BlogHoteis.com
pontos turísticos de Campo Grande

Top 7 pontos turísticos de Campo Grande

A capital do Mato Grosso do Sul é conhecida nacionalmente por ser uma das mais arborizadas do país. Carinhosamente apelidada de “Cidade Morena”, ela é morada de animais silvestres importantes da nossa fauna. Por tudo isso, os pontos turísticos de Campo Grande são muito variados, capazes de agradar diferentes turistas.

Se você está planejando conhecer essa cidade cheia de cultura, pratos típicos e mesclas de etnias, basta continuar lendo este post para organizar um roteiro inesquecível.

Melhores pontos turísticos de Campo Grande

Com uma população de 885 mil habitantes, Campo Grande é uma cidade de enorme importância para a economia local e nacional. Por ser a capital de um estado rico em cultura, meio ambiente e história, existem inúmeras atrações para todos os gostos. Veja algumas dicas que separamos e que não podem ficar de fora da sua viagem.

1. Parque das Nações Indígenas

Esse é de longe um dos pontos turísticos de Campo Grande mais visitados e conhecidos. E isso não é por acaso, já que ele está na lista dos maiores parques urbanos do mundo, com impressionantes 119 hectares.

Neste espaço todo, existem muitas atividades, como: pistas de skate e patins, lagos artificiais, pistas de caminhada, áreas arborizadas e 3 museus de importância enorme para a cidade, o Museu de Arte Contemporânea, o Museu do Índio e o Museu de História Natural.

pontos turísticos de Campo Grande
Parque das Nações Indígenas é um dos pontos turísticos de Campo Grande mais visitados e conhecidos

Para quem adora natureza, o grande destaque do parque é, sem dúvida, o grande lago com uma pequena ilha e um píer. Ele é formado pelas nascente do Córrego Prosa, que está situada na reserva natural do Parque.

Já para os amantes da cultura em geral, a dica é visitar os museus, com exposições de artefatos indígenas e com o acervo de obras de artistas plásticos regionais. E, é claro, durante todo o passeio você poderá apreciar mais da fauna local, já que é muito fácil avistar tatus, tamanduás, capivaras, tucanos e araras.

O Parque fica na Avenida Afonso Pena e está aberto à visitação de terça a domingo, das 6h às 21h.

2. Museu das Culturas Dom Bosco

Inaugurado em 1951, o Museu Dom Bosco possui um acervo rico e variado, com destaque para as coleções de objetos da cultura indígena de tribos variadas como Bororos, Karajás, Rio Uapés e Xavantes. Além disso, também guarda uma importante coleção sobre a fauna do Pantanal e de outras regiões, com peças elaboradas pelo taxidermista Giovani Magnin.

A coleção do museu está dividida em várias áreas, como paleontologia, mineralogia, arqueologia, zoologia e etnografia. Assim, além dos animais embalsamados do pantanal, o turista também pode avistar coleções com milhares de borboletas, conchas e insetos de vários continentes.

Entre as exposições de longo prazo, destaque para a de etnologia, que busca evidenciar a cultura e a presença dos antigos povos formadores do Mato Grosso do Sul, com as influências indígenas e também dos salesianos.

O Museu está localizado dentro do Parque das Nações Indígenas e abre diariamente das 8h às 16h30, com exceção dos domingos e segundas, em que o museu está fechado.

3. Parque dos Poderes

O Parque dos Poderes foi construído em 1982 para ser o centro administrativo do estado. Em meio à fauna e à flora, estão os prédios de diversos órgãos públicos, com destaque para a torre da TV Educativa e o Palácio Popular da Cultura, um dos mais bem equipados centros de convenção do país.

Quem adora andar de bicicleta pode fazer deliciosos passeios no local, em meio à natureza exuberante, e ainda encontrar vários visitantes que residem na reserva ao lado, como macacos, capivaras, quatis e diversas espécies de pássaros.

