BlogHoteis.com

Roteiro África do Sul: 5 lugares imperdíveis para sua viagem

África do Sul: País africano reserva experiências inesquecíveis!

Queridinha entre os turistas, a África do Sul é um destino que reserva paisagens incríveis, contato com a natureza e muita história. No post de hoje, trazemos um roteiro com 5 lugares que você não deve deixar de conhecer em terras sul-africanas.

Separamos alguns destinos alternativos e interessantes para uma viagem em casal. Pretória, Johannesburgo e a Cidade do Cabo são alguns dos nomes que despontam entre os melhores lugares para fazer turismo no país. Para entrar no país não é exigido visto, mas é preciso comprovante internacional de vacina contra febre amarela.

Aproveite para reservar seu hotel pela Hoteis.com, pagando em até 12 vezes sem juros e sem taxas.

O que vale a pena conhecer na África do Sul

Simon’s Town e Cidade do Cabo

Pertinho da Cidade do Cabo está um paraíso que atrai cerca de 60 mil turistas ao ano. Simon´s Town é notoriamente conhecida por causa da Boulders Beach, também conhecida como “Praia dos Pinguins”, que fica no caminho para o Cabo da Boa Esperança e Cape Point.

O lugar é um porto seguro para a colônia de cerca de 2 mil pinguins africanos ameaçados de extinção. A taxa para visitar a praia é de cerca de 4 dólares. Mas fique atento, em Boulders Beach, é possível observar os pinguins apenas do deck. Se quiser ver os bichinhos mais de perto, continue até a Foxy Beach, que é menos cheia de turistas.

Aqui, você poderá ficar pertinho desses bichinhos super simpáticos e tirar fotos surreais. Mas, além disto, é possível ainda conhecer outras praias maravilhosas e praticar mergulho ou esnórquel. Dê uma esticadinha até Chapman’s Peak para ter uma das mais belas vistas da viagem.

Roteiro África do Sul

De volta à Cidade do Cabo (ou, simplesmente, Cape Town), não deixe de conhecer o Waterfront, uma espécie de marina que tem inúmeros barzinhos e restaurantes e já é ponto de encontro dos turistas. Daqui, é possível pegar um barquinho até Robben Island, ilha em que Mandela e outros presos políticos estiveram mantidos durante o apartheid. Valor de entrada: 250 rands, moeda local.

As casinhas coloridas de Bo-Kaap, bairro que mantém viva a cultura cape maley, já são uma sensação entre os visitantes. Também vale visitar as belíssimas praias de Camp´s Bay e Clifton. Outros pontos turísticos bem atrativos são a Lion´s Head, formação rochosa de onde se pode ver a Cidade do Cabo de cima, e a Table Mountain, montanha que recebe este nome por ter o formato de uma mesa. Não à toa, é um dos principais cartões-postais do destino. Preço para subir e descer a Table Mountain de bondinho: 205 rands por pessoas.

Roteiro África do Sul
Lion´s Head

Ao programar uma viagem à Cidade do Cabo, reserve de 5 a 7 dias para aproveitar ao máximo. Por ser uma cidade com muitos atrativos para o turista, atividades não faltam!

Confira nossas sugestões dos melhores hotéis de Simon’s Town e Cidade do Cabo.

Johannesburgo

Sim, a cidade de Johannesburgo é muito mais do que a porta de entrada do país. A maior cidade da África do Sul tem um contraste bem interessante entre enormes arranha-céus e elementos da cultura africana.

Como a cidade ficou muito marcada pelo Apartheid, a região super colorida e Soweto é tida como símbolo da resistência contra a segregação racial. Por isso, é um dos principais pontos para se visitar por aqui. Ainda em Soweto, conheça a casa em que viveu o líder Nelson Mandela.

Para se aprofundar ainda mais na história local, programe uma ida ao Museu do Apartheid, que tem um enorme acervo da época em que a segregação entre raças era uma realidade no país. O preço do ticket, por pessoa, é 65 rands.

Conhecida pela enorme estátua de Nelson Mandela, a Nelson Mandela Square é uma excelente área para se hospedar, fazer compras e comer em bons restaurantes. O clima aqui é super agradável.

Quem visita Johannesburgo também pode aproveitar para fazer safári, passeio super procurado por aqui. Se não quiser gastar vários dias do seu roteiro, vale a pena considerar um bate-e-volta ao Parque Nacional de Pilanesberg, reserva natural que fica a 2h30min de distância de Johannesburgo. Sem sair do seu jeep, é possível admirar várias espécies de animais nativos em seu habitat natural. Entre eles, leões, zebras, girafas, elefantes, hipopótamos e rinocerontes. O passeio pode ser feito por conta própria ou com uma agência.

Safári mais famoso de todos, o Kruger Park é também o mais distante de Johannesburgo: fica a 500 km de distância. Além de poder contratar vários tipos de passeio, também é possível fazer safári por conta própria, em carro alugado. O legal é que a região conta com uma gama grande de hotéis de diversas categorias.

Roteiro África do Sul
Rio Sabie Sand, Kruger National Park

Localizado a 460 km de Johannesburgo, o Kapama Game Reserve é outra boa opção para um safári. Só que com acomodações luxuosas. Na área, é possível encontrar cerca de 40 espécies de animais diferentes. Entre eles, os big five, os 5 animais mais difíceis de serem caçados.

