BlogHoteis.com

Turismo na Chapada dos Guimarães: descubra a região

Localizada no estado do Mato Grosso, o turismo na Chapada dos Guimarães é cada vez mais procurado. A cidade está a apenas 69 km da capital Cuiabá, de forma que o acesso é fácil e rápido, de carro ou de ônibus, sendo que esses últimos saem da rodoviária, em média, a cada meia hora e têm um valor muito em conta.

turismo na Chapada dos Guimarães
Chapada dos Guimarães está a apenas 69 km da capital Cuiabá

A estrada é asfaltada e as atrações começam ali mesmo, uma vez que os paredões tomam conta do horizonte. Além disso, há diversos balneários ao longo da estrada, onde é possível parar e tomar um banho de cachoeira. A viagem à Chapada dos Guimarães é cheia de surpresas pelo caminho.

Turismo na Chapada dos Guimarães

Cachoeira Véu de Noiva

A Cachoeira Véu de Noiva é o cartão-postal da Chapada dos Guimarães. Com 86 metros de queda livre, ela se encontra na estrada, antes mesmo de chegar à cidade.

turismo na Chapada dos Guimarães
A Cachoeira Véu de Noiva é o cartão-postal da Chapada dos Guimarães

Não é possível ter acesso a ela, apenas a oportunidade de apreciá-la por meio de um mirante entre os paredões. A sensação e o visual são maravilhosos.

Centro da cidade

Chegando à cidade da Chapada dos Guimarães, percebe-se um ar mais fresco.

Apesar do calor que costuma fazer no Centro-Oeste, a Chapada dos Guimarães é um município mais alto, quando comparado à capital. Tanto que, em dias de frio, a neblina toma conta da cidade, sendo uma atração à parte. Quem não conhece esse detalhe, pode estranhar, num primeiro momento, ao ver que a maioria das casas possuem lareiras.

O centro da cidade é pequeno, mas muito charmoso, com uma praça grande, bastante arborizada. Ali, há diversas lojinhas de artesanatos, inclusive feitos com pedras, além de restaurantes e bares. Na praça central, fica a Igreja de Sant’ana, fundada em 1811 e, atualmente, tombada como monumento do IPHAN.

A noite é marcada por uma feirinha bem diversificada e muita animação.

Mirante do Centro Geodésico da América do Sul

Esse mirante é parada obrigatória para quem vai à Chapada dos Guimarães, está a apenas 8 km do centro da cidade e possui 845 metros de altitude, exibindo uma vista panorâmica de tirar o fôlego.

O mirante é considerado o Centro Geodésico da América do Sul, ficando a uma distância de 1.600 km tanto do Oceano Pacífico quanto do Oceano Atlântico.

turismo na Chapada dos Guimarães
Mirante do Centro Geodésico da América do Sul

Parque Nacional da Chapada dos Guimarães

No ano de 1989, foi criado o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, que protege amostras significativas do ecossistema local. Inclusive, a visitação a alguns atrativos só pode ser realizada se acompanhada de um guia.

Para contratar um guia, basta acessar o site da prefeitura da cidade, onde há um link com indicação de todos os guias credenciados. Os valores variam de acordo com a quantidade de pessoas.

O parque pode ser visitado o ano todo, mas não possui alojamentos para visitantes ou pousadas, além de não ser permitido acampar nos limites do parque. Ou seja, é necessário se hospedar em algum dos hotéis na cidade.

Num passeio bate-volta, é possível conhecer os atrativos considerados os mais bonitos do parque. A atração começa no caminho para a Caverna Aroe Jari, pois é necessário passar numa estrada entre as plantações de girassol e algodão.

turismo na Chapada dos Guimarães
Para chegar até a Caverna Aroe Jari, é necessário passar entre as plantações de girassol e algodão

Ao chegar,paga-se uma taxa para visitação, pois os atrativos estão em uma fazenda particular. Nesse valor, já está incluso um almoço caseiro, que estará pronto na volta.

O melhor de tudo é que há diversas opções de almoço e você escolhe qual cardápio estará te esperando. Pra quem gosta de peixe, a dica é pedir ventrecha de pacu, um prato típico da região.

Também é obrigatório o uso de perneiras para se precaver contra picadas de cobras – não que seja comum, mas o parque fornece esse equipamento de segurança e ele deve ser utilizado para evitar problemas.

A partir desse ponto, os turistas podem optar por fazer a trilha a pé até os atrativos (3,5 km) ou economizar um pouco de fôlego, fazendo o trajeto por meio de um transporte, uma espécie de trator adaptado.

turismo na Chapada dos Guimarães
É possível fazer a trilha a pé ou por meio de transporte adaptado

É aconselhável levar água, itens de primeiros socorros, bonés, protetor solar e lanches, pois, dependendo do ritmo de cada pessoa, o passeio pode levar mais tempo.

Caverna Aroe Jari

O nome da caverna significa “Morada das Almas“. Trata-se de uma caverna de arenito, com 1.150 metros de extensão, sendo considerada a maior do Brasil.

É possível acessar o seu interior, mas é necessário o uso de lanternas para poder enxergar as belezas que estão lá dentro, como a Cachoeira do Chuveiro. A vista de dentro para fora é indescritível.

turismo na Chapada dos Guimarães
A vista de dentro para fora da Caverna Aroe Jari é indescritível

Caverna Kiogo Brado

Saindo da Caverna Aroe Jari e seguindo a trilha, você chegará à Caverna Kiogo Brado. A entrada mede cerca de 30 metros de altura e é toda de arenito, por isso não deve ser tocada com as mãos, para que sua estrutura não desmanche.

Há uma passarela natural de rochas e pedras, que permite realizar a travessia em seu interior sem molhar os pés nas águas que correm por baixo.

turismo na Chapada dos Guimarães
Na Caverna Kiogo Brado, há uma passarela natural de rochas e pedras

Gruta da Lagoa Azul

Após atravessar a Caverna Kiogo Brado, a trilha leva à famosa Lagoa Azul, um dos lugares mais extraordinários do mundo. É proibido adentrar nesta gruta, por conta da preservação das algas que dão a coloração azul a ela.

Por volta das 14h até as 16h30, a posição do sol reflete na água, formando o desenho de uma ampulheta entre a parede e a água. É incrível!

turismo na Chapada dos Guimarães
A famosa Lagoa Azul, na gruta de mesmo nome

Para quem planeja vivenciar experiências únicas na vida, a Chapada dos Guimarães com certeza é um desses lugares. Vale muito a pena conhecer o lugar!

Lembre-se de conferir os melhores hotéis na Chapada dos Guimarães no site da Hoteis.com e aproveite as facilidades que eles proporcionam à sua viagem.

Até a próxima!

Sandra Schiavonlin

Adicionar Comentário

Hoteis.com em todo lugar!

Siga a Hoteis.com em todas as redes sociais

Tem um blog e quer fazer uma parceria com a hoteis.com? Escreva pra gente :-)
E-mail: hoteis.com@jeffreygroup.com