BlogHoteis.com

Tudo sobre o Pantanal do Mato Grosso do Sul

O Pantanal é um dos destinos turísticos mais emocionantes do Brasil. Também, qual outro lugar que o turista poderá ficar a poucos metros de uma onça pintada ou mesmo de um jacaré? Por isso, vamos te contar nesse post tudo sobre o Pantanal do Mato Grosso do Sul.

A maior área alagada do mundo está em sua maior parte no Brasil e é dividida entre os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. As cidades que fazem parte do Pantanal sul-mato-grossense são Corumbá, Aquidauana, Miranda, Anastácio e Porto Murtinho.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante
O Pantanal é um dos destinos turísticos mais emocionantes do Brasil

Suas planícies alagáveis e abertas abrigam uma imensa variedade de fauna e flora. Inclusive, se você gosta de ver animais em seu ambiente natural, o Pantanal é o destino certo.

Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, é a principal porta de entrada para o Pantanal. Quem está em Bonito também pode dar uma esticadinha até o Pantanal sul-mato-grossense. De lá, o turista segue cerca de 160 km até chegar em Miranda, cidade que integra o Pantanal.

Confira dicas sobre o que fazer no Pantanal do Mato Grosso do Sul, em cada uma das cidades que integram essa região.

Tudo sobre o Pantanal: cidades da região

1) Miranda

A cidade de Miranda é a porta de entrada para o sul do Pantanal. Quem se hospeda por lá tem a oportunidade de observar jacarés, tamanduás-bandeira, araras, papagaios, entre outros animais que chegam a comer nas mãos dos turistas. O entardecer é um espetáculo à parte, com diversas nuances de cores no céu.

Algumas fazendas que funcionam como hotéis oferecem passeios aos visitantes, como o passeio noturno para observar os animais de perto, entre eles a onça e a jaguatirica.

Antes de dormir, os turistas podem arriscar alguns passos de dança ao som de música regional e churrasco com arroz carreteiro, prato típico pantaneiro.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante
A cidade de Miranda é a porta de entrada para o sul do Pantanal

Entre as opções de café da manhã, mais arroz carreteiro! É o que os pantaneiros chamam de “Quebra Torto”, uma vez que a primeira refeição do dia é bem reforçada.

Entre os passeios, o visitante poderá fazer um safári fotográfico (não se esqueça de levar binóculos), uma trilha pela mata do rio Miranda e muito mais.

No rio Miranda, o turista poderá fazer um passeio de chalana, meio de transporte que foi eternizado nas modas de viola e canções de Almir Sater e Sérgio Reis. Nela, é possível pescar e tirar belas fotos, só não dá para mergulhar, porque ali vivem jacarés e piranhas.

Em Miranda, não deixe de visitar a Paróquia Nossa Senhora do Carmo, construída com pedra sabão.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante
O Refúgio Ecológico Caiman oferece aos hóspedes safáris diurnos e noturnos

Esse tipo de passeio é oferecido por complexos turísticos como a Fazenda São Francisco. O Refúgio Ecológico Caiman também é um que oferece aos hóspedes safáris diurnos e noturnos. Algumas hospedagens ainda permitem day use para os visitantes.

Quer conhecer tudo sobre o Pantanal nessa cidade? Confira as melhores hospedagens em Miranda!

2) Corumbá

Corumbá, também conhecida como “Capital do Pantanal“, é uma das cidades mais antigas do Mato Grosso do Sul e abriga mais da metade do território pantaneiro do estado, sendo a principal e mais importante zona urbana pantaneira.

A cidade possui diversos atrativos turísticos e, entre eles, o safári pela Estrada Parque do Pantanal. Essa estrada liga Corumbá a outras cidades, como Campo Grande, e possui 120 km de extensão e mais de 70 pontes que auxiliam no escoamento dos rios na época de cheia do Pantanal.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante
Entre os atrativos turísticos de Corumbá, há o safári pela Estrada Parque do Pantanal

Inclusive, a melhor época para fazer o safári é entre junho e agosto, quando os rios estão cheios e os animais buscam abrigo em locais secos. É aí que o turista poderá ver de perto tuiuiús (ave símbolo do Pantanal), araras, jacarés, capivaras e até onças.

Porto Geral é de onde saem os passeios de barco pelo Pantanal pelo rio Paraguai. Aproveite para conhecer o Casario Colonial, que cerca o porto, e um dos museus mais importantes da cidade, o Museu de História do Pantanal, que conta tudo sobre o Pantanal.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante
Porto Geral é de onde saem os passeios de barco pelo Pantanal, pelo rio Paraguai

Outras atrações imperdíveis em Corumbá são a Estação Natureza do Pantanal, o Forte Junqueira, a Casa de Esculturas Artizu e o Cristo Rei do Pantanal, escultura de Cristo que possibilita ao turista ver a cidade bem do alto do Morro do Cruzeiro.

Quer conhecer essa cidade que representa muito o espírito pantaneiro? Que tal ficar hospedado num barco hotel? Há diversas opções de hotéis, confira os melhores hotéis em Corumbá.