Confira os melhores hotéis de Johannesburgo aqui!

Franschhoek e Stellenbosch

Amantes de um bom vinho também vão amar a África do Sul. As regiões de Franschhoek e Stellensbosch são um prato cheio para curtir passeios pelas vinícolas.

A área do vale de Stellenbosch, produtora do vinho Pinotage, fica bem pertinho de Cape Town e tem a segunda maior colônia europeia do país, é também a segunda maior produtora de vinhos do país. Ou seja, vale a pena programar alguns tours pelas vinícolas daqui.

As principais delas são: Spier Wine Farm, J.C Le Roux, Nederburg Wines (Pty) Ltd e Neethlingshof. Como as vinícolas ficam um pouco distantes do centro da cidade, também é legal alugar um carro para se locomover. Mas fique atento: aqui a mão de direção é a inglesa e, se for beber, não dirija. Não deixe de visitar também o Centro de Stellenbosch, que lembra muito a fofa Carmel By The Sea, na Califórnia, Estados Unidos.

Roteiro África do Sul
Stellenbosch

Cercada por montanhas, Franschhoek tem como destaque as paisagens bucólicas. Super pequena e charmosa, a cidade tem apenas 13 mil habitantes e pode ser visitada em um bate-e-volta saindo de Cape Town.

Franschhoek significa “Cantinho Francês”. O nome da cidade já diz tudo, uma vez que ela tem excelentes opções para um tour gastronômico. Alguns destaques são o Tasting Room, um dos melhores do país, e o Reubens.

Roteiro África do Sul
Franschhoek

Como direção e bebida não combinam, a região conta com Wine Tram, bondinho que funciona no esquema “hop-on hop-off”, para você ir parando nas vinícolas e aproveitando as degustações. O preço? 15 dólares por pessoa e algumas degustações já estão incluídas no pacote.

Confira nossas sugestões dos melhores hotéis de StellenboschFranschhoek.

Port Elizabeth

Menos visitada, mas igualmente bela, Port Elizabeth oferece 40 km de praias banhadas pelas águas do Oceano Índico. A cidade ainda mantém características da colonização inglesa.

A Donkin Reserve é um museu ao ar livre que fica no coração da cidade. O lugar conta a história da cidade. Aqui, é possível percorrer a Art Route 67, que tem escadaria, farol, bandeira, um grande mosaico e uma pirâmide de pedra. E tudo isto com vista para o mar. Com 67 obras de arte, a rota presta homenagem ao icônico Mandela.

Um dos destaques da cidade é a possibilidade de percorrer a rota entre ela e a Cidade do Cabo. Chamada de Rota Jardim, o percurso abriga 316 km de belos cenários, vinícolas, reservas naturais, museus e parques.

Outro passeio é a visita ao SANCCOB, centro de proteção aos pinguins africanos. Aqui, é possível ver como funciona o trabalho de resgate, recuperação e preservação da espécie. O lugar é tipo um projeto TAMAR, só que voltado para pinguins.

Roteiro África do Sul
Donkin Reserve

Herança da Copa do Mundo de 2010, o Nelson Mandela Bay Stadium é um dos estádios utilizados no mundial. O destaque aqui fica para sua arquitetura futurista, sua cobertura imponente e por sua vista para o Lago North End, um dos cartões-postais da África do Sul. O tour pelo estádio tem duração de 30 minutos e contempla várias áreas. Preço da entrada: 30 rands.

Não deixe de visitar também o RED Location Museum. O lugar, que era foco de luta durante os anos do Apartheid, abriga uma das mais antigas comunidades negras que se instalaram em Port Elizabeth. É assim chamado por causa das casas de ferro que foram ficando corroídas ao longo do tempo, adquirindo tonalidade vinho.

Confira nossas sugestões dos melhores hotéis de Port Elizabeth.

Tshwane (Pretória)

Com ruas floridas e tranquilas, Pretória, atualmente denominada como Tshwane,  é a capital executiva do país e fica bem perto de Johannesburgo, a cerca de 60 km de distância. Visite a cidade de Pretoria nem que seja em um bate-e-volta a partir de Johannesburgo. Reconhecida por ter mais de 70 mil pés de Jacarandás, o turismo na cidade tem foco na natureza. Vale muito a pena programar sua visita durante o período da primavera para ver o lugar todo florido.

Roteiro África do Sul

Aqui, pode-se visitar belos parques, museus, galerias de arte, teatros e um antigo mercado de agricultores. Também é interessante programar uma visita a Ndebele, tribo que habita as redondezas e tem casas bem coloridas e inusitadas.

Outras atrações importantes de Pretória são a casa do ex-presidente Paul Kruger (que dá nome à famosa reserva), o Ditsong National Museum of Cultural History (dedicado ao período da pré-história no país), o Voortrekker Memorial, o Transavaal Museum (voltado para história natural), Union Buildings (sede da presidência sul-africana) e a Church Square.

Confira nossas sugestões dos melhores hotéis de Tshwane/Pretória.

Gostou da nossa seleção de destinos na África do Sul? Deixe seu comentário!

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com