BlogHoteis.com

Atrações para todos os estilos: os 10 melhores pontos turísticos do Chile

O Chile, localizado no mesmo continente que o Brasil e distante do nosso país por poucas horas de voo, reserva passeios turísticos para todos os gostos e bolsos, ao longo de seu território que contempla desde o Oceano Pacífico à Cordilheira dos Andes. Extenso em comprimento e estreito na largura, o país é bastante peculiar em termos de distribuição, mas que apresenta pontos turísticos bem interessantes e diferentes uns dos outros.

chile

Você busca turismo de aventura? Visite o Deserto do Atacama. Quer brincar de Indiana Jones? Programe uma viagem até a enigmática Ilha de Páscoa. Quer se deliciar com muita história e cultura? Conheça a capital Santiago. Quer ficar bem pertinho das geleiras? Conheça Torres del Paine. Ou seja, o leque de possibilidades de passeios pelo país é bem diversificado.

Para ajudar você a se programar e encontrar o passeio que mais se adequa ao seu estilo como viajante, separamos os dez melhores pontos turísticos que comprovam que o Chile reserva boas opções para suas férias e tem paisagens de tirar o fôlego, fazendo com que você ter vontade de retornar inúmeras vezes ao país e fique com um gostinho de quero mais.

Por isso, separamos uma lista de hotéis na capital Santiago que, por estar na região central do Chile, é um estratégico ponto para começar a explorar o território chileno. Aproveite e faça sua reserva nos melhores hotéis da cidade aqui.

  1. Parque Nacional Torres del Paine

Localizado na região de Puerto Natales, o parque abriga belíssimas paisagens, sendo um excelente passeio para aqueles que prezam pelo contato com a natureza e buscam um pouco de descanso do agito da cidade. Lá, você poderá curtir cachoeiras, lagoas de águas azul turquesa, avistar as geleiras, praticar treeking e muito mais. São quase 200 km que podem ser percorridos mediante a compra de ingresso que dá direito a três dias de visita ao parque nacional. Com certeza, um passeio inesquecível.

Localizada praticamente em um dos extremos da terra, ao sul das Cordilheiras dos Andes, quem vai a Torres del Paine se sente como um dos poucos habitantes da terra e fica de queixo caído com a imensidão da beleza natural que se encontra por lá. Ah! E não se esqueça das roupas típicas para passear por lá: gorros, cachecóis, luvas e tudo mais para encarar um frio de arrepiar.

Reserve seu hotel em Torres del Paine aqui.

  1. Lagunas Miscanti y Miniques

Exuberante. Fascinante. Deslumbrante. Esses três adjetivos são pouco para descrever a beleza das Lagunas Miscanti y Miniques, em San Pedro de Atacama, vilarejo no norte do Chile, a 2.450 metros de altitude e a cerca de 100 km de Calama, cidade mais próxima que dispõe de um aeroporto. Situado no deserto de mesmo nome, o local vive no imaginário de quem é amante da natureza e de viagens mais rústicas e que sonha em visitar os mais belos pontos turísticos do planeta. A vegetação típica, o lago e o vulcão ao fundo integram uma paisagem inesquecível e tornam este ponto turístico único, oferecendo ao turista uma vista que vai muito além da tradição imagem desértica. O Deserto do Atacama é o lugar para quem deseja desfrutar de paisagens incríveis e bastante variadas. Planeje seu passeio com antecedência, agende a visita com alguma das agências locais que oferecem o serviço e desfrute de toda paz que o Atacama pode proporcionar.

Confira as opções de hospedagem e reserve seu hotel em San Pedro do Atacama, aqui.

  1. Ahu Tongariki

Quando se fala na emblemática Ilha de Páscoa, a primeira imagem que vem à cabeça é a das estátuas gigantes de 220 metros – ou moais, como preferir, que foram construídos para cultuar aos antepassados – enfileiradas de costas para o mar, na praia Hotu´iti.

Ahu Tongariki é, simplesmente, o lugar mais visitado de toda Ilha de Páscoa. São, ao todo, 15 moais que parecem observar o vulcão Rana Raraku. Os arqueólogos dizem que cada estátua representa uma pessoa que realmente existiu e que, por terem características próprias, podem ter sido criadas em “homenagem” a antigos reis e governantes dos Rapa Nui. Quem já assistiu ao nascer do sol neste ponto da ilha garante que é inesquecível.