3) Aquidauana

Essa cidade histórica oferece inúmeros pontos turísticos para os visitantes. Partindo de Campo Grande, é a primeira cidade do sul do Pantanal, localizada a 146 km da capital sul-mato-grossense.

Aquidauana possui rochedos imponentes, trilhas para esportes radicais e mais. Sua cultura é fortemente influenciada por indígenas, especialmente da etnia Terena. Inclusive, o nome da cidade foi dado pelos índios e significa “rio estreito”.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante
O nome “Aquidauana” foi dado pelos índios e significa “rio estreito”

Não deixe de visitar a Praça Afonso Pena, onde está localizado o famoso monumento da índia Terena. A praça ainda abriga a Casa do Artesão e a Biblioteca Municipal. O Mercado Municipal é outro ponto alto da cidade, fundado na década de 60.

O Centro Histórico de Aquidauana se destaca pela arquitetura, como a da Igreja Nossa Senhora Imaculada Conceição, que tem características góticas. Entre outros prédios históricos que o turista precisa conhecer, está o Museu da Arte Pantaneira, que possui tudo sobre o Pantanal no que diz respeito a cultura e arte.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante
Em Aquidauana, a dica é visitar as fazendas que oferecem atrações de ecoturismo

Se você quiser agendar um day use nas fazendas em Aquidauana, a dica é visitar as que oferecem atrações de ecoturismo. Nelas, os turistas podem realizar safáris fotográficos e passeios a cavalo.

Quem curte aventura também vai gostar muito da Trilha do Pôr do Sol do Paxixi, que chega ao mirante do Morro do Paxixi, no distrito de Piraputanga, na Serra de Maracaju.

Se você ficou interessado em desbravar a região, confira os melhores hotéis em Aquidauana.

4) Anastácio

Banhada pelo rio Aquidauana, Anastácio fica coladinha à cidade de mesmo nome do rio, separadas apenas pela Ponte da Amizade, e possui um pedacinho do nordeste, com mais de 60% dos moradores descendentes de nordestinos.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante do Brasil
Anastácio fica coladinha a Aquidauana, separadas pela Ponte da Amizade

Entre as belezas naturais, está a famosa Prainha. Na alta temporada, fica cheia de visitantes que buscam lazer ao sol. É ideal para quem viaja em família, já que as crianças vão adorar tomar banho de rio.

Outra dica imperdível é a Cachoeira de São Manoel, que fica a poucos metros do centro da cidade. Já o Morro do Chapéu oferece uma visão da paisagem incrível.

Depois de tantas aventuras, certamente vai bater aquela fome! Experimente a famosa peixada, feita com os peixes pacu e pintado. Para refrescar o calor, basta tomar o tererê, chá de mate gelado.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante do Brasil
Outra dica imperdível é a Cachoeira de São Manoel que fica a poucos metros do centro da cidade

A Casa da Farinha no Sítio Primavera é uma das heranças nordestinas em Anastácio, que fornece a farinha caseira com sabor inconfundível. Não é à toa que o município realiza anualmente a Festa da Farinha, atraindo visitantes de todos os cantos.

Gostou das dicas sobre essa cidade encantadora? Confira os melhores hotéis em Anastácio.

5) Porto Murtinho

O Pantanal do Mato Grosso do Sul tem sua última parada em Porto Murtinho, cidade que fica a apenas 80 km do Paraguai e é o cenário ideal para quem curte pesca esportiva.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante do Brasil
O Pantanal do Mato Grosso do Sul tem sua última parada em Porto Murtinho

O centro histórico da cidade guarda alguns museus interessantes, como o Museu Histórico de Porto Martinho e o Museu Dom Jaime Anibal Barrera. O primeiro possui um dos maiores acervos do sudoeste do Mato Grosso do Sul, enquanto o segundo guarda objetos e documentos de Porto Murtinho da época do ciclo da erva mate, do tanino e do charque.

Ainda no centro, uma atração chamada “Castelinho” relembra a história de amor de um comerciante local. A construção, semelhante a antigos castelos europeus, foi feita para convencer sua amada, que era europeia, a ficar no Brasil.

Conheça tudo sobre o Pantanal, essa região exuberante do Brasil
Porto Murtinho é banhada pelo rio Paraguai e, por isso, oferece diversas opções de lazer

Porto Murtinho é banhada pelo rio Paraguai e, por isso, oferece diversas opções de lazer. Esse é o rio principal da bacia do Pantanal e separa Brasil e Paraguai, formando baías, praias e locais propícios para a pesca.

Planeje sua viagem e reserve seu hotel

Agora que você já sabe tudo sobre o Pantanal sul-mato-grossense, que tal planejar sua próxima viagem para o Mato Grosso do Sul? Conheça de perto todo o encanto que essa região proporciona, desde o contato direto com a natureza, com os animais e com as culturas indígena e pantaneira.

Reserve sua hospedagem com antecedência, selecionando o melhor hotel no Pantanal do Mato Grosso do Sul, pelo site da Hoteis.com. Sua hospedagem pode ser feita em até 12 x sem juros e, a cada 10 noites acumuladas, você ganha 1 noite grátis!

Hoteis.com

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com