Aliás, para os passeios de bike, os dias mais recomendados são os fins de semana, quando as vias são fechadas e o local fica ainda mais seguro e agradável para caminhadas e pedaladas em família ou sozinho.

pontos turísticos de Campo Grande
Quem adora andar de bicicleta pode fazer deliciosos passeios no Parque dos Poderes, em meio à natureza

Para quem prefere opções mais diferenciadas, outra possibilidade é fazer a trilha do Parque Estadual do Prosa, que fica dentro do Parque dos Poderes. As visitas são guiadas e oferecem diversas informações sobre educação ambiental e a natureza local.

No passeio, os turistas conhecem o Córrego Desbarrancado e podem visitar os animais que estão no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, como onças pintadas, papagaios e macacos. O Parque dos Poderes fica no final da Avenida Afonso Pena.

4. Museu de Arte Contemporânea (MARCO)

O MARCO, como é carinhosamente apelidado, também funciona dentro do Parque das Nações Indígenas e é um passeio imperdível para os fãs das artes em geral. Só o prédio onde está situado o museu, por si só, é uma atração.

Com mais de 4 mil m², o prédio foi desenhado pelo arquiteto Emmanuel de Oliveira e hoje abriga obras oriundas da Pinacoteca Estadual e de doações, contribuindo de uma forma muito importante para a consolidação das artes plásticas no Mato Grosso do Sul.

O acervo do Museu conta com mais de 900 obras de diversas modalidades, apoiando e divulgando os artistas plásticos regionais. No total, são 5 salas de exposição, sendo que uma conta com a mostra permanente do acervo. Outro destaque é a área educativa, onde são ministradas palestras e oficinas voltadas às artes plásticas.

5. City Tour

Para quem vai ficar apenas alguns dias em Campo Grande e deseja conhecer um pouco mais dos encantos da capital, a dica é investir no city tour.

O passeio é feito em um ônibus e leva os turistas para 42 pontos turísticos em um trajeto de 48 km, guiado por um instrutor que vai contando um pouco mais sobre a história e a curiosidade de cada local visitado.

pontos turísticos de Campo Grande
O City Tour é um passeio feito em um ônibus e leva os turistas para 42 pontos turísticos

Entre alguns pontos de destaque do passeio, estão: Parque das Nações Indígenas, Mercado Municipal, Memorial do Papa, Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e as praças famosas de Campo Grande, como das Araras, Ary Coelho, dos Imigrantes etc.

6. Morada dos Baís

A Morada dos Baís é um ponto histórico de Campo Grande, já que foi uma das primeiras construções em alvenaria. Ela foi erguida entre 1913 e 1918 e recebeu esse nome porque serviu como residência para a família de Bernardo Franco Baís.

Hoje, o prédio é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Cultural de Campo Grande e, dentro dele, funcionam o Centro de Informações Turísticas e Culturais, o Sebrae, a Secretaria Municipal de Cultura e Esporte e o Sesc, que realiza diversas ações culturais, como shows, exposições e oficinas.

Outro destaque é o Museu Lídia Baís, que pertenceu à artista plástica e conta com objetos pessoais da família Baís, além de ser um espaço de exposições temporárias e permanentes.

8. Aldeia Indígena Urbana Marçal de Souza

Como as influências indígenas são muito fortes na cidade, uma boa dica de passeio é visitar a aldeia indígena urbana de Campo Grande, onde residem membros da família de etnia Terena em 135 ocas de alvenaria.

Por lá, você poderá conhecer mais sobre a cultura indígena graças ao acervo variado de artesanato em cerâmica, tapeçaria, palha e madeira. Outra atração é a escola bilíngue que ensina em português e na língua Terena, preservando a cultura indígena.

pontos turísticos de Campo Grande
Uma boa dica de passeio é visitar a aldeia indígena urbana de Campo Grande

Outras atrações

Além de tudo isso, se sobrar tempo na sua agenda, não deixe de visitar o Mercado Municipal Antônio Valente, as diversas praças da cidade, o Museu da Força Expedicionária Brasileira (FEB), a lagoa Itatiaia e os vários outros parques da capital.

Onde ficar?

