BlogHoteis.com

Os melhores blocos de carnaval no Rio de Janeiro 2020

O Réveillon no Rio de Janeiro é muito famoso, assim como suas belíssimas praias. Mas o momento mais aguardado, em que a cidade fica ainda mais alegre e iluminada, é realmente o carnaval e os blocos de carnaval no Rio de Janeiro são das experiências mais inesquecíveis da vida.

Em 2020, o carnaval será no dia 25 de fevereiro, mas, para a alegria dos foliões, a programação não fica restrita apenas a essa data.

Carnaval no Rio de Janeiro: dicas para curtir a folia

A folia começa oficialmente na sexta-feira, 21 de fevereiro, e acaba na quarta-feira de cinzas, 26 de fevereiro. Mas o Rio de Janeiro dá início às festas duas semanas antes da data oficial, com desfile de blocos de rua.

Além do maravilhoso desfile das Escolas de Samba, o turista pode encontrar um roteiro intenso de atividades nos inúmeros blocos de rua espalhados pela Cidade Maravilhosa, uma alternativa bem mais econômica e divertida para curtir essa festa popular.

Tudo isso faz com que o carnaval no Rio de Janeiro seja um dos mais democráticos do planeta, perfeito para todo tipo de folião. Nos dias de festas, uma das poucas certezas é que não dá para ficar parado!

Aproveite para reservar seu hotel no Rio de Janeiro pelo site da Hoteis.com. Pague em até 12 vezes sem juros e sem taxas.

Blocos de carnaval no Rio de Janeiro

Motivos e ocasiões para curtir a festa não faltam. Em 2018, a Riotur recebeu a inscrição de 486 blocos de carnaval no Rio de Janeiro, 16 a mais que em 2017. Dos blocos inscritos, 464 foram autorizados pela prefeitura a desfilar. No entanto, como há blocos que desfilam mais de uma vez, a Prefeitura computou, oficialmente, 600 desfiles. Muita festa, né? Vamos aguardar a programação oficial para 2020.

Alguns blocos já são bem tradicionais, como o Bloco das Carmelitas e o Cordão da Bola Preta. Vale lembrar que a programação de carnaval começa um pouco antes do feriado oficial. Logo após a virada do ano, normalmente, já é possível ter um gostinho do que será a festa.

blocos de carnaval no Rio de Janeiro
Blocos de rua, carnaval no Rio de Janeiro

Outro ponto positivo é que as comemorações do Carnaval não ficam concentradas em apenas uma área da cidade. Esse fato, além de tornar a festa mais democrática, é um facilitador para que pessoas de todas as localidades possam curtir a maior festa do planeta. E é essa diversidade que torna o carnaval do Rio tão especial!

Os blocos costumam desfilar em sete áreas distintas: Zona Norte, Centro, Zona Sul, Barra/Jacarepaguá, Zona Oeste, Grande Tijuca e Ilha do Governador. Nos anos anteriores, Tijuca, Santo Cristo, Santa Teresa, Recreio, Copacabana, Ipanema, Grajú, Pavuna, Lagoa e Botafogo foram alguns bairros que também receberam desfiles dos blocos.

A programação completa dos blocos autorizados e o trajeto a ser percorrido em 2019 ainda não foram divulgados pela Riotur, órgão ligado à Prefeitura do Rio de Janeiro e responsável pelo turismo na cidade.

Blocos de carnaval no Rio de Janeiro: tradicionais

  • Cordão da Bola Preta: cem anos no Carnaval

O Cordão da Bola Preta é um dos mais conhecidos e aguardados blocos de carnaval no Rio de Janeiro. É também o bloco mais antigo, fundado em 1918. Em 2018, o bloco completou seu centenário, numa festa de muita emoção e animação.

Outra curiosidade é que o nome da organização surgiu, porque um de seus organizadores, Álvaro Gomes de Oliveira (o “Caveirinha”), avistou uma bela mulher com um vestido branco de poás pretos.

O desfile do Cordão da Bola Preta tinha início, antigamente, em frente à antiga sede do bloco, na Cinelândia. Mas, desde 2012, passou a ser realizado na Candelária e, atualmente, acontece na Avenida Rio Branco. Para ter uma ideia do tamanho da folia, em 2013, a organização do bloco registrou a presença de 2 milhões de pessoas nesta mesma avenida, durante o desfile. Literalmente, um “arrasta multidões”.

blocos de carnaval no Rio de Janeiro

Hoje em dia, o Cordão da Bola Preta disputa com o Galo da Madrugada, do carnaval em Recife, o título de maior bloco de Carnaval do planeta. O bloco é tão especial que é apadrinhado por personalidades como a cantora Maria Rita e o sambista Neguinho da Beija-Flor.

Tradicionalmente, a concentração dos foliões da Bola Preta acontece na Rua Primeiro de Março, entre as Ruas Buenos Aires e do Rosário. O desfile, que acontece tradicionalmente no sábado de carnaval, percorre a Rua 1° de Março, segue até a Avenida Presidente Antonio e termina o trajeto na Rua Araújo Porto Alegre.

