quartos de categoria mais alta incluem varanda e dispõem de camas extras. Já os apartamentos compactos incluem mini cozinha e beliches.

o que fazer no Guarujá
Suíte superluxo, na Pousada Atlantic Sun

O buffet de café da manhã gratuito é servido em uma sala arejada que também tem tênis de mesa, pebolim e sinuca. Estacionamento privado incluído.

Veja outros hotéis no Guarujá, no site da Hoteis.com, indicados para sua hospedagem!

Gostou de nossas dicas? Deixe seus comentários, dúvida e sugestões aqui embaixo!

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com