Moais statues, ahu Tongariki, Ilha de Páscoa, Chile
  1. Ranu Raraku

Ranu Raraku é mais um ponto turístico localizado na Ilha de Páscoa. O local representa um grande sítio arqueológico conhecido popularmente como “antiga fábrica de Moais”. A sensação de ver de tão perto as estátuas erguidas pelo Rapa Nui é indescritível. Nesta cratera vulcânica eram esculpidas as estátuas que, atualmente, estão espalhadas por toda Ilha. Na base do extinto vulcão é possível avistar uma grande concentração de moais de vários tamanhos e formatos.

  1. Vale da Lua e Vale da Morte

Eis uma atração que fica bem perto San Pedro de Atacama, sendo também uma das mais tradicionais para quem visita este destino. Prepare-se para caminhar muito durante o passeio que oferece paisagens surreais e a sensação de estar numa cena do filme “Perdido em Marte”, com o ator Matt Damon. É impossível não se admirar com a perfeição da natureza ao assistir ao pôr do sol no Vale da Lua – ou Valle de la Luna, em espanhol. Além dos dois vales, é possível dar uma esticadinha até a Pedra do Coyote, de onde se pode admirar mais belas paisagens do deserto.

  1. Sky Costanera

Para admirar a cidade de Santiago e as mágicas Cordilheiras dos Andes, suba os 60 andares desta torre, que oferece uma vista panorâmica privilegiada para o turista. De lá, é possível avistar ainda os cerros San Cristóbal e Santa Lucia, além de outros pontos turísticos da cidade. Prepare sua máquina fotográfica ou seu smartphone e planeje o passeio para o final da tarde, próximo ao pôr do sol. Aproveite ainda o início da noite para ver a cidade toda iluminada lá de cima. Vale lembrar que a presença dos Andes como cenário de fundo torna tudo mais especial e único.

  1. Geiser del Tatio

Este é um dos passeios com maior procura pelos turistas que vão a San Pedro do Atacama, o lugar em que nunca chove. A visita ao geiser começa bem cedinho, por volta das 4h30 da manhã, pois para poder vê-lo em atividade e com o vapor jorrando, é necessário que o clima esteja mais frio.

Os geiseres são uma espécie de “pequenos vulcões” que entram em erupção de tempos em tempos. Uma curiosidade: o Geiser del Tatio é considerado o terceiro maior campo de geiseres do mundo, abrigando alguns bem grandes e outros menores. Aproveite a visita ao geiser e dê uma esticadinha até o “Pozón Rústico”, uma terma com águas bem quentinhas.

Geysers del Tatio, Chile
  1. Lago Llanquihue

Na região dos Lagos Andinos e ao norte da Patagônia está Puerto Varas, uma das cidades bem próximas do Lago Llanquihue, o segundo maior do Chile, com cerca de 860 km de superfície. Passeie de barco, de bicicleta ou a pé para desfrutar da bela paisagem, contemplar o vulcão Osorno e mergulhar mais afundo na cultura chilena. Uma dica: vá parando ao longo do percurso pelo lago e admirando a vista para o lago, que vai se modificando a cada trecho.

  1. Cerro San Cristobal

Suba de funicular (uma espécie de bondinho) para ter acesso a uma das mais belas vistas de Santiago. Este parque é uma boa opção de passeio para viajantes de todas as idades, pois integra uma grande área verde com piscina e zoológico. O ponto alto do Cerro é a imagem de La Virgen de la Inmaculada Concepción. É de lá também que você poderá avistar a cidade e todo o encanto da capital chilena, que apresenta uma deliciosa gastronomia com muitos frutos do mar e pescados, além de construções antigas e muita história.

  1. Rapa Nui National Park

Mistérios, histórias, belezas naturais e arqueologia. Um local impressionante e extremamente rico do ponto de vista cultural. É assim que podemos adjetivar o Parque Nacional Rapa Nui, na Ilha de Páscoa, considerada uma das ilhas mais isoladas do mundo e localizada a 3700 km do Chile.

O conjunto de moais se destaca pela genialidade de sua fabricação, cada um com feições e formas próprias. A grandiosidade do lugar e cada detalhe dele vai fazer você ficar intrigado e se questionando sobre como cada estátua foi pensada e colocada em seu lugar. Nada parece ter sido feito ao acaso nesta área histórica – e até um pouco mística e esotérica. São 6.800 km2 divididos em sete setores: Rano Kau, Puna Kau, Rano Raraku, Anakena, Ahu Kiwi, Costa Norte e Hanga Roa. Criado em 1935, desde a década de 90, o parque foi classificado como Patrimônio Histórico da Unesco na década de 90. Se você quer desfrutar de belezas únicas e fugir do agito do cotidiano, planeje uma visita até a Ilha de Páscoa.

Reserve seu hotel na Ilha da Páscoa aqui.

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com