  • Cacique de Ramos: berçário de grandes sambas

Um pouco mais novo, mas tão tradicional quanto, é o Cacique de Ramos, criado em 1961. Sua história é marcada por sambas que viram clássicos como “Coisinha do Pai” e “Vou Festejar”. Vale lembrar ainda que o grupo Fundo de Quintal nasceu no Cacique.

Assim como o Cordão da Bola Preta, o Cacique também tem várias personalidades da música entre sua legião de fã. Alguns deles são Arlindo Cruz, Jorge Aragão, Jovelina Pérola Negra, Zeca Pagodinho, João Nogueira e Beth Carvalho, que é madrinha do bloco.

Um fato curioso: o Cacique de Ramos já foi até homenageado por outro dos blocos de carnaval no Rio de Janeiro, a Banda de Ipanema. Além disso, sua história serviu como tema para o desfile de 2012 da escola de samba Mangueira.

O Cacique de Ramos também desfila na Avenida Rio Branco. Sua concentração é formada na esquina da Avenida Presidente Vargas e, normalmente, os desfiles acontecem aos domingos, às segundas e terças de Carnaval, à noite.

  • Banda de Ipanema: Patrimônio Imaterial do Rio

Por falar em Banda de Ipanema, não poderíamos deixar de citá-la entre os maiores blocos do Rio. O bloco foi fundado em 1964, com inspiração na áurea boêmia do bairro de Ipanema. Entre seus fundadores estão o pessoal do jornal “O Pasquim” e o cartunista Ziraldo.

Desfilando de um jeito bem irreverente, seus membros percorriam todo o trajeto, enquanto fingiam tocar instrumentos quebrados. Quem fazia realmente o som era uma banda de verdade.

A orla de Ipanema fica lotada com a passagem do bloco

Ao longo de sua história, a Banda de Ipanema teve vários padrinhos famosos, entre eles, Cartola, Chico Buarque, Leila Diniz, Clara Nunes, Bibi Ferreira, Grande Otelo, Martinho da Vila e Clementina de Jesus. Outra característica do bloco é o fato de ser conhecido, até hoje, por ser um dos mais democráticos, arrastando para as ruas jovens, idosos, gays, drags e crianças. Todos aproveitando muito o carnaval.

A Banda de Ipanema recebeu, em 2004, o título de Patrimônio Imaterial da cidade do Rio de Janeiro. Já é uma tradição o bloco desfilar no sábado de carnaval. Seu percurso tem início no período da tarde, na Praça General Osório, em Ipanema, claro.

Reserve já o seu hotel na praia de Ipanema, para o Carnaval do Rio de Janeiro . Pague em até 12x sem juros!

  • Simpatia é Quase Amor: um grito pelas Diretas Já

Com um nome superfofo e criativo, o Simpatia é Quase Amor é tipo um irmão mais novo da Banda de Ipanema. A concentração dos foliões dos dois blocos têm início na mesma praça, a General Osório. Normalmente, o bloco desfila no domingo de carnaval.

O bloco, que tem como madrinha Dona Zica da Mangueira, foi criado em 1985, enquanto o país era embalado pelo movimento das Diretas Já. Atualmente, o bloco arrasta multidões pelas ruas da zona sul e é tido como o bloco mais carismático da região.

blocos de carnaval no Rio de Janeiro
As cores temas do Simpatia é Quase Amor são amarelo e lilás

Debochado e até mesmo meio escrachado, a pegada política está na veia desse bloco. Em seu grito de guerra, o Simpatia manda um salve para a “burguesia de Ipanema”.

As cores temas do Simpatia é Quase Amor são amarelo e lilás. Elas, com certeza, vivem no imaginário dos bons foliões, já que são uma “homenagem” ao remédio Engov, aquele que ajuda a “curar” a ressaca. Já o nome do bloco vem de um personagem do compositor Aldir Blanc, que era um fanfarrão conquistador.

  • Suvaco de Cristo: o Jardim Botânico em festa

Esse pode ser um dos blocos tradicionais mais novos, mas é também um dos mais queridos. Fundado em 86, o Suvaco de Cristo, como o próprio nome sugere, nasceu no Bairro do Jardim Botânico, na área em que seriam as “axilas” dos braços abertos do Cristo Redentor.

O nome engraçado surgiu de uma fala de Tom Jobim. O compositor, morador do bairro, brincava que, na sua casa, tudo tinha mofo, porque ele estava no “suvaco” do cristo. O bloco surgiu como um encontro de amigos e, atualmente, tem como membros o cantor Lenine e o poeta Chacal.

blocos de carnaval no Rio de Janeiro
O Suvaco de Cristo desfila pelo bairro do Jardim Botânico em dois momentos: uma semana antes da festa e no domingo de carnaval

O Suvaco de Cristo desfila pelo bairro do Jardim Botânico em dois momentos: uma semana antes da festa e no domingo de carnaval. O ponto de encontro dos foliões é o Bar Joia, que fica na esquina do Jardim Botânico com a Rua Faro.