Já deu para notar que existem muitos pontos turísticos de Campo Grande, não é mesmo? Mas, para sua viagem ficar ainda mais bacana, é muito importante encontrar uma excelente hospedagem. Veja as melhores opções que separamos!

Hotel Deville Prime

Com uma estrutura de luxo, o Hotel Deville Prime é um dos mais bem conceituados de Campo Grande, com avaliação 9,6 dos usuários e 4,5 estrelas.

Entre as facilidades oferecidas aos turistas estão: restaurante e bar internos, piscina, academia, estacionamento com manobrista, centro de conferências, ar-condicionado, serviço de lavanderia, serviços de casamento, café da manhã cortesia e Wi-Fi grátis.

pontos turísticos de Campo Grande
Quarto Deluxe, no Hotel Deville Prime Campo Grande

A localização também é excelente. O hotel está próximo do Museu de Arte Contemporânea, do Shopping Campo Grande, do Parque das Nações Indígenas, do Museu Regional Dom Bosco, do Parque Ecológico Sóter e de muitos outros ponto turísticos.

Ibis Campo Grande

Prefere se hospedar em um hotel de rede conhecido? O Ibis Campo Grande é uma excelente opção, com 3 estrelas e nota 8,4 dos usuários.

Com 101 quartos, ele oferece algumas facilidades aos hóspedes, como: restaurante e bar internos, café da manhã, business center, recepção 24 horas, aceita animais de estimação e Wi-Fi e estacionamento grátis.

pontos turísticos de Campo Grande
Quarto Standard, no ibis Campo Grande

O Ibis está no Carandá Bosque, perto do Museu de Arte Contemporânea, do Parque das Nações Indígenas, do Parque dos Poderes e do Shopping Campo Grande.

Jandaia Hotel

O Jandaia Hotel é uma opção de hospedagem 3,5 estrelas e avaliação 8 dos usuários. Ele possui 104 quartos e 2 restaurantes, além de: piscina, academia, centro de conferências, recepção 24 horas, ar-condicionado, jardim, serviços de lavanderia, café da manhã cortesia e Wi-Fi e estacionamento grátis.

pontos turísticos de Campo Grande
Suíte, no Jandaia Hotel

O hotel está próximo da Praça Ary Coelho, da Casa do Artesão de Campo Grande, da Morada do Baís, da Praça da República e de outros pontos importantes da cidade.

Bristol Exceler Plaza Hotel

Outra opção de hospedagem com 3,5 estrelas e nota 8 dos usuários da Hotéis.com é o Bristol Exceler Plaza Hotel. Com 107 quartos, ele oferece aos hóspedes: piscina, restaurante e bar, academia, terraço, recepção 24 horas, ar-condicionado, café da manhã cortesia e Wi-Fi e estacionamento grátis.

pontos turísticos de Campo Grande
Quarto solteiro standard, no Bristol Exceler Plaza Hotel

A localização também é muito boa, perto da Praça Cuiabá, do Horto Florestal, do Mercadão Municipal e da Morada dos Baís.

Hotel Vale Verde

Com 3,5 estrelas e classificação 7,6 dos hóspedes, o Hotel Vale Verde é uma boa opção de hospedagem em Campo Grande.  Ele conta com 99 quartos, restaurante e bar, piscina, academia, business center, recepção 24 horas, café e chá na área comum, ar-condicionado, serviços de lavanderia, café da manhã cortesia e Wi-Fi e estacionamento grátis.

pontos turísticos de Campo Grande
Quarto duplo luxo, no Hotel Vale Verde

A sua localização é excelente, na Avenida Afonso Pena (uma das principais da cidade) e perto da Praça Cuiabá, Morada dos Baís, Horto Florestal, Mercadão Municipal, Norte Sul Plaza e muitos outros.

Gostou das nossas dicas?

Como você viu, existem muitos pontos turísticos de Campo Grande que merecem a sua visita – e o melhor é desfrutar de tudo isso com uma hospedagem excelente. Aproveite e participe da Hoteis.com Rewards. Inscreva-se grátis e ganhe prêmios e diárias!

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com