Um detalhe bem legal é que, em 2006, foi criado o Suvaquinho, um bloco infantil formado por um grande número de crianças do morro Santa Marta, inspirado no Suvaco de Cristo.

  • Monobloco: um bloco diferentão

Com uma pegada um pouco diferente, o Monobloco é outra manifestação que vale a pena se ver de perto. É uma mistura de oficina e bloco de carnaval. Em 2017, o bloco foi o responsável por arrastar 400 mil foliões para as ruas no pós-carnaval, fechando as comemorações do Carnaval no Rio de Janeiro.

C.A. Ferrari, Celso Alvim, Pedro Luís, Mário Moura e Sidon Silva não cansam de cantar o amor que sentem pelo carnaval. Inclusive, imortalizaram o sentimento na música “Amor de Carnaval”. Na letra, deixam um recado bem claro: “amor de carnaval ninguém explica, é o que bate e fica, é o que bate e fica”.

Em 2018, o Monobloco comemorou 18 anos de existência, ou seja, sua “maioridade”. Por isso, foi uma ocasião bem especial. Uma das novidades foi que o Monobloco deixou o Centro do Rio para ocupar o Aterro do Flamengo, durante o Carnaval.

Hotéis no Rio de Janeiro

Para conseguir aguentar a folia do carnaval no Rio de Janeiro, nada melhor do que um hotel confortável e bem localizado, certo? Confira nossa seleção e faça já a reserva do seu hotel no Rio de Janeiro na Hoteis.com.

  • Hotel Atlantico Business Centro

Hotel Atlantico Business Centro é um 3,5 estrelas no centro do Rio de Janeiro, perto de diversos pontos de interesse. O hotel fica a menos de 5 minutos do Museu Nacional de Belas Artes, do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, da Biblioteca Nacional, da Cinelândia e da Baía de Guanabara.

blocos de carnaval no Rio de Janeiro
Quarto Casal Deluxe, no Hotel Atlantico Business Centro

O hotel possui 209 quartos, um restaurante, um bar/lounge, piscina externa, centro de bem-estar, business center, recepção 24 horas, arrumação diária, computador, serviço de lavanderia, sala de reunião, equipe multilíngue e café da manhã (buffet) e Wi-Fi grátis.

  • Arosa Rio Hotel

Arosa Rio Hotel também está localizado no centro do Rio de Janeiro, a 8 minutos de caminhada do Sambódromo da Marquês de Sapucaí, a 11 minutos dos Arcos da Lapa e a 15 minutos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e do Museu Nacional de Belas Artes.

blocos de carnaval no Rio de Janeiro
Quarto Superior Executivo Inidividual, no Arosa Rio Hotel

O hotel possui 99 quartos, restaurante, café da manhã, academia, estacionamento, recepção 24 horas, arrumação diária, computador, cofre na recepção, serviço de lavanderia, salas de reunião e Wi-Fi grátis.

  • Arena Copacabana Hotel

Localizado em Copacabana, o Arena Copacabana Hotel está a apenas 3 minutos de caminhada da Avenida Atlântica e da Praia de Copacabana.

blocos de carnaval no Rio de Janeiro
Quarto Casal Standard, no Arena Copacabana Hotel

Ao todo, o hotel dispõe de 135 quartos, um restaurante, um bar/lounge, piscina externa, terraço na cobertura, academia, business center, recepção 24 horas, arrumação diária, computador, serviço de lavanderia e café da manhã (buffet) e Wi-Fi grátis.

  • Sofitel Rio de Janeiro Ipanema

O Sofitel Rio de Janeiro Ipanema é um hotel de luxo em Ipanema, a apenas 1 minuto de caminhada da Praia de Ipanema e a 10 minutos da Praia do Leblon.

blocos de carnaval no Rio de Janeiro
Quarto Luxo, no Sofitel Rio de Janeiro Ipanema

O hotel tem 222 quartos, um restaurante, um bar/lounge, piscina externa, café da manhã, academia, guarda-sóis, estacionamento com manobrista, spa, recepção 24 horas, arrumação diária e Wi-Fi grátis.

  • Ipanema Inn

Localizado em Ipanema, o Ipanema Inn está a apenas 2 minutos de caminhada da Praia de Ipanema, 12 minutos da Praia do Leblon e a cerca de 25 minutos da Avenida Atlântica e da Praia de Copacabana.

blocos de carnaval no Rio de Janeiro
Quarto Casal Superior, no Ipanema Inn

O hotel possui 56 quartos, restaurante, bar/lounge, guarda-sóis, recepção 24 horas, arrumação diária, aluguel de carros no local, serviço de lavanderia, equipe multilíngue, serviços de concierge, jornais grátis no saguão e café da manhã (buffet) e Wi-Fi grátis.

Curtiu nossa lista de blocos? Conta pra gente em quais deles você vai desfilar!

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com